A história da educação e pedagogia

Páginas: 6 (1271 palavras) Publicado: 12 de junho de 2011
HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO E DA PEDAGOGIA

“Não há doutrina pedagógica concebível,
grande reforma exequível, sem
conhecimento geral dos factos e das teorias do passado...
René hubert

A história da educação nos permite entender melhor a pedagogia, pois através do conhecimento do passado pode-se descobrir as origens das nossas tradições educativas,como a maieutica de Sócrates que é a artede interrogar o aluno, a escola organizada como estabelecimento fechado,a prática generalizada dos trabalhos escritos a partir da pedagogia dos jesuítas, o ensino monitorado que existia na índia e na inglaterra .Através da história da educação passamos a compreender a evolução ,as mudanças,os processos o que deixa mais claro a situação da educação atual.
Em cada etapa da história de umasociedade as instituições de ensino
ou a modificação das que existiam respondia a uma necessidade. A educação como está hoje é em grande parte produto de forças históricas, econômicas e sociais que nem sempre operaram de modo consciente. O sistema atual de ensino é este porque é isto que a sociedade em seu conjunto exige. Desde a fase colonial, a escola foi usada para impor e preservar a cultura, aeducação servia como instrumento de reforço das desigualdades. A própria seleção de conteúdos não era apropriada para as várias camadas sociais e, ao mesmo tempo, não preparava realmente para o mercado de trabalho. A família patriarcal, a sociedade aristocrática e a autoridade sem limites dos donos da terra, influenciavam a escola que era frequentada apenas pelos filhos homens e com conteúdos queincentivavam o fortalecimento da memória, a reafirmação da autoridade. A indiferença quanto as atividades técnicas era percebida em um ensino sem utilidade prática, que não atrapalharia a estrutura existente. Durante os primeiros séculos da colonização portuguesa no Brasil o ensino havia ficado a cargo dos padres Jesuítas. O predomínio da educação jesuíta no Brasil foi quase absoluto até o ano de1759, quando o Marquês de Pombal expulsou todos os padres da Companhia de Jesus de Portugal e de suas colônias. No lugar dos colégios da Companhia de Jesus foram criadas as aulas régias de Latim, Grego e Retórica, cada uma delas constituindo uma unidade, autônoma e isolada, pois uma não se articulava com outra nem pertenciam a qualquer escola. A partir de 1759, com a expulsão dos jesuítas e aintrodução de leigos, a educação destinada prioritariamente a elite continuava com os mesmos objetivos religiosos e literário e com apelo a autoridade e à disciplina. Além disso, piorava o quadro de nossa situação educacional o fato de que não havia, propositalmente, escolas técnicas nem superiores no Brasil, a imprensa era proibida,e além de, não se imprimirem livros no Brasil, era extremamente difícilobtê-los vindos do estrangeiro. Em um país de base agrícola, a educação não era considerada como fator necessário. Para os trabalhadores da zona rural, a escola não oferecia qualquer motivação. No início do século XIX ,o filósofo norte americano John Dewey, foi o que levou mais longe a reflexão sobre as relações entre a democracia industrial moderna e a educação. Assim, junto com o otimismopedagógico que tomou conta da sociedade brasileira na década de 20, as concepções educacionais dos principais líderes desta época no Brasil se baseavam na consciência dos fatores psicológicos envolvidos na elaboração dos métodos de ensino; crítica à cultura de fundo humanista no lugar da científica; necessidade de colocar como fim da educação os fins exigidos pelo desenvolvimento da democracia industrial. Lourenço Filho em 1929 publicou o mais importante livro teórico sobre a Educação Nova no Brasil, chamado “Introdução ao Estudo da Escola Nova”, o qual teve repercussão também no estrangeiro. A partir de 1920 a febre do otimismo pedagógico começou a tomar conta dos principais governos estaduais do Brasil, o que provocou uma série de reformas de ensino em vários estados da União. Embora cada...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • História da Educação e da Pedagogia
  • HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO E DA PEDAGOGIA
  • História da educação e da pedagogia
  • a historia da educação e pedagogia
  • Historia da educação e da pedagogia
  • Atps história da educação e da pedagogia
  • Historia da educacao e da pedagogia
  • HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO E DA PEDAGOGIA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!