Vínculos afetivos

Páginas: 17 (4004 palavras) Publicado: 26 de outubro de 2013
FACULDADE PIO DÉCIMO
CURSO DE PSICOLOGIA





ANDREIA ANDRADE
GABIELLA SOUZA
IRANILDE ANDRADE SANTOS
JACQUELINE PEREIRA
KAROLINE ARAUJO



VÍNCULO AFETIVO E A PSICANÁLISE






Aracaju/ SE
Junho 2013
ANDREIA ANDRADE
GABIELLA SOUZA
IRANILDE ANDRADE SANTOS
JACQUELINE PEREIRA
KAROLINE ARAUJO






VÍNCULO AFETIVO E A PSICANÁLISE



Trabalho apresentado aoCurso de Psicologia, sob a orientação do Prof.º Msc. Francis Deon Kich como requisito para a 2ª avaliação da disciplina Psicologia do Desenvolvimento I.




Aracaju/SE
Junho 2013
SUMÁRIO






O BEHAVIORISMO
Há muito o homem vem se preocupando em entender certos comportamentos e como eles são formados. Filósofos acreditavam na existência de uma alma que dividia o homem em bom ou mal.Assim praticar coisas boas era relacionado com a alma e se fosse o contrário era proveniente da matéria. A ciência por sua vez, instituiu a existência de uma mente que dominava o homem cujos comportamentos bons ou ruins eram determinados pela mesma. A partir dessa conclusão muitos estudos foram desenvolvidos em cima dessa premissa. Então surgiu o behaviorismo que é caracterizado pelo estudo docomportamento humano, tendo como base o estímulo e resposta, produto da interação entre o homem e o ambiente. Quando agimos, estamos nesse contexto, realizando uma ação movida por um estímulo que ocasionará uma resposta. (MATOS, P.1)
Para a psicologia o behaviorismo é uma linha de pensamento muito importante, visto que o objeto de estudo da mesma é o comportamento, tentando assim entender ecompreender como se caracteriza e quais as consequências do mesmo para o indivíduo. Dando continuidade, o behaviorismo pode ser dividido em dois tipos principais: o clássico e o radical. Considerando o primeiro, foi proposto por B. Watson. Ele deu continuidade aos estudos da época, porém diferente das outras teorias sobre a mente que entendia as emoções como principal influência para a formação docomportamento, Watson acreditava que o mesmo era modificado pelo ambiente no qual o indivíduo estava inserido. (MATOS, P.1-2)
Assim propôs que todo comportamento podia ser passível de observação e que dependendo do meio e dos estímulos que o indivíduo viesse a receber, seu comportamento poderia ser condicionado, modificado conforme cada situação. Porém isso não significa que o mesmo estivesse negando aexistência de processos mentais, o que ele queria deixar claro era que são os estímulos e não os processos mentais responsáveis pelo comportamento humano, visto que os mesmos não podiam ser observados com tanta clareza como se podia observar a dialética estímulo resposta, dando origem ao condicionamento clássico. (STRAPASSON, P.83, 2012)
Já o behaviorismo radical foi postulado por Skinner. Assimcomo Watson ele negava que os processos mentais fossem relevantes para a formação do comportamento, mas não por não poderem ser observados, e sim por considera-los como tipos de comportamentos. Assim para Skinner, no estudo do comportamento seja ele de qualquer natureza, o que deve ser levado em consideração não é apenas a resposta que é dada ao estímulo, mas o contexto no qual a mesma acontece eo que se segue após. Formulou assim o condicionamento operante, considerado o mais importante para a Psicologia. Ele o explicou por meio de um modelo que denominou Sd-R-Sr. Sendo que (Sd) foi chamado de estímulo descritivo, (R) é a resposta e (SR) estímulo reforçado. Assim, esta formula explica que diferente do que ocorre no modelo watsoniano, em que o comportamento era a interação entre oestímulo e resposta (S-R), neste a resposta deve ser seguida de outro estímulo (SR), que por sua vez pode ser positivo ou negativo, aumentando ou diminuindo assim a probabilidade da resposta se repetir. Em outras palavras, quando um comportamento é precedido de uma resposta, se o estimulo que a se segue for um estímulo de reforço (SR), este aumenta a probabilidade que esta se repita, caso seja de uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Vinculos afetivos
  • A importancia do vínculo afetivo no desenvolvimento infantil.
  • Os vínculos afetivos e a relação professor-aluno
  • A Importância do Vínculo Afetivo como Pré-requisito para Um Sonho de Liberdade: a propósito do filme
  • Vínculos
  • Vínculos
  • Vinculos
  • Vínculo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!