A importância das moedas no contexto macroeconomico no brasil atual

Páginas: 10 (2427 palavras) Publicado: 10 de setembro de 2012
A importância das moedas no contexto macroeconomico no Brasil atual

A partir de 1939, o governo começou a se preocupar em gerenciar e dimensionar o modelo econômico, assinalando e normatizando as formulações econômicas, participando ativamente da economia como agente produtor e consumidor, ou então interferindo somente como regulador.
No período que vai de 1939 a 1956 aconteceramtransformações relevantes no sentido e no alcance das formulações econômicas, à proporção que a ocasionalidade e o perfil setorial cederam lugar a uma maior abrangência do planejamento, assim como também foram criados órgãos específicos a fim de formular e gerenciar os planos.
O primeiro plano formulado e gerenciado pelo governo brasileiro foi o Plano Especial de Obras Públicas e Aparelhamento da DefesaNacional, em 1939, que, embora tenha atingido uma alta taxa de realização e de equilíbrio orçamentário, não gerou efeito sobre o processo econômico produtivo; restringiu-se apenas à órbita governamental.
O Plano de Obras e Equipamentos, em 1943, baseou-se no Plano Especial, seguindo a mesma trilha e obtendo os mesmos resultados, ou seja, conseguiu uma formulação organizacional do governo.
O PlanoSALTE, em 1950, que era referente à saúde, alimentação, transporte e energia, inseriu a formulação indicativa para o setor privado e o consentimento de linhas especiais de crédito, criando o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico, atual Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, como normatizador e regulador desse processo.
O Programa de Metas, elaborado para o período que vaide 1956 a 1961, pressupôs a existência de pontos de estrangulamento e estabeleceu objetivos globais e setoriais no intuito de romper os segmentos estrangulados, através de uma ação conjunta com o setor privado. Os programas apresentados ao setor privado não tiveram como ser cumpridos, devido a vários motivos, e o governo passou a interferir de maneira mais direta na economia, mantendo o controlesobre faixas de decisão privada. Nesse instante, podemos notar uma maior participação do Estado na economia brasileira.
O Plano Trienal de Desenvolvimento Econômico e Social, elaborado no período 1963/65, foi o primeiro a apostar em coordenar os objetivos globais e setoriais, bem como a controlar o longo e o curto prazo. Neste sentido, estabeleceu políticas fiscais, monetárias e cambiais, a fimde gerenciar a presença do Estado na economia e, conseqüentemente, controlar os possíveis níveis de investimentos governamentais que levassem o setor privado a seguir as metas indicativas da programação econômica. O fracasso do Plano Trienal, em seus pressupostos globais e setoriais de crescimento econômico, controle progressivo da pressão inflacionária, atenuação das desigualdades regionais, eredução dos custos sociais, foi causado por pressões de variados segmentos, os quais impediram direta e indiretamente a atuação das medidas propostas, uma vez que eram consideradas de caráter intervencionista.
O Programa de Ação Econômica do Governo (PAEG), formulado para o triênio 1964/66, caracterizou-se pelos princípios ortodoxos da economia de mercado, por conseguinte de uma ação mais liberale sem o anseio de um plano global, na medida em que propunha apenas a ação coordenada do governo por meio de programas puramente indicativos.
Apesar do caráter liberalista e indicativo do PAEG, em suas linhas iniciais, o governo passou de agente regulador dos mecanismos de mercado para uma posição excessivamente atuante, como agente produtor e consumidor, instalando, por conseguinte, muitasempresas estatais que foram responsáveis, direta e indiretamente, pelo déficit orçamentário, pela emissão monetária, pelas pressões inflacionárias e pela queda do consumo, através da redução de renda disponível provocada pelo controle rigoroso dos salários.
É evidente que o norte da economia, em função das distorções do programa governamental, gerou uma situação estacionária no nível de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A importância da engenharia no contexto atual
  • Contexto ecnomico atual do brasil
  • O contexto econômico atual no brasil
  • As Redes e o Brasil no contexto atual
  • As Redes e o Brasil no contexto atual
  • violência no Brasil, contexto atual
  • Contexto atual da inflação no Brasil
  • as redes e o brasil no contexto atual

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!