Violência psicológica contra crianças nas interações familiares

Páginas: 7 (1644 palavras) Publicado: 7 de agosto de 2012
VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA CONTRA CRIANÇAS NAS INTERAÇÕES FAMILIARES: PROBLEMATIZAÇÃO E DIAGNÓSTICO

VIOLÊNCIA E VIOLÊNCIA FAMILIAR

O vocábulo violência é originado da palavra latina vis, que significa força, exercer superioridade física sobre alguém, constranger. O conceito de violência é definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como sendo “o uso da força física ou do poder, real ou emameaça, contra si próprio, contra outra pessoa, ou contra um grupo ou comunidade, que resulte ou tenha qualquer possibilidade de resultar em lesão, morte, dano psicológico, deficiência de desenvolvimento ou privação” (OMS, 2002, p. 5). Esse conceito expressa diferentes tipos e categorias de violência com base em suas manifestações empíricas: dirigidas da pessoa contra si, violência interpessoal eviolência coletiva.
Por violência intrafamiliar entende-se aquela que ocorre entre os membros da família, principalmente no ambiente da casa, percebidas por meio de comportamentos agressivos, com ou sem lesão corporal, comportamentos negligentes e comportamentos abusivos. Desta forma, as crianças são as que mais se encontram em situação de vulnerabilidade familiar.
A violência doméstica é umelemento desencadeador do que poderia ser denominado de cadeia de violências ou reprodução de violências. A faixa etária mais próxima da infância é o alvo preferencial das violências intrafamiliares, sendo que os dados do IBGE, 2002, mostram que as crianças são os membros que mais sofrem maus tratos e que, em 80% dos casos, os pais são os agressores, seguidos dos irmãos mais velhos.
Pode serclassificada a natureza da violência quanto ao seu modo de expressão e modalidades, como segue:

a. Violência física: quando há o uso da força física, intencional, ou de intenção percebida, não acidental, por parte de uma pessoa contra a outra;
b. Violência psicológica: quando há agressões verbais ou gestuais com o objetivo de aterrorizar, rejeitar, humilhar, restringir a liberdade ou isolaruma pessoa de seu convívio social. Fere moralmente;
c. Violência sexual: o ato ou jogo sexual, as relações hetero ou homossexual, entre um ou mais adultos e uma criança menor de dezoito anos, tem por finalidade estimulá-la sexualmente ou utilizá-la para obter uma estimulação sexual sobre a sua pessoa ou de outrem;
d. Negligência: por meio da omissão, ausência, recusa de cuidados necessáriosa alguém.

Todas as formas de violência, perpetrada contra alguém, expressam, em algum grau, situações de desconforto, constrangimentos, sofrimento, tensão ou estresse, o que torna a investigação sobre a violência psicológica relevante e necessária. Como a violência psicológica não está vinculada à violência física, isso torna difícil de caracterizar traumas psicológicos, pois não existemmarcas físicas visíveis.
A violência possui sempre um efeito bidimensional, atuando nocivamente sobre a vítima, tanto no plano físico quanto psicológico.
Os dados acerca da violência contra crianças e adolescente no mundo e no Brasil são alarmantes e expressam uma forma de epidemia social, estimando-se que 20% das crianças e adolescentes são vítimas de alguma forma de violência.

ASPECTOSHISTÓRICOS NA PROBLEMATIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS

Na primeira metade do século XIX, as crianças que apresentavam comportamentos desviantes ou delinquentes, deveriam ser encaminhadas para um reformatório, recebendo orientação religiosa.
Na França, o primeiro trabalho escrito sobre maus tratos infantis é atribuído a Tardieu, em 1860, pioneiro na utilização do termo “criança espancada”. Nadécada de 1940-50, nos Estados Unidos, achados sobre observações de lesões e alterações radiológicas em crianças que não apresentavam relação clínica ou patológica com quadros semelhantes.
Em 1924 e 1952, aconteceram duas reuniões internacionais, com o objetivo de discutir sobre o bem estar da criança. Em 1959, a Assembléia Geral da ONU aprovou e proclamou a Declaração dos Direitos da Criança....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Violência Psicológica Contra Crianças Nas Interações Familiares: Problematização E Diagnóstico
  • Violência contra a criança no contexto familiar
  • VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA E ADOLESCENTE NO ÂMBITO FAMILIAR
  • VIOLÊNCIA SILENCIADA: VIOLENCIA FÍSICA E PSICOLÓGICA CONTRA IDOSOS NO CONTEXTO FAMILIAR
  • Violência psicológica em criança e adolescente
  • Violência Familiar contra o idoso
  • Violencia familiar contra o idoso
  • Violência física intra familiar contra criança de 0 a 5 anos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!