A EDUCAÇÃO ESTÉTICA DO SER HUMANO DE FRIEDRICH SCHILLER

Páginas: 16 (3950 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
A EDUCAÇÃO ESTÉTICA DO SER HUMANO DE FRIEDRICH SCHILLER
ROSA DE LOURDES AGUILAR VERÁSTEGUI1
1. INTRODUÇÃO
Neste trabalho ressaltamos o papel formador da experiência estética na educação do
indivíduo. Acreditamos que a relevância deste trabalho radica na proposta interdisciplinar e
equilibradora, que nos permite buscar em nossas práticas educativas tanto os fatores
científicos, comoestéticos e éticos. De tal maneira que, uma proposta interdisciplinar a
partir da estética permitirá restaurar a harmonia entre os conhecimentos.
Ao ressaltar a ligação entre estética e ciência, pretendemos observar que a ciência e
a estética são disciplinas fundamentais para a formação do que denominamos “gosto”,
alicerce que permite a formação ética do indivíduo. Visto desta maneira, nossa propostanão pretende unicamente aprimorar e ampliar a visão do mundo dos pesquisadores, senão
desenvolver o impulso lúdico, equilibrador, entre os indivíduos visando a formação
científica, a sensibilidade estética e o compromisso ético.
Consideramos como nosso principal referencial teórico as Cartas sobre a
Educação Estética do ser Humano (1791-1793) de Friedrich Schiller, apresentando
algumasreflexões e comentários sob esta pesquisa bibliográfica.

Procurando atingir nossos objetivos, dividimos o trabalho da seguinte
maneira: primeiro, apresentamos as cartas de Schiller; em segundo lugar
tratamos o papel do lúdico na estética; em terceiro lugar, a educação do
gosto estético e, por último, a relação entre estética e ética.
2. AS CARTAS SOBRE A EDUCAÇÃO ESTÉTICA DE SCHILLER
FriedrichSchiller, autor das Cartas sobre a Educação Estética do ser Humano
(1791-1793) ressalta a importância da educação estética para a formação do indivíduo.
Para este autor, a realidade está formada pelas condições materiais das que faz uso o artista
(tinta, papel, sons, técnicas, idioma, exercícios, regras, etc) e a forma representa o espírito

1

Doutor em Educação. Professora da Fasul.rosaguilar@hotmail.com

do artista, a intenção que o material expressa. O artista tem que ter as duas condições para
expressar sua arte, sua mensagem.
Schiller concebe a beleza como ideal superior platônico, eterna e indivisível, que está num
ponto de equilíbrio estático e “não se pode encontrar na realidade um efeito estético puro”, mas,
esta beleza platônica tem um reflexo na obra de arte, nelase plasma e consegue uma realidade
concreta. “A excelência de uma obra de arte apenas pode residir numa maior aproximação desse
ideal de pureza estética”. Ele considera a beleza ideal como único referencial que guia a procura
da beleza, mas este autor valoriza a obra de arte real porque, “a beleza no plano da experiência
será pelo contrário, eternamente dupla, porque numa oscilação pode serperturbado o equilíbrio
de duas maneiras” (SCHILLER, 1993, p. 65).
Unicamente a obra de arte real consegue um equilíbrio particular a partir de um
movimento, do esforço do artista para comunicar (a forma) a partir dos meios técnicos da arte (a
matéria). Cada artista procura seu equilíbrio como uma experiência pessoal, isto enriquece o
conceito de arte. A realidade nos permite ver que paraperceber a beleza temos que ter em conta a
época, o artista, a técnica, seu entorno, e saber que cada obra de arte é uma experiência única. A
experiência artística é única e criativa porque cada artista tem suas próprias condições materiais e
sua própria mensagem.
Observamos que para Schiller a experiência estética faz confluir emoção e razão, reações
culturalmente ricas, que agrupam osinstrumentos dos quais nos servimos para aprender o mundo
que nos rodeia. Os dois princípios opostos que se equilibram na experiência estética são de um
lado, a forma que expressa o sentimento, o subjetivo, e se manifesta de maneira espontânea e, de
outro, a matéria que representa o racional, o objetivo, as regras, a técnica. “No caso do homem
espiritual, a beleza da experiência estética o afasta da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • estará o ser humano demasiado preocupado com a estética?
  • A EDUCA O ESTETICA EM SCHILLER 01
  • o ser humano e o significado de ser humano
  • O SER HUMANO É UM SER SOCIAL
  • Friedrich Nietzsche Humano Demasiado Humano
  • O Ser Humano Um Ser Social
  • a ser humano como ser politico
  • QUEM O SER HUMANO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!