A higienização das mãos no controle da infecção hospitalar

Páginas: 10 (2354 palavras) Publicado: 15 de julho de 2011
nfecção através das mãos

A HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS NO CONTROLE DA INFECÇÃO HOSPITALAR

Cínara Farias Bastos*
Edlene Lopes Damacena**
Maglene Dantas Godofredo*
Mônica Arruda Machado**

Resumo:
A higienização das mãos é a prática prioritária em todos os programas de prevenção e controle de infecção hospitalar, em virtude de reduzir consideravelmente as taxas dessas infecções nosocomiais.O uso de água e sabão, aliado à fricção, remove os microrganismos que colonizam as camadas superficiais da pele e também a oleosidade, o suor e células mortas, bem como retira sujidade propícia para permanência e multiplicação de microrganismos.
Palavras-chave: lavagem das mãos, infecção hospitalar, controle de infecção.

Abstract

The hygienic cleaning of the hands in comtrole of thehospital infection.

The hygiene cleaning of hands is the priority practice in the all prevention adn hospital infection programs, in virtue for reduce considerable the taxs this infections nosocomiais. The water and soap use, allie of the friction, remove the microorganismo when they colonize the superficial layer of the skin and removes the oily, the sweat, and the decease cells, and removes thedirtyness own for the permanence and microrganismo grows.
Keywords: hand wash, medical infection, infection control.

* Acadêmicas do 4° Semestre de Enfermagem da FASB.
** Acadêmicas do 6° Semestre de Enfermagem da FASB.
1.0 Introdução:
O presente artigo tem por finalidade apresentar informações sobre a importância do ato de lavar as mãos corretamente no controle de infecção hospitalar. Osdados aqui apresentados são bibliográficos, pautados nas idéias de Sylvia Lemos Himrichsen.

O ato de lavar as mãos é o principal meio de prevenção de infecções dentro do ambiente hospitalar. A lavagem das mãos evita, portanto, as infecções cruzadas do funcionário para com o paciente, do funcionário para outro funcionário, de paciente para funcionário e de funcionário para visitantes. As mãosabrigam a microbiota bacteriana transitória e a residente.

Quando se lavam as mãos (com a técnica correta), eliminam-se bactérias da microbiota transitória e parte da residente, removendo microrganismos, células descamativas, sujidades e oleosidade da pele.
Para evitar que funcionários sejam fonte de contaminação, deve-se evitar o cumprimento de funcionário, paciente e visitante com as mãos sema lavagem prévia; abrir ou fechar a porta do quarto do paciente com as mãos não lavadas e limpar o mobiliário do paciente sem o uso de luvas. Deve-se, portanto, lembrar que as luvas também são fontes de contaminação, devendo ser usadas com técnica e bom senso. É preciso lavar as mãos antes e após cada procedimento realizado, atos e funções fisiológicas, as refeições e o uso de luvas. Para alavagem das mãos é necessário que haja pias. Estas deverão ser instaladas em quantidade suficiente, para que se economize tempo, movimento e energia do funcionário.

O objetivo principal do processo de lavagem/higienização das mãos é o de reduzir a transmissão de microrganismos pelas mãos, prevenindo as infecções, uma vez que são as mãos o instrumento mais utilizado no cuidado ao paciente.

Emalguns hospitais brasileiros, observa-se problemas relacionados à falta de pias, ou pias em número insuficiente, como também a ausência de dispensadores para sabão, fazendo-se necessário a utilização de anti-sépticos após a lavagem prévia das mãos. Nestes casos, é preciso que se estabeleça uma normatização dessa prática pela comissão de controle de infecção hospitalar (CCIH).

Sabe-se o quanto édifícil mudar os hábitos, costumes, conceitos e, principalmente, comportamentos, mas se não se investir nessa simples atitude, nada se conseguirá. Para que isto ocorra de forma efetiva, deverão ser priorizados pela CCIH e estrutura máxima hospitalar, em parceria com os pacientes, familiares e/ou visitantes, treinamentos, aulas, pesquisas, além de um trabalho de “corpo-a-corpo” com as equipes...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Prevenção e controle de Infecção Hospitalar
  • Farmacia e o controle da infecção hospitalar
  • Controle de Infecção Hospitalar
  • Controle de infecção hospitalar
  • controle de infecçao hospitalar
  • Controle de infecção hospitalar
  • Controle de Infecção Hospitalar
  • Comissão de controle de infecção hospitalar

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!