A história da economia brasileira compreendida 1950 a 1980

Páginas: 6 (1266 palavras) Publicado: 6 de junho de 2011
Economia brasileira entre o período de 1950 até 1980

O tamanho da economia brasileira praticamente decuplicou em relação ao PIB. A sociedade agrária na qual dois terços da população viviam em áreas rurais, seis em cada dez estavam empregados no setor primário – que representava um quarto do PIB e 90% das exportações das quais 65% era referente a café – contrasta com a com a sociedade depopulação duas vezes e meia maior na qual um em cada dois brasileiros vivia em cidades com mais de vinte mil habitantes, um em cada quatro estava empregado na indústria – que representava 60% das exportações, contrariamente aos doze do cenário anterior – e na qual o setor terciário representava mais de 45% do PIB. Por outro lado, os indicadores sociais continuaram extremamente ruins. Enormesdiferenças regionais se apresentavam, sendo os níveis de mortalidade infantil da região nordeste em 1980 piores que os níveis já encontrados na região sudeste em 1950. Embora a taxa de analfabetismo tenha sido reduzida de 52% para 25%, a evasão escolar impressionava até em relação países em desenvolvimento, pois a entrada no estudo secundário era nove vezes menos que na educação primária. Todas estastransformações foram dispostas em seis períodos econômicos.

No período de 1946 a 1950, de incertezas do pós-guerra, a política econômica brasileira foi fortemente influenciada pela balança de pagamentos. A dificuldade de acesso ao financiamento internacional, que se voltou para a reconstrução européia, reforçou a cautela em relação à taxa de câmbio. O câmbio fora fixado em níveis anteriores àGuerra o que reforçava sua sobrevalorização, o que valorizava a exportação do café. A política de racionamento de importações aplicada favoreceu fortemente a indústria nacional na medida em que priorizava a pauta tradicional e reduzia a prioridade do produzido internamente, gerando uma dupla proteção ao mercado nacional. Dificuldades políticas impediam aumentar a efetividade da política fiscal, assim,o financiamento através da inflação se tornou a única alternativa viável. É um período de transição entre as dificuldades da Guerra e o medo de uma crise no comércio internacional.

O período de 1951 a 1962, de crescimento e desequilíbrio, iniciou com um temor de um novo conflito mundial o que diminuiu as barreiras de importação e gerou um problema de endividamento de curto prazo que durariatoda a década. Por outro lado, medidas pouco liberais tomadas pelo governo Vargas geraram fortes reações do Departamento de Estado e do Banco Mundial não fazendo novos empréstimos para o Brasil o que duraria até 1965. Com a reconstrução, a necessidade européia de exportar se juntou à necessidade dos países semi-desenvolvidos de importar maquinário e equipamentos o que seria feito com empréstimosde curto prazo e taxas de juros elevadas. Políticas desenvolvimentistas em que governantes deixavam para seus sucessores a tarefa de fazer os ajustes necessários foram responsáveis por uma taxa de crescimento industrial admirável sob condições externas adversas.

O período de 1963 a 1967, de mudança institucional e continuidade estrutural, iniciou com o avanço da inflação devido a falhas noestímulo da demanda interna a taxas ainda desconhecidas. A instabilidade política proporcionava medidas econômicas sem coerência entre si. A assunção do governo pelos militares em 1964 – que duraria por 21 anos – foi um marco político relevante na história brasileira. Por outro lado, por uma visão estritamente econômica e estrutural, os governos militares continuaram a política desenvolvimentista,associada ao uso intensivo do capital e de investimentos externos, do governo JK, caracterizando o período pós-64 como de continuidade estrutural. As crises fiscais e o desequilíbrio financeiro foram combatidos com relativo êxito com a reforma tributária de 1965 e com o refinanciamento da dívida e tomada de novos empréstimos, com algum patrocínio EE. UU. ao novo regime. Diversas ações realizadas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • História da economia brasileira compreendida entre 1950 a 2011
  • Economia Brasileira desde 1980
  • Economia brasileira de 1980 à 1999
  • A economia brasileira na década de 1980
  • Economia Brasileira
  • ECONOMIA BRASILEIRA 1980 A 2000
  • Cultura Brasileira: Utopia e Massificação (1950-1980)
  • História da economia brasileira

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!