A acção humana

Páginas: 6 (1251 palavras) Publicado: 17 de maio de 2011
A Acção Humana

Caracterização da acção humana
Etimologicamente, a palavra acção deriva do latim agere, que significa fazer ou agir. Alguns autores fazem a distinção entre aquilo que nos acontece (eventos - fenómenos naturais, actos acidentais, actos reflexos ou condutas) e aquilo que fazemos ou acções propriamente ditas.

Já S. Tomás de Aquino (séc. XIII) se tinha apercebido de que nemtudo o que fazemos ou realizamos constitui uma acção propriamente dita e, por isso, distinguiu as acções do homem, isto é, tudo o que fazemos enquanto seres da natureza, dos actos humanos propriamente ditos, tudo o que fazemos enquanto seres racionais e dotados de vontade livre.

Os actos humanos (...) só merecem esse título porque são voluntários e a vontade é um apetite racional específico dohomem.
S. Tomás de Aquino, Somme Théologique, Les Actes Humains. Éd. de la Revue des Jeunes

Num primeiro plano - plano do acontecer - designamos actos ou eventos (que nos acontecem) aqueles que são independentes da vontade, isto é, involuntários. Por exemplo, respirar, sonhar, ou embater sem querer num vidro de uma porta são actos involuntários. Num segundo plano - plano do agir e do fazer -designamos acções propriamente ditas aquelas que, pelo contrário, realizamos consciente e voluntariamente. Neste sentido, são exemplos de actos voluntários os actos teoréticos - como reflectir e questionar - e os actos práticos - como gestos e tarefas que desenvolvemos na produção de determinado bem ou serviço (actos técnicos, voltados para o objecto) ou acções que desenvolvemos no nosso dia-a-dia queremetem para a escolha racional e que, muitas vezes, se prendem com decisões de ordem moral (acções ponderadas e deliberadas).

Podemos, assim, definir acções humanas propriamente ditas a partir da enumeração das suas principais características:
• são acções conscientes e voluntárias, isto é, realizadas com conhecimento de causa;
• são livres, porque escolhemos realizá-las desta forma,conscientes de que poderíamos ter escolhido outras ou mesmo até não as realizar;
• são racionais, porque dependem da capacidade de ponderação e avaliação do agente por forma a poder escolher realizá-las;
• são intencionais, porque têm um propósito ou intenção, orientando-se para determinado fim;
• são responsáveis, porque o agente se reconhece como seu autor.

Tendo em conta a caracterização queacabámos de fazer, vamos agora tentar compreender a sua estrutura, isto é, a forma como a acção se desenrola e o significado que lhe atribuímos. Para a descrever, iremos utilizar alguns conceitos fundamentais referentes aos elementos e momentos que a constituem.

O conceito de Agente
O agente é aquele que concretiza ou põe em prática a acção.
Expressões como Fui eu que fiz..., Fui eu quedisse..., revelam a inevitável afirmação de um sujeito real que, ao agir, se mostra como autor daquilo que faz (poder do agente - decidiu fazer aquilo, mas podia ter feito outra coisa, ou até nada fazer). Toda e qualquer acção depende de um agente e, por isso, alguns autores falam de causalidade do agente, querendo com isso designar que sem ele a acção não existiria. Mas a relação agente-acção não étão simples nem pode ser reduzida a uma leitura do tipo causa-efeito. No seu interior, encontramos outros conceitos que merecem uma análise cuidada, a saber: os de motivo, intenção e finalidade, etc.

O Conceito de Motivo

O motivo será aquilo que nos leva a realizar a acção. Ele responde à questão: porque fiz/fizeste isto? Na maioria das vezes, o motivo identifica-se com a razão que explica aacção e que a legitima (aproximando-se dos conceitos de intenção e finalidade). Outras vezes, ele parece tomar o sentido de causa da acção, isto é, ele surge como uma espécie de elemento justificativo, não de ordem racional, mas sobretudo de ordem emocional ou psicológica (como o medo, o desejo, ou outra emoção). É difícil definir o conceito de motivo, porque ele deriva da própria complexidade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Acção humana
  • A acção humana
  • A Dimensão Ética da Acção Humana
  • Condicionantes da acção humana
  • A acção humana e os valores
  • Acção Humana, Liberdade e Responsabilidade
  • Dimensões Da Acção Humana E Dos Valores
  • Acção humana e valores

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!