Weber

Páginas: 12 (2785 palavras) Publicado: 21 de outubro de 2014
I. Introdução ao pensamento weberiano
• Questão do problema INDIVÍDUO X SOCIEDADE
• Três principais influências na constituição do pensamento weberiano: 1) Debate entre CN x CE: HERMENÊUTICA e INTERPRETAÇÃO HISTÓRICA (Dilthey); 2) Marx e a confrontação com a VULGARIZAÇÃO DETERMINISTA DA II I.S. (MONOCAUSALIDADE X PLURICAUSALIDADE), e 3) VONTADE DE PODER, lutas em diversas esferas da realidade,caráter conflituoso próprio do PLURALISMO DEMOCRÁTICO (Nietzsche).

II. Objetividade do conhecimento
• Impõe-se a Weber também um problema caro às ciências sociais: na relação SUJEITO X OBJETO da investigação, como lidar com os valores do cientista? (Como Durkheim e Marx responderam a tal tensão?)
• O cientista, como qualquer ser humano, é inspirado por seus valores, coisas em relação àsquais ele mantém uma determinada relação e, via de regra, está disposto a defendê-las.
• Weber identifica dois comportamentos distintos em relação aos valores: RECONHECER X JULGAR.
• São duas éticas distintas que se remetem a um DEVER CIENTÍFICO e a um DEVER PRÁTICO.
• Um está ligado à vocação do CIENTISTA (SABER EMPÍRICO) e outro é próprio do homem da prática, da esfera da POLÍTICA (JULGAMENTO DEVALOR).
• As decisões do que se DEVE FAZER diante da realidade é própria da esfera da POLÍTICA, do JULGAMENTO DE VALOR.
• A esfera do SABER EMPÍRICO, da CIÊNCIA, apenas aponta o que pode ser feito: CIÊNCIA É IGUAL A MEIO PARA ATINGIR FINS (RAZÃO INSTRUMENTAL; AÇÃO RACIONAL COM RELAÇÃO A FINS e COM RELAÇÃO A VALORES TAMBÉM: busca da “verdade”).
• Isso não significa que o cientista anula seusvalores diante de seu objeto de estudo. Pelo contrário, os valores atuam como deflagrador da pesquisa e como balizadores (guia para escolha do objeto e do caminho perseguido). Isso nunca deve ser escondido. Pelo contrário, cabe ao cientista publicizar de onde está partindo: NEUTRALIDADE AXIOLÓGICA.
• Dizer que não se anula valores não implica dizer que eles não são algo a ser considerado napesquisa. O cientista deve buscar os instrumentos mais adequados legados pelos cânones científicos (meios, métodos etc.), para produzir um conhecimento que, sem perder seu caráter COMPRENSIVO-INTERPRETATIVO, tenha VALIDADE UNIVERSAL (do que se trata?).
• Como fazer isso? Como assegurar esse “controle” dos valores a validade universal do conhecimento?
• INCORPORAÇÃO CONSCIENTE, submetendo-os ao controlede procedimentos rigorosos de análise, tomados como EXPLICAÇÃO CONDICIONAL (em relação ao que?)
• Atribuição de RELAÇÕES DE CAUSALIDADE, construída na forma de HIPÓTESES: quem atribui um SENTIDO e identifica os NEXOS DE CAUSALIDADE (afinidades ELETIVAS) é o cientista.
• Aqui cabe uma forte diferenciação entre Weber, Marx e Durkheim. No primeiro, a REALIDADE é tomada como INFINITA e CAÓTICA.
•Ela ultrapassa os limites da finitude e capacidade do cérebro do investigador.
• Quem ATRIBUI SENTIDO e NEXOS CAUSAIS é o cientista.
• Isso deve gerar no cientista a consciência dos limites da CADEIA CAUSAL que a explicação pode atingir, assim como sua publicização: assegurando a OBJETIVIDADE DO CONHECIMENTO.
• Quatro operações executadas pelo cientista para chegar ao conhecimento: “1)estabelece leis e fatores hipotéticos que servirão como meios para seu estudo; 2) analisa e expõe ordenadamente ‘o agrupamento individual desses fatores historicamente dados e sua combinação concreta e significativa’, procurando tornar inteligível a causa e a natureza dessa significação; 3) remonta ao passado para observar como se desenvolveram as diferentes características individuais daquelesagrupamentos que possuem importância para o presente e procura fornecer uma explicação histórica a partir de tais constelações individuais anteriores, e 4) avalia as constelações possíveis no futuro” (p. 110).
• COMPREENSÃO dos fenômenos culturais como SINGULARIDADES: busca da ESPECIFICIDADE X estabelecimento de leis ordenadas como conceitos gerais e princípios lógicos genéricos.
• Como dar conta da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • WEBER
  • Weber
  • Weber
  • weber
  • Weber
  • weber
  • Weber
  • weber

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!