Violência Doméstica e Sexualidade Feminina: um estudo exploratório

Páginas: 69 (17083 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
INTRODUÇÃO

A violência de gênero, segundo Teles (2002), tem sua origem na discriminação histórica contra as mulheres. O processo de construção e consolidação de medidas e ações explícitas e implícitas que visam à submissão da população feminina vem ocorrendo durante todo o desenvolvimento da sociedade humana. A discriminação se desenvolveu de forma a se tornar algo como que pertencente evinculado intrinsecamente á natureza humana.
O assunto apenas recentemente ganhou visibilidade através da mobilização, organização e luta dos movimentos feministas, que, na sua consciência política, buscavam a cidadania plena, a autonomia e o poder de decisão.
A violência contra a mulher anula ou prejudica o exercício dos seus direitos humanos e liberdades fundamentais, passando a ser um obstáculopara a conquista da igualdade, desenvolvimento e paz (Organização das Nações Unidas [ONU], 1996).
É caracterizada por qualquer ação ou omissão, ocorridas em esfera pública ou privada, de discriminação, de agressão ou de coerção, que cause dano, morte, constrangimento, limitação, sofrimento físico, sexual, moral, psicológico, social, político ou econômico ou perda patrimonial (Organização dosEstados Americanos [OEA], 1994).
Embora a Constituição do Brasil (1988) declare que o Estado é responsável por assegurar a assistência à família, criando mecanismos para coibir a violência no âmbito das relações, Ângulo-Tuesta (1997) explica que as mulheres estão mais sujeitas a serem agredidas por pessoas conhecidas e íntimas no espaço privado. Nesse espaço, geralmente, a violência se caracterizapor episódios repetidos e cada vez mais graves, levando muitas vezes, a perpetuar-se cronicamente por muitos anos, afetando a saúde física, sexual e mental das mulheres e comprometendo severamente o seu desenvolvimento integral na sociedade.
Muitos são os estudos sobre as conseqüências negativas da violência doméstica, mas pouco se discute sobre a qualidade de vida de mulheres que romperam orelacionamento com cônjuge agressor. Diante desta problemática e, a partir dos relatos de mulheres atendidas no Núcleo de Defesa e Convivência da Mulher – Casa Sofia, denunciando um intenso desejo de reconstruírem suas vidas, algumas a partir da formação de novas parcerias, decidiu-se realizar este estudo, objetivando compreender a vivência da sexualidade desta população, visto que são escassas aspesquisas sobre esta temática.
CAPÍTULO I
ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA MULHERES

I.1 – Mulheres e os Papéis de Gênero
O termo “gênero”, segundo Stoller (1993) e Teles (2002), diferentemente de sexo, descreve as construções de concepções desenvolvidas ao longo da história das sociedades humanas. Sexo define características biológicas e suas diferenças. A masculinidade e afeminilidade são encontradas em todas as pessoas, variando apenas nas formas e graus e, embora estejam combinados com ser homem e ser mulher respectivamente, sexo e gênero não estão necessariamente de maneira diretamente relacionada.
Stoller (1993) afirma que o aspecto da sexualidade: identidade de gênero tornou-se foco de estudos por psicólogos e também por profissionais de diversas áreascientíficas, tais como, neurofisiólogos, endocrinologistas, geneticistas, e teóricos da aprendizagem.
A antropologia e a sociologia passaram a utilizar o termo “gênero” para demonstrar e sistematizar as diferenças culturais, construídas pela sociedade e apoiadas em diferenças que são inicialmente biológicas. Seu impacto nos âmbitos público e privado confere às mulheres papéis sociais desvalorizados econsiderados inferiores, possibilitando sua dominação e submissão, através da imposição do poder masculino em detrimento dos seus direitos. Socialmente submetidas às necessidades pessoais e políticas dos homens, as mulheres acabam consideradas “dependentes” (Teles, 2002).
A construção do gênero se dá a partir das convicções obtidas a partir das atitudes dos pais, que geralmente são semelhantes...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A violência domestica e a depressão feminina
  • A Sexualidade Feminina
  • Violência doméstica: um estudo de caso do ponto de vista do agressor.
  • Sexualidade Feminina
  • Sexualidade feminina
  • sexualidade feminina
  • Estudo Exploratório
  • Estudo exploratorio

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!