a alienação segundo marx

Páginas: 10 (2279 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
A obra O Processo de Franz Kafka e sua relação com a deficiência na acessibilidade de pessoas com necessidades especiais (PNE’s) – A alienação.

Resumo:
O presente artigo, produzido por estudantes do primeiro período curso de Direito, turno tarde, da Faculdade CET, apresenta a obra O processo de Franz Kafka, focando no conceito de alienação mostrada e sua relação contemporânea com aalienação sofrida por pessoas com necessidades especiais (PNE). Foi realizada pesquisa através de questionário aos alunos dos turnos tarde e noite do curso de Direito, com o objetivo de avaliar a opinião dos estudantes quanto às barreiras na acessibilidade de PNE’s no município de Teresina, Piauí. O objetivo é demonstrar que o pensamento de Kafka sobre a alienação permanece atual, e deve ser objeto dereflexão e conscientização da população local, bem como de apresentar possibilidades de solução para tais problemas.
Palavras chave: O processo, alienação, PNE.

Abstract:
This article, produced by law students of first period, of afternoon shift college CET, presents the work The Process, of Franz Kafka, focusing on alienation concept shown as well its contemporary relation with the alienationsuffered by special needs people (SNP). It has been taken a research trough a questionnaire, with afternoon and night shift students, with the objective of evaluating their opinion about the problems of SNP’s accessibility at Teresina, Piauí. The goal is to show that Kafka’s thought about alienation remains current, as well present possibilities to solve such problems.
Keywords: The process,alienation, SNP.


1. A obra O processo de Franz Kafka.

A obra O Processo, escrito pelo autor Franz Kafka, mostra a vida de Josef k, e narra fatos que ilustram o conceito de alienação: o desconhecimento dos próprios direitos, a impossibilidade de apelação e a negação de esclarecimentos sobre fatos na vida de uma pessoa comum. Mostra também um sistema judiciário falho e caótico.
K erafuncionário de um famoso banco. Funcionário exemplar e dedicado, detinha cargo de grande responsabilidade. Na manhã do seu aniversario de trinta anos, k acorda com dois homens batendo na porta de seu quarto com uma intimação. Sua postura era de intimidação, com questionamentos sem lógica, e afirmavam apenas que seu processo havia começado, e que era melhor para o mais breve fim se cooperasse. Afirmavamainda que se tratava de um tipo diferente de processo: K responderia em liberdade, mas ainda sim estaria preso. k não sabia o porquê de tudo isso, então lhe ocorre a possibilidade de que seria apenas uma brincadeira de seus amigos de trabalho.
Diante disso, k procura um advogado para ter esclarecimentos do que estava acontecendo, mas não obteve o resultado esperado, logo o dispensando. Apesardisso, k continua tentando descobrir quem e porque lhe acusam, baseado em qual (ou quais) lei(s). Josef é avisado sobre primeira de uma séria de audiências, a ser realizadas aos domingos. No dia do interrogatório, K imaginava que ali seria esclarecido de seu processo, ou que até mesmo a justiça declararia sua inocência, seu caso se enceraria e ficaria finalmente livre, pois tinha convicção de nadahavia feito. Porém suas expectativas são frustradas. Deparando-se com um sistema judiciário à beira do caos e da falência, K se dá conta de que seu processo é apenas um dentre muitos. A justiça sempre questionava Josef K, mas não apresentava provas, nem o porquê do andamento do processo judicial. Como qualquer cidadão, sempre quis o esclarecimento do seu processo para exercer seus direitos edeveres com a justiça, mas sempre quis falar com o juiz responsável pela sua causa, se deparava com o estudante de direito, personagem que fazia vezes de secretario do juiz e inspetor. Para ele, isso representava dificuldade ao acesso às suas informações processuais.
Frente a todo esse contexto, aparece a fragilidade do homem diante dos meios sociais. K se sente totalmente aquém de qualquer...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Alienação segundo Karl Marx
  • A alienação segundo karl Marx
  • Conceito de Alienação segundo Karl Marx
  • IDEOLOGIA E ALIENAÇÃO SEGUNDO KARL MARX
  • A alienação do trabalho segundo Karl Marx
  • Capital, Trabalho e Alienação, segundo Karl Marx
  • CONCEITUANDO ALIENAÇÃO SEGUNDO KARL HEINRICH MARX
  • Alienação em marx

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!