Vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula: reconhecer e desvendar o mundo

Páginas: 17 (4248 palavras) Publicado: 25 de abril de 2012
João Carlos Martins'
Vygotsky e o Papel das Interações Sociais na Sala de Aula:
Reconhecer e Desvendar o Mundo
“Desde os primeiros dias do desenvolvimento
da criança, suas atividades adquirem um
significado próprio num sistema de
comportamento social, e sendo dirigidas a
objetivos definidos, são refratadas através do
prisma do ambiente da criança. O caminho do
objeto até a criança edesta até o objeto passa
através de outra pessoa. Essa estrutura
humana complexa é o produto de um processo
de desenvolvimento profundamente enraizado
nas ligações entre história individual e história
social."
VYGOTSKY
Refletir sobre a importância das trocas entre os parceiros como momentos
significativos no processo ensino-aprendizagem remete, necessariamente, à
psicologia sócio-históricacomo paradigma de nossas reflexões. Cabe lembrar,
dentro do espectro de reflexões que esta psicologia sugere, os objetivos e as
finalidades que, acredita-se, deva ter a ação educativa. Temos por pressuposto de
nosso trabalho a meta maior de, inseridos no contexto em que vivemos e na
realidade manifesta em nosso país, criar condições para que os alunos se tornem
cidadãos que pensem e atuem porsi mesmos. Acima de tudo, espera-se que eles
sejam pessoas livres de manipulações e conduções externas e que consigam ter a
capacidade de pensar e examinar criticamente as idéias que lhes são apresentadas
e a realidade social que partilham.
Este movimento de compreensão do mundo que aparece dialeticamente na escola
implica ações de investigação e de discussão para a internalizaçâo de funçõesmentais que garantam ao indivíduo a possibilidade de pensar por si. Para tanto é
preciso estimulá-lo a operar com idéias, a analisar os fatos e a discuti-los para
que, na troca e no diálogo com o outro, construa o seu ponto de regulação para
um pensar competente e comprometido com determinadas práticas sociais.
A elaboração de idéias e o estudo de fatos conforme sugerimos garantem a
conquistado conhecimento, desde que as atividades propostas para os alunos
tenham por base as interações entre sujeito e objeto (mundo). Tais interações
permitem ao sujeito ultrapassar a impressão inicial das idéias que lhe chegam
e buscar o que está além delas, oculto, mais profundo e sistematizado, de
forma a instrumentalizá-lo para o exame da realidade. Não é possível, no
entanto, abordar arelação entre sujeito e objeto que se desenvolve na escola
sem discutir seu papel enquanto promotora do conhecimento.
Pedagogicamente, as discussões sobre a função da escola e seu papel dentro
da sociedade tomaram caminhos diversos nos últimos anos e, principalmente,
a partir da década de 80, quando vários estados da Federação passaram a ser
governados por partidos menos autoritários e quando algumassecretarias de
estado da Educação como a de São Paulo, universidades e educadores em geral
recolocaram a discussão sobre as funções crítica e libertadora da Educação. Os
entraves colocados pela burocracia estabelecida nas redes públicas pelos
regimes militares motivaram muitas celeumas, e o professor foi, desde então,
pressionado a rever a sua prática e a avaliar os resultados com seusalunos.
Assim, nos últimos anos, muito se falou da formação do professor e do quanto
nossa sociedade ainda não teria percebido a urgência desta questão do preparo
para o exercício competente da tarefa de educar. O atraso nas disposições
práticas que pretendem formar o professor torna-se um problema mais grave
quando notamos que o mundo atual pauta sua organização social e cultural
peloreconhecimento da importância de informar e divulgar conhecimento.
Estranho paradoxo: o mundo da globalização precisa difundir suas conquistas
tecnológicas mas não é capaz de solucionar o entrave em que se chegou
quando se afirma a urgência de capacitar professores para educar, dilema que
se amplia e agrava quando o país em questão pertence ao chamado mundo dos
"países atrasados".
Coloca-se,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • VYGOTSKY E O PAPEL DAS INTERAÇÕES SOCIAIS NA SALA DE AULA: RECONHECER E DESVENDAR O MUNDO.
  • Vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula reconhecer e desvendar o mundo
  • Vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula: reconhecer e desvendar o mundo
  • Vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula: reconhecer e desvendar o mundo
  • Vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula. reconhecer e desvendar o mundo
  • Vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula: reconhecer e desvendar o mundo
  • Vygostsky e o papel das interaçoes sociais na sala de aula: reconhecer e desvendar o mundo
  • Resumo vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula: reconhecer e devendar o mundo.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!