A Arte De Governar Crian As

Páginas: 14 (3487 palavras) Publicado: 26 de abril de 2015
Resenha do livro:
RIZZINI, Irene; PILOTTI, Francisco. A Arte de Governar crianças: a história das políticas
sociais, da legislação e da assistência à infância no Brasil. 2ª. Ed. São Paulo: Cortez,
2009.
Roseli Nazario

Este texto visa apresentar a segunda edição revisada do livro “A arte de governar a
infância: a história das políticas sociais, da legislação e da assistência à infância noBrasil”
(2009), publicado pela primeira vez no Brasil, no ano de 1995. A primeira edição
representou o resultado da articulação entre o Centro Internacional de Estudos e
Pesquisas sobre a Infância (CIESPI) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de
Janeiro (PUC-Rio), fruto de uma proposta latino-americana que objetivou “promover
estudos comparados sobre políticas sociais voltadas para a infância com umenfoque
histórico” (2009, p. 7); proposta esta que possibilitou o encontro entre uma pesquisadora
brasileira, a socióloga Irene Rizzini, e o sociólogo chileno Francisco Pilotti, ambos
organizadores da obra aqui apresentada.
Trata-se, pois, de um livro que mergulhou em uma rica fonte de dados documentais
relacionados à infância e adolescência, dando enfoque à assistência pública e privada noBrasil, buscando compreender como as crianças eram vistas desde os tempos mais
longínquos, como por exemplo, as crianças indígenas ou aquelas que chegaram com os
primeiros navios negreiros em terras brasileiras. Como estas ganhavam visibilidade
naquela época? Que preocupações causavam? Como os filantropos lidavam com a
situação dessas crianças? Enfim, um conjunto de fontes documentais que ajudam acompreender qual o lugar ocupado pelas crianças nas informações que sobreviveram aos
tempos no cenário histórico brasileiro, captando não somente as informações visíveis,
mas também os silêncios e as lacunas presentes em tais documentos.

________________________________________________
Revista eletrônica Zero-a-Seis - nº 22. jun./dez. 2010
Núcleo de Estudos e Pesquisas da Educação na Pequena Infância- CED/UFSC

121

Uma das organizadoras da obra, Irene Rizzini, já no prefácio desta segunda edição
denuncia a dispersão dos registros sistemáticos em forma de documentos históricos, por
vezes, esquecidos em arquivos mortos, fato este que desafia os pesquisadores na
contemporaneidade, na busca por fontes que possam ajudar na compreensão de algumas
questões, tais como: “quem eram os familiares eamigos das crianças que se tornavam
filhos do Estado? Como teriam reagido os pais daqueles/as que desapareceram atrás dos
muros dos internatos de menores ao longo dos séculos? Como viviam? Quem eram
efetivamente as crianças e os adolescentes?” (p. 8).
Denuncia ainda que “apesar do tempo transcorrido e das muitas mudanças, percebe-se
no presente, idéias e práticas cuja herança vem de muito longe”(p. 8), o que nos dá fortes
indicativos de que os textos presentes neste livro tratam do passado, porém não no
passado. Que mesmo vivendo num período histórico marcado pelo paradigma da
proteção e do acolhimento às crianças/adolescentes, nossa sociedade contemporânea
ainda preserva muitos espaços de confinamento para esses sujeitos de pouca idade.
Dando continuidade, também Francisco Pilotti, ao seposicionar no prefácio desta
segunda edição, traz anúncios e denúncias quanto à situação das crianças/adolescentes,
em especial da América Latina, afirmando que o início do projeto datado dos anos 90,
confiava numa reforma legislativa capaz de transformar os menores em crianças cidadãs,
particularmente a partir da Convenção dos Direitos das Crianças (CDC, 1989) e, no Brasil,
da promulgação doEstatuto da Criança e do Adolescente (ECA, 1990). Porém, segue
afirmando que passados 18 anos, desde o início dos trabalhos do projeto - anos esses
marcados por intensas atividades dos movimentos sociais, estimulados pela repercussão
de espaços de participação perdidos durante a escuridão dos processos autoritários da
ditadura - a situação da infância permanece marcada por avanços e retrocessos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Arte de Governar Crian as Cap tulo 1
  • A arte de Governar
  • A Criminalização da Política e a arte de Governar a Cidade.
  • A politica como arte de governar a partir da republica de platão
  • V. A Constituição da Pedagogia Moderna O desbloqueio da arte de governar
  • As Artes de Governar – SENELLART, Michel Capítulo 1 – A Noção de “Governo”
  • O que crian a
  • A Crian A

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!