A Figura Feminina Na Obra “Amor De Perdição” De Camilo Castelo Branco; Contrapondo As Personagens Teresa De Albuquerque E Mariana

Páginas: 7 (1694 palavras) Publicado: 4 de março de 2015
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS
CÂMPUS DE PORANGATU
CURSO DE LETRAS
DISCIPLINA: LITERATURA PORTUGUESA

ANÁLISE DO LIVRO “AMOR DE PERDIÇÃO” DE CAMILO CASTELO BRANCO

*A Figura Feminina Na Obra “Amor De Perdição” De Camilo Castelo Branco; Contrapondo As Personagens Teresa De Albuquerque e Mariana

O Romantismo português inicia-se em 1825 e tem o seu termino em 1865, e é sempre associado aRevolução Liberal. Essa revolução tinha como foco as lutas contra o absolutismo de D. Miguel, tendo como lideres Almeida Garret e Alexandre Herculano. Sendo que seu marco se deu com a publicação do poema Camões de Almeida Garret (1825). Tal período que passava por tantas mudanças necessitava também de uma nova literatura pois a sociedade já não era mais a mesma, essa literatura deveria ter novastemáticas e novas formas.
“O Romantismo, visto como visão de mundo, representa uma nítida e global mudança na sensibilidade europeia, que começa com mudanças paradigmáticas do pensamento ilustrado e se intensifica com a gestão de uma nova ordem social e econômica, guiada por importantes mudanças na esfera política, como o surgimento de governos anti-absolutistas e liberais (PEREIRA, 2009,p.08).”

A introversão é uma característica básica do romantismo, outra característica é o devaneio, onde o romântico procurava a mulher de seus sonhos e acabava se frustrando por não encontrá-la ou por as vezes encontra-la e não poder ficar ao seu lado como é o caso do livro a ser analisado.
A segunda fase do Romantismo português se dá em meados do século XIX. A característica principal desse períodofoi o ultrarromantismo, tendo como um dos principais representantes Camilo Castelo Branco. Segundo (MOISÉS, 2008, p. 16) “esse período é diferente do anterior, pois nele o autor corta os laços do período arcádico que coibiam, os autores daquela época”.
Camilo Castelo Branco nasceu em Lisboa no ano de 1825, é um autor basicamente ultrarromântico, “[...]Camilo é o escritor mais fecundo dePortugal. Cultivou prosa de ficção (romance, novela e conto), teatro, polêmica, historiografia, poesia, epistolografia, etc.,” (FUJYAMA 1968 p.85), “[...] Inicia sua carreira literária com Anátema (1851) (MOISÉS 2012 p.306)”, suas obras como por exemplo Amor de Perdição, tinha como foco o entretenimento das leitoras burguesas da época, algumas de suas principais obras são: Mistérios de Lisboa (1854), Duasépocas na vida (1854), Amor de perdição (1862) e Amor de salvação (1864). No ano de 1855 obtém o título de visconde de Correia Botelho. Nos últimos anos de sua vida o romancista passa ao lado de Ana Plácido que era sua amante e acaba se tornando sua esposa no ano de 1888 depois de vários percalços enfrentados pelos dois. Camilo fica cego devido à sífilis que tinha, o que acaba o impedindo deescrever e de ler, isso o deixava extremamente amargurado. Por causa do profundo estado de tristeza em que se encontrava acaba suicidando com um tiro no ano de 1890.
O livro Amor de Perdição foi escrito em uma prisão tendo como subtítulo Memórias de uma Família, sua característica é o amor passional. Essa novela pode também ser comparada a obra Romeu e Julieta de Willian Shakespeare, como afirmaFidelino de Figueiredo “A quinta essência do lirismo passional (o “Romeu e Julieta português)” (FIGUEIREDO, 1941, p. 283), os principais acontecimentos dessa novela surgiram graças a inimizade existente entre duas famílias, que no caso de Amor de Perdição são as famílias Botelho e Albuquerque. As respectivas famílias procuram separar os jovens, Simão Botelho e Tereza de Albuquerque, tentando casar ajovem com seu primo Baltasar Coutinho, Tadeu de Albuquerque vendo que sua filha não se casaria com o primo resolve interná-la em um convento, todas as tentativas de separar os jovens são em vão, pois tais acontecimentos não fazem com que eles parem de se falar, uma vez que se comunicam através de cartas. Simão acaba que encontrando um parceiro para suas aventuras e tentam tirar Teresa do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teresa e mariana: a dualidade romântica em "amor de perdição" de camilo castelo branco
  • Amor de perdição camilo castelo branco
  • Amor de perdição
  • Amor de Perdição
  • Análise do livro: amor de perdição
  • livro amor de perdiçao de camilo castelo branco
  • Romantismo em portugal, camilo castelo branco, amor e perdição
  • Análise da obra: amor de salvação de camilo castelo branco

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!