A famíla e suas inter-relações com o desenvolvimento humano

Páginas: 8 (1789 palavras) Publicado: 18 de maio de 2012
Instituto de Educação Superior de Brasília
Curso: Psicologia
Disciplina: Teorias em Psicologia do Desenvolvimento
Professora: Anaí Pena
Aluna: Kelly Cristina
Data: 17.05.12
Resumo

A Família e suas inter-relações com o desenvolvimento Humano

A psicologia da família é uma área que trata da relação que cada membro estabelece individualmente com os outros membros da família. Porser uma área nova falta uma sistematização teórica e definição clara do seu campo de estudo.
Fazer pesquisas com famílias é algo difícil pela complexidade que a envolve, é um sistema formado por subsistemas integrados e interdependentes; no qual há uma relação bidirecional e recíproca com o contexto sócio-histórico-cultural em que a família está inserida.
O desenvolvimento humanonão deixa de ser outro fenômeno complexo, a união desses dois temas ocorreu no ano de 1950 por Duvall em um Work shop interdisciplinar sobre casamento e família. Essa pesquisa caracteriza pela expansão as teoria sistêmica e inclusão da dimensão temporal no qual todos da família têm tarefas a serem cumpridas; investiga também os processos de continuidades e descontinuidades.

A VISÃO DA FAMÍLIACOMO SISTEMA COMPLEXO

A influência da teoria sistêmica em muito colaborou no sentido da compreensão de família como sistema complexo; de acordo com essa teoria os sistemas vivos são rígidos por princípios básico tais como: o sistema é um todo organizado, os padrões são circulares e na o lineares, pois há influência recíproca e bidirecionalidade entre os membros, os sistemas são abertos ecomplexos.
A relação do grupo de forma geral tende a se regular pelo principio de retroalimentação. Nos sistemas existem regras, limites os quais facilitam a manutenção e a falta ou abertura dessa regras pode ocasionar uma patologia na família.

As etapas evolutivas do grupo familiar
Algumas propostas servem para termos uma orientação da dinâmica e funcionamento das famílias, nãopodendo ser generalizada a todos os tipos de famílias.
O primeiro estágio refe-se a separação do jovem adulto de sua família em busca da sua independência financeira e emocional; cabe a ambos nesse momento não romper de forma brusca, mantendo os laços familiares.
O segundo estágio, União das famílias de origem através do casamento, uma nova relação conjugal; a tarefa é atransformação desses dois sistemas na promoção do terceiro formado pelo novo casal.
Terceiro estágio, Transição do casal decorrente do nascimento dos filhos; promoção do desenvolvimento da nova geração, o conflito mais comum é com os cuidados dos filhos e afazeres domésticos e é quando ocorre o maior número de divórcios.
Quarto estágio, Transformação do sistema familiar em função do período daadolescência dos filhos – Nessa fase a adolescente busca construir sua identidade, ocorre muitos questionamentos. A família nesse momento precisa ser mais flexível, existe ai também um momento de reflexão na individualidade de cada cônjuge relacionadas a satisfações e insatisfações, o que é chamada de crise do meio da vida.
Quinto estágio, A chegada das famílias ao meio da vida – O Suporte aosfilhos para que se tornem independentes, o casal deve buscar nessa fase a reconstrução do relacionamento conjugal, para lidarem melhor com a ausência dos filhos;porém quando não acontece esse resgate, rompimento natural genitor-filho torna –se mais problemático.
Sexto estágio, Família no estagio tardio, genitores ficam idosos - a principal tarefa é aceitação na mudança de papéisgeracionais, tem maior conscientização sobre o envelhecimento e problemas relacionados a essa fase, exercem o papel de avós.
Embora a proposta de Carter e McGoldrick ( 1985/1995) não incluir todas as formas de famílias, fica elucidado a interconexão entre o desenvolvimento do grupo familiar e do desenvolvi mento do individuo.

O que é Família?
Em tempos de pós-modernidade é...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Inter- relações da Educação Física
  • Relações Inter-Específicas
  • Relações inter pessoais
  • As inter-relações dos fatores de sucesso
  • Inter-Relações da Educação Física
  • Inter- Relações sobre a natação
  • Relações Inter-Áreas em jogos
  • Pim – marketing, desenvolvimento de recursos humanos e dinamica das relações interpessoais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!