A economia do chile

Páginas: 5 (1032 palavras) Publicado: 19 de março de 2014
A economia do Chile
Na América Latina a economia do Chile é destacada .DE 2004 A 2005 o país cresceu 6,3%. O chile tem uma grande divida externa 14% do pib, ou seja, US$ 181 bilhões. O Chile se destaca na importação 45% de produtos industriais, 45% de produção mineral e 10% de produtos agrícolas. O Chile é um grande produtor de cobre e na agricultura frutas e hortaliças. Estados Unidos e aUnião Europeia, China, Índia e o Japão são os países que o Chile tem tratados de livre comércio. O Chile é um dos piores países na distribuição de renda sendo o 4º pior da América Latina. Em 2005 o Chile ficou com pontuação 188 na liberdade econômica.A moeda é o peso chileno. A economia do Chile passou nos últimos decênios de uma economia mono-exportadora de produtos primários a um paíssemi-industrial, fruto de um crescimento econômico contínuo a um ritmo de 7% nos anos 90.O Chile é impulsor do neoliberalismo,que é o sistema econômico que o Chile adotou após o golpe militar de Pinochet. A economia chilena está entre as mais estável e poderoso do mundo. O mercado fomenta a concorrência ea liberalização do comércio, enquanto as autoridades cuidar e promover a disciplina fiscal. O crescimentoda última década médias de cerca de 5% ao ano. O crescimento constante confirma que a economia do Chile é um dos mais aberto e dinâmico, uma situação que lhe permitiu assinar TLC com os mercados que representam quase dois terços da população mundial.membros superiores de crescimento da última década são de responsabilidade fiscal e programas sociais que reduziram significativamente a pobreza,quadruplicando o número de jovens que entram as universidades.modelo econômico o modelo chileno foram reconhecidos especialistas de renome internacional e prestígio da mídia.
Parte social no Chile
Apesar da teoria de Kuznets, que existe uma rrelação positiva entre crescimento econômico e distribuição de renda, o Chile do ponto de vista macroeconômico, nos últimos 20 anos, tem passado por umaexpansão que redundou crescimento absoluto da renda per capita, mas por outro lado, em termos relativos, a distribuição de renda em nível nacional permaneceu nos mesmos patamares. Por outro lado, em nível regional, mostra que houve uma melhora na distribuição de renda em algumas regiões, em especial naquelas que apresentaram intenso ritmo de crescimento, impulsionado pelas exportações
Em outras regiões,que cresceram em menor ritmo, registrou-se um elevado grau de concentração na renda.
Em relação à incidência da pobreza, constatou-se uma redução aproximada de 2/3 nos últimos 13 anos. O que contribuiu fortemente para esta redução foram políticas do Estado, tanto em saúde quanto em educação, mas especial em os subsídios monetários que repassam recursos às populações mais pobres, tornando-se ummecanismo eficaz que ajudou diminuir os níveis de pobreza no Chile no período que vai de 1987 a 2003.
Assim o crescimento econômico não foi suficiente para reduzir os níveis de pobreza e miséria.
Nesse sentido, o Chile serve como exemplo a ser seguido, vêm alcançando ao longo dos últimos 20 anos e, no sucesso em reduzir níveis de pobreza e indigência. Mas por outro lado, é um país que aindaapresenta elevada concentração da renda, assim deve-se ter cautela em apreciar o Chile, como modelo a ser percorrido pelos países em desenvolvimento da América Latina.
ACONTECIMENTOS PRINCIPAIS 1920-38 CRISE E RECUPERAÇÃO
Quando o salitre deixou de ser um produto internacionalmente a economia chilena caiu e com ela a política e social. As tentativas de Alessandri de colocar o governo à frentefracassaram (1920-25) e ai veio a ditadura militar Carlos Ibáñez do Campo (1927-31) que não pôde sustentar-se depois das crises do 29., Alessandri regressou à presidência (1932-38).
1938-1952 ÉPOCA DA FRENTE POPULAR
Pessoas se juntaram para conseguir o triunfo sobre os setores conservadores. Conseguiram implantaram uma série de medidas de caráter social e de intervenção estatal na economia. A...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Economia No Chile
  • economia do chile
  • Economia do chile
  • Economia do chile
  • Economia do chile
  • Chile e suas economias
  • Economia do chile em espanhol
  • CHILE: a economia e as relações comerciais com o Brasil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!