A Comunicacao Pedagogica E A Virtaulidade Em Ambientes De Aprendizagem

Páginas: 22 (5340 palavras) Publicado: 7 de abril de 2015
A Comunicação Pedagógica e a virtualidade em ambientes de aprendizagem


Samira Fayez Kfouri1 - Unopar e Uel

Elisa Maria Assis2-Unopar


Resumo: O objetivo desta investigação foi analisar e avaliar como e com quais características a comunicação pedagógica apresenta-se nos Ambiente Virtuais de aprendizagem, enquanto categoria educacional e comunicativa, baseada numa perspectiva interativa,colaborativa e social. Este estudo foi o resultado de análise através da metodologia da pesquisa, de natureza qualitativa, num percurso em que se procura analisar o fenômeno das TIC e sua relação com a Comunicação Pedagógica em ambientes virtuais de aprendizagem em cursos de graduação. Percebeu-se uma fragilidade nos debates, cuja ênfase ainda é de cunho quantitativo e não qualitativo quanto aoalcance e na utilização das mesmas.

Palavras-chave: Comunicação Pedagógica; Tecnologias da Informação e da Comunicação; Educação


Ao analisar um processo educacional, seja ele de que ambiente for faz-se necessário situar historicamente o processo que o criou e desvele seus ranços para a promoção de seus avanços.
Vem do sociólogo francês Pierre Bourdieu (2007) uma das referências mais fortes emrelação ao risco da comunicação pedagógica, que é aquele associado ao conceito de violência simbólica: “A força e a estrutura das ações de violência simbólica vão definir o poder arbitrário e o arbitrário cultural, além das condições de reprodução e conservação das estruturas sociais” (Bourdieu, 2007, p. 32). Para Bourdieu, toda ação é objetivamente uma violência simbólica, enquanto imposição de umarbitrário cultural pelo poder arbitrário. Assim, pela relação de força, a violência é exercida pelo processo da comunicação pedagógica e pelo discurso de inculcação, que se posicionam como dominantes quando um material simbólico escolhido pelo professor de forma arbitrária afeta a ação pedagógica.
Em obra mais recente, sobre a teoria da ação, Bourdieu (2007, p. 53-54) propõe o que chamou deginástica intelectual e aponta questões importantes que podem ser usadas nessa reflexão sobre o papel comunicativo na escola, nos campos da produção cultural. Em lugar de receitas, deveria ser proposta aos envolvidos a busca de caminhos, dos “espaços possíveis”, que “tende a orientar a sua busca” para redefinição do universo de problemas, de referenciais de marcas intelectuais.
Todavia, o que passa aser praticado pelos agentes transmissores são ritos de instituição, conforme analisam aqueles que sofreram o rito e aqueles que não sofreram. No caso da escola, mais especificamente, no uso de Tecnologias neste espaço e em suas atividades, e mesmo com este avanço tecnológico incontestável, o sistema tem contribuído de forma determinante na produção e reprodução de métodos e técnicas de ensino, ouseja, impõe e inculca todos os princípios e, pelos fundamentos da eficácia simbólica de todos os ritos institucionais que operam no funcionamento do sistema ao escolar, acaba por consagrar receitas e modelos.

Se o que vamos descrever como um mecanismo, por imposição da comunicação, é vivido, às vezes, como uma espécie de máquina infernal (falamos muito do “inferno do sucesso”), como uma engrenagemtrágica, exterior e superior aos agentes, é porque cada um dos agentes, para existir, é de certa forma constrangido a participar de um jogo que lhe impõe esforços e sacrifícios imensos. [...] No Japão, como na França, os pais extenuados, os jovens fatigados, os empregadores desiludidos com o produto de um ensino que acham mal adaptado, são as vítimas impotentes de um mecanismo que não é mais doque o efeito acumulado de suas estratégias engendradas e produzidas pela lógica da competição de todos contra todos. (BOURDIEU, 2007, p. 44-45, grifos do autor.)

A posição de Bourdieu, apesar de rigorosa, a partir do conceito de violência simbólica, abre a possibilidade de se enxergarem os princípios de construção do espaço comunicativo e os mecanismos de sua reprodução. Aprofundando as...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: COMUNICAÇÃO, INTERAÇÃO E AFETIVIDADE NA EAD
  • aprendizagem pedagogica
  • Oficina de ideias pedagógicas para o ensino e a aprendizagem de geometria em ambiente escolar
  • ambientes de aprendizagem
  • Ambiente de aprendizagem
  • AMBIENTES DE APRENDIZAGEM
  • ambientes de aprendizagem
  • ambientes de aprendizagem

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!