A GEOMETRIA NO ISLÃ E NA ARTE DE ESCHER

Páginas: 6 (1323 palavras) Publicado: 29 de setembro de 2015
A GEOMETRIA NO ISLÃ E NA ARTE DE ESCHER

Silvair de Freitas Lourenço Junior (120041928)
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília
História da Arquitetura e da Arte 1 – Professor Reinaldo Guedes Machado
juniorsilvair@gmail.com


Resumo

Fosse no âmbito da decoração de objetos religiosos, livros ou na composição do partido arquitetônico, os islâmicos fizeram e ainda fazemamplo uso da geometria para suas criações. Aliando os conhecimentos e cultura de impérios antecessores e povos conquistados, os árabes desenvolveram um estilo único de desenho, que é facilmente reconhecíveis dentre as mais diversas culturas. Por ordens do profeta Maomé, as construções islâmicas, quando religiosas, deveriam seguir uma série de determinações, que acabaram por limitar as criaçõesarquitetônicas e, no entanto, ocasionaram o maior desenvolvimentos dos padrões geométricos, padrões esses que inspiraram composições do artista plástico Escher, que complementa este artigo, que objetiva estudar o uso da geometria nas produções islâmicas.


Palavras-chave: Maomé. Geometria. Islâmicos.


Introdução

A importância da cultura árabe para o mundo é inegável e nos mais diversos campos deestudo. Sua arquitetura e produções artísticas são muito apreciadas pela riqueza de detalhes nos ornamentos e pelas formas geométricas rigorosas de suas padronagens de tal maneira que ainda são estudados por arquitetos, artistas plásticos, designers gráficos, etc. Um dos artistas mais famosos por suas xilogravuras, Escher (1898-1972), foi profundamente inspirado pelas composições árabes presentesno Palácio de Alhambra, em Granada, na Espanha.


1. Origem do Islã

A arte e arquitetura islâmica tem como um dos traços mais marcantes a importância dada à decoração caligráfica e à composição espacial de suas mesquitas, às quais se davam de modo intrínseco à doutrina islâmica. O profeta Maomé, rico comerciante de Meca, aos 40 anos teve uma série de revelações divinas aos 40 anos, o que o levou apregar a nova fé. Tudo o que ele ensinava foi compilado no livro que se conhece como Alcorão, palavra que deriva do verbo árabe que significa declamar ou recitar. Alcorão é portanto uma "recitação" ou algo que deve ser recitado. A importância desse livro tanto na cultura quanto na estética islâmica provocou o desenvolvimento de estilos decorativos caligráficos em todos os campos da arte. Nasmesquitas era muito comum a reprodução de palavras escritas provenientes do Alcorão como decoração e em seus objetos litúrgicos. No ano 622 d.C. fugiu de Meca e foi para Yathrib, que veio a se tornar Medina na denominada hégira, quando tem início a cronologia islâmica.




2. Arquitetura Islâmica

Em Medina, o profeta Maomé reunía-se a um grupo de crentes para celebrar a oração comunitária. Sua casaera um recinto quadrado de muros feitos de tijolo cru, aberto para um pátio coroado por um pórtico no lado sul. No muro oriental foi construída a ala das mulheres do profeta, voltada para o pátio, onde se reuniam os fiéis para orar sob as diretrizes do profeta. Maomé subia em um estrado para se dirigir aos crentes. Essa disposição foi mantida na arquitetura das futuras mesquitas, que consistem deum pátio central interno rodeado de arcadas. Uma das faces é, obrigatoriamente, voltada para Meca. Marcando alguns locais na planta, erguem-se minaretes ou alminares, campanários com homens no lugar de sinos. Diferindo das igrejas cristãs, as mesquistas são em geral de planta mais na largura que no comprimento.


Figura 1 – Planta da Mesquita do Imã. Figura 2 – Saint-Sernin deToulouse, 1080.

Essas proibições ou recomendações eram seguidas no que se relacionava à arquitetura religiosa, no entanto, a civil transgrediu várias delas a depender do governante com o poder na ocasião da construção. Embora as determinações limitassem a criação, acabaram por incentivar desenvolvimento e repertório de motivos e formas das inscrições caligráficas, os ornamentos de gesso, a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Geometria da arte
  • Geometria e artes
  • Geometria na Arte
  • ARTE PRIMITIVA CRISTÃ
  • Relação entre arte e matemática nas obras de Escher
  • Arte no Brasil, da Abstração à Geometria
  • Arte e mediação cultural na aula de geometria
  • Escher

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!