A contribuição da brincadeira no processo de educação: interlocução entre o brincar e o ensinar

Páginas: 20 (4979 palavras) Publicado: 20 de março de 2012
A CONTRIBUIÇÃO DA BRINCADEIRA NO PROCESSO DE EDUCAÇÃO: INTERLOCUÇÃO ENTRE O BRINCAR E O ENSINAR


RESUMO

Este artigo apresenta uma revisão bibliográfica sobre as contribuições das brincadeiras para o desenvolvimento cognitivo, social e afetivo da criança. Acredita-se que o brincar determina o funcionamento do pensamento e que a criança que brinca amplia a sociabilidade, faz amigos e aprendea conviver, respeitando o direito dos outros e as normas estabelecidas pelo grupo. Brincando a criança se organiza para o futuro, conhecendo o mundo ao seu redor dentro dos limites de sua condição atual e dando um sentido para a sua vida. Deste modo, o que se propõe é evidenciar como as brincadeiras cooperam no aprendizado e desenvolvimento das crianças, o que torna a presente pesquisa bastanterelevante.

Palavras-chave: Brincadeiras, Crianças, Ensino, Aprendizagem, Desenvolvimento cognitivo

INTRODUÇÃO

Este artigo é resultado de uma criteriosa pesquisa de revisão bibliográfica. Por conseguinte nele são apresentados vários posicionamentos de diferentes autores, entrelaçados pelas considerações das autoras do mesmo, onde estas fazem uma análise sobre o tema: a contribuição dabrincadeira no processo de educação: interlocução entre o brincar e o ensinar. Este trabalho teve como objetivo investigar questões concernentes às brincadeiras e às suas correlações com o ensino-aprendizagem. Pois, acredita-se que brincar e ensinar são elementos constituintes próprios da atividade humana no processo de desenvolvimento cognitivo.
Sendo assim, os educadores devem considerar aimportância de se observar a criança, no período inicial da aprendizagem, no momento em que brinca, pois é por meio do brincar, voltado para o lúdico que,  segundo Luckesi (2000), “as crianças experimentam uma vivência de plenitude cognitiva, em que há envolvimento por inteiro” (p. 5). Desta forma, espera-se que ela irá se encontrar no mundo, da brincadeira, de corpo e alma, percebendo-o como ele é, erecebendo dele os mais variados estímulos que poderão ser de grande importância para seu aprender.
Luckesi (2000) ainda esclarece que:

Aprender brincando ou jogando traz uma riqueza de possibilidades de relacionamentos e companheirismo, de socialização e troca de experiências, de conhecimento do outro e respeito às diferenças, de desejos e visões do mundo, de reflexões sobre as ações. Esseselementos são essenciais para a construção de uma relação plural entre educadores e educandos, condições básicas para a existência de uma prática educativa de qualidade e para a descoberta e apropriação do mundo dos saberes e dos fazeres. (p. 6).

Para Rojas (1998), a “arte-magia do ensinar-aprender permite que o outro construa por meio da alegria e do prazer de querer fazer” (p. 43), pois abrincadeira está presente em todas as fases da vida dos seres humanos, tornando especial a sua existência. De certa forma, o lúdico se faz presente e acrescenta elementos especiais no relacionamento entre as pessoas, possibilitando que a criatividade apareça.  Por meio da brincadeira, a criança vê o quanto é importante partilhar com o outro. Mesmo que em atitude de competição, a parceria é uma declaraçãode afinidade. As brincadeiras e os jogos evidenciam as potencialidades dos participantes, afetam as emoções e põem à prova as aptidões.
Muitos professores utilizam as palavras jogos, brinquedos e brincadeiras como sinônimos em relação a conceitos, existindo a diferença entre ambas. Froebel, apud Kishimoto; Kishimoto (1998), diz que "o jogo é o espelho da vida e o suporte da aprendizagem" (p.48). Assim, pode-se considerar o conceito de brinquedo como qualquer objeto em que se possa usar no ato de brincar, que se expressa no interagir com o objeto; e, brincadeira, como a ação de brincar, de entreter, de distrair; de absorver, de comunicar e de apreender enquanto outros as diferenciam em suas próprias histórias de vida (KISHIMOTO, 1998).
Mediante as abordagens introdutórias...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A contribuição da brincadeira na Educação Infantil
  • A importância da brincadeira e do brincar no processo de ensino e aprendizagem na educação infantil e anos...
  • O brincar, na educação infantil, brincadeiras e brinquedos.
  • O brincar para a educação não é brincadeira é coisa séria
  • A contribuição das brincadeiras e dos jogos na educação infantil
  • A import6ancia do brincar e da brincadeira na educação infantil
  • A CONTRIBUIÇÃO DOS JOGOS E BRINCADEIRAS EM EDUCAÇÃO FÍSICA, NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  • A contribuição pedagógica do jogo e da brincadeira na educação infantil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!