A formação do engenheiro civil no brasil

Páginas: 7 (1640 palavras) Publicado: 11 de novembro de 2012
A FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL NO BRASIL: desafios e vantagens no mercado de trabalho[1]





Jorge Alberto [2]


Professor Marineis Merçon [3]








RESUMO




Trabalhar e estudar ao mesmo tempo é um grande desafio e o maior talvez seja conciliar os dois mundos, sem perder o interesse e a motivação pelos estudos. Se por um lado é muito exigente, por outro, permiteganhar uma nova perspectiva sobre a vida e o futuro. Este trabalho foi feito a partir de conversa informal nos intervalos das aulas e destina-se a mostrar a mudança no perfil dos estudantes de nível superior, as dificuldades enfrentadas por esse novo estudante durante a vida acadêmica, a difícil conciliação com o emprego e a família e as expectativas de uma melhor colocação no mercado de trabalhoe de crescimento financeiro. Acreditamos que as oportunidades e vantagens, relacionadas ao momento de crescimento que o país vivencia, principalmente na área da construção civil, já é de conhecimento desse novo estudante, por isso a sua formação profissional passou a ser o seu desafio.




Palavras - chave: Perfil; Mercado de Trabalho; Crescimento Financeiro











1.INTRODUÇÃO





A transição do final do século XX e início do século XXI passou para a história como o período marcado por uma extraordinária expansão na educação superior. Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP (2006) revelam que neste período o número de matrículas de estudantes do ensino superior cresceu vertiginosamente (em 1960 - 13 milhões; em 1995 - 82milhões e em 2004 já somavam os 132 milhões) em escala mundial (INEP, 2006).


Este cenário aponta para o reconhecimento da importância estratégica do ensino superior para o desenvolvimento econômico e social do país. Porém, por mais que a demanda pelo ensino superior seja crescente, o acesso ao ensino superior no Brasil acontece de maneira irregular, os problemas enfrentados, vãodesde a eqüidade nas condições do acesso até a empregabilidade dos formandos e egressos (MOREIRA, 2003).


Para Greco (2002) a educação superior exige ao mesmo tempo, intenso rigor e flexibilidade pressupostos desejáveis não apenas para a educação, mas também deve-se levar em conta a socialização. Isso significa dizer que a universidade deve visar a organização de cursos que ofereçamoportunidades de desenvolvimento de competências que transitem em diferentes áreas do conhecimento, rompendo assim com uma proposta pedagógica arcaica não condizente com a realidade dos alunos e da educação.


A partir do exposto percebe-se uma nova tendência para o ensino superior gerada a partir do perfil dos alunos que buscam tal ensino, estes definem suas prioridades e propõem umanova dinâmica para o sistema de educação superior.






















2. A FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL NO BRASIL: O NOVO PERFIL DO TRABALHADORXESTUDANTE.






A realidade da educação superior brasileira apresenta um dilema: apresentar ao estudante novas maneiras de construir o saber. O que se percebe é que a necessidades do desenvolvimento geraconsequentemente um novo perfil de estudante, exigindo flexibilidade, agilidade, alternativas de formação adequadas às expectativas de rápida inserção num sistema produtivo em constante mudança.


Estatísticas demonstram que as políticas mercantilistas do ensino superior fortaleceram o setor privado, que hoje detém aproximadamente 90% das instituições e 70% do total de matrículas (INEP, 2006).Contudo tal, ampliação no ensino pago não reduziu as desigualdades entre grupos sociais, muito pelo contrário intensificou as desigualdades já existentes. Estudo recente do Observatório Universitário da Universidade Cândido Mendes revela que 25% dos potenciais alunos universitários são tão carentes que ‘não têm condições de entrar no ensino superior, mesmo se ele for gratuito (PACHECO; RISTOFF,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • FORMAção E ATUAÇÃO O DO ENGENHEIRO CIVIL
  • REPENSANDO A FORMAÇÃO AMBIENTAL DO ENGENHEIRO CIVIL
  • Regulamenta O Da Profiss O De Engenheiro Civil No Brasil
  • a importancia das reações quimicas na formação do engenheiro civil
  • A psicologia do trabalho e sua importância na formação do engenheiro civil
  • formacao de engenheiros
  • Engenheiro civil
  • Engenheiro Civil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!