“A ATUAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA NAS COMPETIÇÕES ESPORTIVAS ESCOLARES COMO PROPONENTE DE UMA PERSPECTIVA SÓCIOCULTURAL”

Páginas: 8 (1971 palavras) Publicado: 5 de agosto de 2013









MODELO PRÉ-PROJETO TCC
2011












ANTÔNIO DE PÁDUA DOMICIANO GUANAES







“A ATUAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA NAS COMPETIÇÕES ESPORTIVAS ESCOLARES COMO PROPONENTE DE UMA PERSPECTIVA SÓCIOCULTURAL”









PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
BELO HORIZONTE – MG
2011

ANTÔNIO DE PÁDUA DOMICIANO GUANAES“A ATUAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA NAS COMPETIÇÕES ESPORTIVAS ESCOLARES COMO PROPONENTE DE UMA PERSPECTIVA SÓCIOCULTURAL”


Pré-projeto apresentado na Disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso como requisito básico para a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso do Curso de Educação Física.


Orientador (a): Admir Soares de Almeida Junior





PONTIFÍCIA UNIVERSIDADECATÓLICA DE MINAS GERAIS
BELO HORIZONTE – MG
2011

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO
1.1. Minha trajetória
1.2. A questão se apresenta
1.3. A dualidade do sujeito - professor X produto do meio
2. JUSTIFICATIVA
3. OBJETIVOS
3.1 GERAL
3.2 ESPECÍFICOS

4. METODOLOGIA

5. CRONOGRAMA

REFERÊNCIAS

















1. INTRODUÇÃO – TEMA E PROBLEMATIZAÇÃO
Lembro-mebem, quando de minha entrada no mundo acadêmico, a euforia que tomou conta de mim, um quase excluído das atividades esportivas da escola agora integrante da elite do esporte, pois era a isto que remetia o acesso ao curso de educação física dos candidatos ao vestibular da UFMG, que incluía testes físicos entre as provas da segunda etapa. A prática do dia a dia na escola se mostrava tambémfomentadora de uma prática corporal voltada para o desempenho. Era visível que fazer os alunos acertarem o movimento era o resultado prático de um trabalho bem sucedido do professor de educação física.
Não apresento estas questões para contradizer uma verdade que era absolutamente palpável para mim naquele momento. Era uma verdade que me acompanhou por longos anos na prática docente. Entretanto, estaprática foi norteada por alguns princípios, ou valores por assim dizer básicos, trazidos da educação familiar e da minha prática esportiva em competições escolares sob o comando de treinadores/professores que primavam pela boa competição. Aquela que só valia a pena ganhar, se fosse de forma justa e condizente com a moral da sociedade.
Entretanto não passamos incólumes, eu e meus amigos deescola/time, por este mundo de glórias e frustações. É verdade, na derrota aprendemos, senti isto na pele algumas vezes, o quanto somos limitados e humanos, o quanto a sensação de poder, que o vencer o adversário nos apresenta, é ilusória e passageira.
Não acredito que a discussão do problema que apresento deva se apegar a questão de que os mais condicionados desportivamente são privilegiados pelosprofessores em detrimento dos menos habilidosos como diversos autores o fazem. Acredito que o fomento por uma qualidade motora que possibilite uma melhor performance esportiva pode sim ser uma das funções da educação física escolar no desenvolvimento humano. Não é esta a questão que pretendo estudar. O cerne da questão é como o professor desenvolve seu trabalho de forma a dar possibilidade de que osmenos habilidosos possam ser inseridos nesta prática e os mais habilidosos possam aprender a se socializar durante a prática de forma a interagir com estes sujeitos para um desenvolvimento de outras habilidades que não as motoras.
Outro questionamento é se é possível para o professor, promover durante as aulas de educação física, discussões com os alunos não envolvidos diretamente na práticaesportiva competitiva da escola, que levem a uma reflexão sobre a forma de torcer pelas equipes escolares. O que usualmente é chamado de “grito de guerra” tem realmente este sentido quando usado por torcidas organizadas. Pergunto então, se isto deve ser reproduzido em um ambiente escolar. Devemos enquanto professores deixar que esta reprodução sem uma discussão crítica aconteça? Podemos fomentar...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A gestao esportiva e o professor de educação física
  • Postura e atuação do professor de educação física escolar diante das ações de violência
  • A Física nas Competições Esportivas
  • Velocidade da luz e a física nas competições esportivas
  • OS DILEMAS DA DOCÊNCIA DE PROFESSORES INICIANTES DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR
  • O PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA E A EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: COMO MOTIVAR O ALUNO?
  • Educação física escolar: a prática do bom professor
  • PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO, EDUCAÇÃO FÍSICA E O PROFESSOR: MEDIAÇÕES NA PERSPECTIVA DE UMA EDUCAÇÃO...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!