A ciência grega e a ciência medieval

Páginas: 9 (2017 palavras) Publicado: 11 de março de 2013
A CIÊNCIA GREGA

A filosofia na Grécia surgiu por volta dos séculos VII e VI a. C., nas colônias gregas da Jônia e Magna Grécia. Essa filosofia é conhecida como pré-socrática, onde o pensamento racional se desliga do mito, mais filosofia e ciência permanecem vinculadas e só há separação entre elas antes do século XVII. Caracteriza-se ainda pelo prevalecimento de questões cosmológicas,procurando a arché, o princípio de todas as coisas.
Para os gregos, há um saber que envolve tanto o conhecimento dos seres particulares (ciência) como o conhecimento do ser enquanto ser (metafísica). Isso significa que falta à ciência grega um método que a distinga da filosofia.

MATEMÁTICA E CIÊNCIA
Pitágoras de Samos (VI a. C): estabelece um importante teorema sobre as propriedades do trianguloretângulo. O número é a arché de todas as coisas. Separa a matemática e a geometria das preocupações puramente empíricas.
Tales de Mileto (VI a. C): astrônomo, matemático e filósofo. Estabelece que o princípio de tudo é a água e formula um importante teorema matemático.
Euclides de Alexandria (III a. C): Fundamenta o pensamento teórico. Estabelece os princípios da geometria.

MECÂNICA
Arquimedes(III a. C.): descobriu princípios fundamentais da mecânica, passou do nível puramente técnico ou prático para o nível teórico e científico. Além da lei do empuxo, redigiu um tratado de estática, formulou a lei de equilíbrio das alavancas e fez estudos sobre o centro de gravidade dos corpos.
Arquimedes é exceção na produção científica grega, mais voltada para a especulação racional e desvinculadada técnica. Galileu viu em Arquimedes o único cientista verdadeiro da Grécia, pois já revelava alguns aspectos fundamentais da experimentação moderna: medidas sistemáticas, determinação de cada fator que atua no fenômeno e enunciação de resultado sob a forma de uma lei geral.

O SABER CONTEMPLATIVO
Na Grécia antiga vigorava o sistema escravista, havendo em consequência a desvalorização dotrabalho manual, da técnica, do fazer propriamente dito. Era valorizada a atividade intelectual, enquanto pura contemplação, geralmente dissociada da prática.

PLATÃO
Para Platão (428 a.C – 348 a.C), existe dois tipos de conhecimento: o Doxa (opinião) e Episteme (ciência).
Doxa: saber imperfeito, restrito ao mundo dos sentidos, que acessa apenas as aparências e o transitório.
Episteme: a razãoultrapassa o mundo dos sentidos e atinge o mundo das ideias, lugar das essências imutáveis de todas as coisas (arquétipos).
Para Platão, o mundo sensível só existe na medida que participa das ideias imutáveis.

COSMOLOGIA PLATÔNICA
Para os gregos antigos a matéria é eterna e não criada, e Platão atribui a um Demiurgo, princípio divino que organiza a matéria preexistente, a função de pôr ordemno caos inicial. Esse princípio é associado a ideia do bem, e é o fim último para onde tendem todas as coisas na busca da perfeição. Para transformar o caos em cosmo, o Demiurgo contempla os modelos do mundo das ideias. Para Platão, isso significa que o mundo sensível é cópia do mundo inteligível.

ARISTÓTELES
Aristóteles (384-322 a.C.), discípulo de Platão, foi crítico pra ir além do mestre.Recusou o idealismo do mundo das ideias, admitindo que só o homem concreto existe. Constatou a existência do movimento, procurando explicar a origem e a natureza da mudança.

PRESSUPOSTOS METAFÍSICOS
Forma: Princípio inteligível, que faz tudo ser o que é.
Matéria: É indiferenciada, é pura passividade, sua forma está em potência. Para passar desse estado para ato, ou seja, para realizar suaforma, a matéria necessita de um ser em ato que a atualize.
Movimento: Passagem de potência para ato. É a potência se atualizando.
Tipos de movimento:
Movimento qualitativo: a qualidade de um ser é alterada. Ex: um analfabeto aprende a ler.
Movimento Quantitativo: mudança na quantidade. Ex: Uma planta que cresce, todo aumento e diminuição
Movimento substancial: algo passa a existir ou deixa...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ciência grega e medieval
  • Ciencia grega ciencia media
  • A ciência medieval
  • A ciência grega
  • Ciencia medieval
  • Ciência medieval
  • Ciencia medieval
  • Ciência medieval

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!