A FORMAÇÃO DE SOCIOLOGIA

1619 palavras 7 páginas
Introdução
A sociologia constitui um projeto intelectual tenso e contraditório. Para alguns representa uma poderosa arma a serviço dos interesses dominantes, para outros ela é a expressão teórica dos movimentos revolucionários.
Por sua posição de contradição foi proscrita de centros de ensino e universidades da América do Sul (Brasil, Argentina, Chile, etc.) todos em regimes ditatoriais. Foi acusada ainda de ser disfarce do marxismo e teoria de revolução.
Historicamente, a sociologia é um conjunto de conceitos, de técnicas e de métodos de investigação produzidos para explicar a vida social. Como princípio para o autor, a sociologia é o resultado de uma tentativa de compreensão de situações sociais radicalmente novas, criadas pela então nascente sociedade capitalista.

Sociedade Brasileira e Formação da Sociologia

Iremos abordar, a partir de agora, o processo de modernização da sociedade brasileira. Tal processo de modernização é marcado pela expansão da sociedade capitalista. Este processo de modernização proporciona várias mudanças em uma determinada sociedade, tal como o processo de industrialização, elemento fundamental por instaurar novas relações de produção, urbanização, racionalização, entre outros.
Aqui temos os dois elementos que nos ajudam a compreender o processo de constituição da sociologia no Brasil: um desenvolvimento econômico incipiente ao lado do intercâmbio cultural com países mais desenvolvidos. Isto permite um desenvolvimento tardio da sociologia no Brasil, pois seu período pré-sociológico (até década de 30) se caracteriza pela importação cultural derivada de um intercâmbio com outras culturas que produziam uma sociologia mais sistematizada e institucionalizada. O seu caráter pré-sociológico é possível graças a este intercâmbio cultural que ocorria sem as bases materiais, o desenvolvimento capitalista, já que a sociologia como ciência surge a partir do aparecimento do capitalismo.
Assim, sua formação e institucionalização datam da

Relacionados

  • Problemas clássicos da verdade
    3320 palavras | 14 páginas
  • Redes neurais artificiais
    6469 palavras | 26 páginas
  • Atps tga
    3314 palavras | 14 páginas
  • adsadasd
    7668 palavras | 31 páginas
  • Livro de IED- Paulo Nader
    7206 palavras | 29 páginas
  • direito
    7668 palavras | 31 páginas
  • Livro de Introdução ao Estudo do Direito
    7668 palavras | 31 páginas
  • PAULO NADER
    7206 palavras | 29 páginas
  • 3458098675314
    7668 palavras | 31 páginas
  • IED- Introdução ao Estudo de Direito
    7668 palavras | 31 páginas