A CONSTRUÇÃO DE UMA IDENTIDADE A PARTIR DE UM ATO DE FALA

Páginas: 20 (4914 palavras) Publicado: 22 de novembro de 2013
 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ-UECE
CENTRO DE HUMANIDADES
DEPARTAMENTO DE LETRAS
PROJETO ESPECIAL VI











A CONSTRUÇÃO DE UMA IDENTIDADE DE TRIBOS AFRICANAS A PARTIR DO ATO DE FALA TIRANDO COMO BASE O LIVRO UMA GOTA DE SANGUE : HISTÓRIA DO PENSAMENTO RACIAL .










FORTALEZA, JUNHO 2013


Governo do Estadodo Ceará
Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior
Universidade Estadual do Ceará – UECE
Centro de Humanidades -CH
Curso: Letras
Disciplina: Projeto VI
Prof. Ms. Marco Antonio Lima do Bonfim
Aluno: Cassio Murilio Alves de Lavor










A CONSTRUÇÃO DE UMA IDENTIDADE DE TRIBOS AFRICANAS APARTIR DO ATO DE FALAFortaleza, junho de 2013
RESUMO.

O presente trabalho tem por finalidade identificar a presença determinante dos atos de fala como forma de criar uma nova identidade sobre um povo através da intervenção militar na África durante a expansão colonial no século XIX . Teve como ideia central o livro “Uma gota de Sangue” de Demétrio Magnon trabalhado à luz da razão dos estudos do filósofoinglês J. L Austin que conceitua o ato performativo como uma expressão da linguagem ao declarar que “falar algo é fazer algo” e que todo falar é uma ação. O trabalho foi baseado nas interpretações que John R. Searle, Derrida (1990) e Butler (1997;1998;1999) fazem dos estudos de atos de fala, mas será preciso entender que um ato de fala ao ser proferido cita e incita condições previas e futurasdemarcando, justificando e resignificando a historia de um povo.
PALAVRAS-CHAVE: cultura; performatividade; ato de fala; identidade.


ABSTRACT.

This study aims to identify the decisive presence of speech acts as a way to create a new identity for a people through military intervention in Africa during the colonial expansion in the eighteenth centuries. Had the central idea of ​​thebook "A Drop of Blood" Demetrius Magnon worked the light of reason studies the English philosopher J. L Austin that conceptualizes the performative act as an expression of language declaring that "to say something is to do something" and that all talk is action. The work was based on interpretations that John R. Searle, Derrida (1990) and Butler (1997, 1998, 1999) are the studies of speech acts, butyou must understand that a speech act to be given quotes and incites a previous condition and future marking, justifying and redefining the history of a people.
KEYWORDS: culture; performativity; speech act; identity









A TEORIA DOS ATOS DE FALA


Apesar de surgir no interior da filosofia da linguagem no inicio dos anos sessenta, foi no berço da pragmática queencontrou seu lugar mais fértil tendo como principal pesquisador John Austin, seguido posteriormente por John Searle e John Langshaw. Antes os linguistas e os filósofos pensavam que uma afirmação servia para descrever um estado de coisas como verdadeiras ou falsas. Austin derruba essa visão descritiva e mostra que certas afirmações não servem para descrever nada, mas sim para realizar ações. Aofazermos uso de um determinado discurso estamos informando, perguntando, mostrando perplexidade, prometendo algo, autorizando, etc. “Todo dizer é um fazer”. As infinitas ações humanas que se realizam através da linguagem concebe o que Austin chama de atos de fala. Dizer é transmitir informações. É uma forma, principalmente, de agir sobre o interlocutor, fazer-se presente no mundo.
J. L. Austin deuo pontapé inicial ao distinguir dois tipos de enunciados para descrever fatos, eventos e sentenças usados para realizar algo e não para descrever ou relatar:
Constatativos, que escrevem ou realizam um estado de coisas submetendo-se ao critério de avaliação quanto a ser verdadeiro ou falso, um tipo de afirmação, descrição ou relato. Ex:” João joga futebol”.” A terra gira em torno do sol “....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O processo de construção da identidade feminina a partir da infância
  • atos da fala
  • Atos de fala
  • atos de fala
  • Atos de fala
  • Construção de identidade
  • Construção de identidade
  • Construção da Identidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!