Vida Morte

Páginas: 89 (22226 palavras) Publicado: 13 de julho de 2015
Vida e morte do Rei João
Copyright ©
Autor: William Shakespeare
Tradução: Carlos A. Nunes
Edição eletrônica: Ed Ridendo Castigat Mores (www.jahr.org)

VIDA E MORTE DO REI JOÃO
WILLIAM SHAKESPEARE

ÍNDICE
PERSONAGENS
ATO I
Cena I
ATO II
Cena I
ATO III
Cena I
Cena II
Cena III

file:///C|/site/livros_gratis/vida_morte.htm (1 of 39) [30/10/2001 00:25:45]

Vida e morte do Rei João

Cena IV
ATO IVCena I
Cena II
Cena III
ATO V
Cena I
Cena II
Cena III
Cena IV
Cena V
Cena VI
Cena VII

PERSONAGENS
REI JOÃO.
PRÍNCIPE HENRIQUE, filho do rei.
CONDE DE PEMBROKE.
CONDE DE ESSEX.
CONDE DE SALISBURY.
LORDE BIGOT.
HUBERT DE BURGH.
ROBERTO FAULCONBRIDGE, filho de sir Roberto Faulconbridge.
FILIPE, o Bastardo, seu irmão materno.
JAMES GURNEY, criado de lady Faulconbridge.
PETER DE POMFRET, profeta.
FILIPE,rei da França.
LUIS, delfim.
LIMOGES, duque da Áustria.
CARDEAL PANDOLFO, legado do papa.
file:///C|/site/livros_gratis/vida_morte.htm (2 of 39) [30/10/2001 00:25:45]

Vida e morte do Rei João

MELUN, nobre francês.
CHATILLON, embaixador da França.
RAINHA ELEONOR, mãe do rei João.
CONSTANÇA, mãe de Artur.
BRANCA DE ESPANHA, sobrinha do rei João.
LADY FAULCONBRIDGE.
Nobres, fidalgos, cidadãos deAngers, xerife, arautos, oficiais, soldados, mensageiros e gente de serviço.
ATO I
CENA I
A sala do trono no palácio. Entram o rei João, a rainha Eleonor, Pembroke, Essex, Salisbury e outros,
com Chatillon.
REI JOÃO – Agora dize, Chatillon: a França que deseja de nós?
CHATILLON – Após saudar-vos, desta arte o rei da França por mim fala ao Poder, à emprestada
Majestade da Inglaterra.
ELEONOR –Começo muito estranho: Majestade emprestada!
REI JOÃO – Não falemos, bondosa mãe; ouçamos a embaixada.
CHATILLON – Filipe, rei da França, com o direito que lhe herdou teu irmão já falecido, filho de
Godofredo, Artur, de nome Plantagenet, reclama legalmente esta bela ilha e mais os territórios de Anjou,
Poictiers, Touraine, Irlanda e Maine; deseja que de lado a espada ponhas que te defende os usurpadostítulos, e ao moço Artur a entregues, teu sobrinho e, já agora, também teu soberano.
REI JOÃO – E que resultará se renuirmos?
CHATILLON – O jugo altivo de uma guerra a um tempo violenta e sanguinosa, que demonstre pela
força o direito contestado.
REI JOÃO – Então guerra por guerra, dize à França, sangue por sangue e força contra força.
CHATILLON – Por minha boca, pois, o desafio te deixo do meurei; é o extremo encargo de minha
comissão.
REI JOÃO – Leva-lhe o meu, também, e parte em paz Sê um relâmpago para os olhos da França,
que, bem antes de poderes dar conta da embaixada, eu farei que o trovão por lá se escute dos meus
canhões. Vai logo! Sê a trombeta de nossa cólera, o ruim presságio de vossa própria perda. Que lhe seja
dada uma escolta honrosa; cuidai disso, Pembroke. Chatillon, étudo; adeus.
(Saem Chatillon e Pembroke.)
ELEONOR – Então, meu filho? Eu não dizia que essa ambiciosa Constança não parava enquanto não
houvesse posto fogo na França e em todo o mundo para a causa do filho defender? Essa pendência
poderia ter sido prevenida, fora fácil, somente com protestos de amizade. Ora é força que dois reinos a
decidam por meios sanguinosos.
REI JOÃO – Nosso direito e a forçanos amparam.
ELEONOR – A força apenas, temo; do contrário, muito mal eu e vós ora estaríamos. Permiti que em
segredo conversemos o que o céu, tão-somente, e nós sabemos.
(Entra um xerife, que fala baixo a Essex.)
ESSEX – Meu príncipe, aqui temos a pendência mais estranha do mundo, que vos chega do interior,
a fim de ser julgada. Posso mandar entrar os querelantes?file:///C|/site/livros_gratis/vida_morte.htm (3 of 39) [30/10/2001 00:25:45]

Vida e morte do Rei João

REI JOÃO – Sim, fazei-os entrar.
(Sai o xerife.)
As abadias e os prioratos hão de pagar todos os gastos dessa guerra.
(Volta o xerife com Roberto Faulconbridge e Filipe, seu irmão bastardo.)
Quem Sois?
O BASTARDO – Sou súdito fiel, de origem nobre, nascido aqui em Northamptonshire e filho mais
velho, como penso, de Roberto...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Morte E Vida
  • Vida e morte
  • a vida e a morte
  • Vida e Morte
  • Morte e Vida Severina
  • O educador vida e morte
  • teatro de morte e vida de socrates
  • O nascimento, a vida , e a morte das Estrelas.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!