Violência familiar

Páginas: 5 (1246 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2011
2.3 - O poder da família na formação do individuo

Ainda as autoras, Lakatos e Marconi (2006, p.171) A família, segundo Murdock,é um grupo social caracterizado pela resistência comum,com cooperação econômica e reprodução.”Para Lucy Mair (1970:96),ela consiste em “um grupo doméstico no qual os pais e filhos vivem juntos”.Beals e Hoijer (1969:475) definem família como “um gruposocial cujos membros estão unidos por laços de parentesco”,ou ainda,”um grupo de parentes afins e seus descendentes que vivem juntos” (Guia Prático de Antropologia,1971:98).

Dentro deste contexto as autoras em relação à família, apresentam coesão, mas como toda exeção tem suas regras, no que tange família, nem todas os casais (conjugue) moram juntos, na sociedade, as famílias podemorganizar se ou estrutura-se de diferentes maneiras, conforme sua cultura,história,situação social e econômica,ainda variam as suas estruturas conforme também a transformação da própria sociedade,no tempo e espaço,pode a família classificar em elementar,extensa,composta,conjugada,fraterna e fantasma.
A família elementar (nuclear, natal-conjugal, simples, imediata, primária), a família elementar,é a formada por pai, mãe e filhos, vivem juntass, e reconhecidas pela sociedade.
Na classificação da família das relações primárias de parentescos, conforme seus membros crescem e deixam os lares, os grupos familiares vão diminuindo.
A família nuclear, formada por componentes extensos e composta, na família natal-conjugal é limitada, sendo o conjugue e um casal de filhos, na famíliaextensa geralmente são composta de duas ou mais famílias nucleares ligadas por laços consangüíneos, na família conjugada-fraterna é composta de duas ou mais irmãos, na família fantasma a unidade familiar é formada por uma mulher casada e seus filhos e o fantasma refere-se ao marido ausente.
Neste aspecto a família nunca é a mesma na sua estrutura ou formação, apresentando diversidadesculturais e comportamentais, a família são diferentes em sua formação, mais possui aspectos semelhantes na responsabilidade para com criança,jovem ou integrante desde o seu nascimento. A família é a instituição primária, responsável pela socialização e educação, é através de seus contextos históricos a qual transmite os seus valores e culturas necessárias à formação de seu caráter e identidade. “Afamília em geral, é considerada o fundamento básico e universal das sociedades, por se encontrar em todos os agrupamentos humanos, embora varie as estruturas e o funcionamento”. (Lakatos e Marconi, 2006, p.171).
São no seu meio de convivência e observação que a criança internaliza os ensinamentos fundamentais para a sua integração secundária com outros indivíduos, as regras comportamentais impostasda criança durante sua relação familiar, permiti a ela a interagir no mundo exterior, fora do seu ambiente familiar.Nesse processo de interiorização das regras de convivência com outros justifica Berger e Luckmann(1998, p. 174). “A criança, nesta fase, passa não só a compreender aspectos subjetivos de um outro, bem como passa a perceber o mundo em que está inserido”.
Dentro deste âmbitofamiliar, as condutas comportamentais dos pais e integrantes mais velhos são automaticamente internalizadas pela criança, ela constrói gradativamente sua identidade comportamental, através das observações, da linguagem dos símbolos, da socialização e sua vivencia neste meio.Justifica Berger e Luckmann(1998,p.178) Na verdade, essa primeira fonte de socialização tem como função transmitir à criança asnormas, os valores pregados pela família, assim como vigentes em uma sociedade.

É nesse campo familiar que os valores, as condutas, a ética e os comportamentos podem contribuir de forma positiva para a criança ou influí-la negativamente, os problemas cotidiano quando não resolvidos de forma naturais, podem transformar em conflitos graves e somarem para o surgimento da violência familiar,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Violência Familiar
  • Violencia familiar
  • Violência Doméstica no Âmbito Familiar
  • VIOLENCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR
  • Violência Familiar contra o idoso
  • Violencia intra familiar
  • Violência familiar (aspectos processuais)
  • Violência doméstica e familiar

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!