A categoria sociedade civil na tradição liberal e marxista

Páginas: 7 (1669 palavras) Publicado: 25 de setembro de 2011
A Categoria Sociedade Civil na Tradição Liberal e Marxista
A problemática da sociedade civil representava o campo do chamado “econômico”, o reino do conflito, das necessidades. O conflito se dava em vários planos. Entre burgueses e classes trabalhadores e entre os próprios burgueses. A racionalidade da economia era atribuída à auto-regulação das relações sociais capitalistas,vulgarmente chamadas de “mercado”. Esse requeria uma postura diferenciada do Estado que deveria proteger os contratos, a propriedade, a liberdade. Do Estado se requeria a não intervenção nos negócios da burguesia e se tolerava alguma forma de “proteção” aos trabalhadores, desde que isso não afetasse os interesses maiores do capital.
Introdução
A temática da “sociedade civil” está quase semprevinculada à idéia de expansão da democracia e cidadania. A centralidade conferida à chamada sociedade civil está relacionada à conjunção de três aspectos: o primeiro deles, as determinações e exigências do atual processo de acumulação capitalista que expressa o movimento de reestruturação do capital; segundo, as mudanças na relação entre Estado-Sociedade, que configuram a emergência de umamultiplicidade de formas organizativas da sociedade, que se complexifica e que se vincula a processos sociais cujas referências centrais são o estímulo a participação, a adesão e a necessidade de colaboração das classes sociais presentes em determinadas conjunturas, onde se apresenta uma crise de hegemonia – e por último, a necessidade de adequar às estruturas burocráticas do Estado às exigências do atualestágio de desenvolvimento capitalista, conformando um amplo movimento de Reforma do Estado. No âmbito do Serviço Social, a pressão tem encontrado espaços férteis de debate e intervenção, principalmente se considerarmos que a partir da segunda metade dos anos 80 do século passado, os assistentes sociais estiveram à frente de diversos movimentos sociais em defesa da democracia e da cidadania.1. O campo liberal da discussão sobre a reação Estado-sociedade civil
E Hobbes, “Leviatã” e o “Segundo Tratado do Governo Civil” Locke, tanto um como o outro compartilham da idéia de que o Estado é a instância política normatizadora da vida social. Nesse sentido, os homens precisam transitar do Estado de natureza para viver em sociedade. A principal razão que os leva a abandonar essa condição ésegundo Hobbes, o fato de os homens e por isso, predominam a incerteza, a insegurança, o sentimento de medo, e, principalmente “o desejo de uma vida onde cada um possa garantir.” É Hobbes quem, nos seus estudos, vai referir-se, pioneiramente, a idéia de “sociedade em marcha”, dominada pelo individualismo possessivo. Os homens remetem a figura jurídica do Estado à administração das suas vontades ecom isso, eliminam o campo de desenvolvimento da particularidade, apostado. Unicamente, nas ações de caráter universal, sob a forma de normatização da vida social. Precisamente, esta é a condição do contrato proposto por Hobbes para levar a termo a “paz civil”. Diferente dos argumentos apresentados por Hobbes é Locke quem vai dar o tom do que pode ser considerado como sendo a origem da tradiçãoliberal sobre o estado e a sociedade civil. Parte do princípio de que a sociedade se constrói no âmbito da troca de mercadorias e como desdobramento dessa troca dos conflitos individuais, que é o Estado, que nessa perspectiva, é complementar ao mercado. Para Locke, o direito de propriedade é aquele que é fruto do esforço individual realizado por cada um. Portanto, tem no trabalho a sua principalfonte de valor. Com o desenvolvimento do sistema de troca entre os indivíduos, não mais o trabalho, mas o dinheiro. É que comanda o intercâmbio entre os homens. Nesse processo, emergem os conflitos sociais, a medida que se institui a desigualdade na apropriação e acesso a terra. A prioridade é, pois, para Locke, a base sobre a qual se funda a liberdade humana e em decorrência, o suposto para a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Categorias Marxistas
  • O SERVIÇO SOCIAL E TRADIÇÃO MARXISTA
  • pensamento liberal X Marxista
  • Tradição Marxista e Serviço Social
  • Influencia nas matrizes marxistas e liberais
  • Teoria liberal e marxista
  • Matrizes Liberal e Marxista
  • Teorias Liberal e Marxista

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!