Uma prova de amor

Páginas: 9 (2100 palavras) Publicado: 6 de fevereiro de 2013
INSTITUTO SUPERIOR DO LITORAL DO PARANÁ – ISULPAR













DEFESA DA ANNA FITZGERALD

Trabalho apresentado pelos acadêmicos do 5º ano de direito, com intuito de obter nota parcial do 3º bimestre na matéria de Pratica Processual Cível.


Acadêmicos: Gabriel do R. Antunes, Eliz Howard, Mariana Alves, Felipe Blageski, Wellington Ayala,Fabricio Sisneiro.


Professora: Marcia Nizio






























































PARANGUÁ/PR
2012

Sumário


INTRODUÇÃO 3

DOS FATOS 4

FUNDAMENTAÇÃO 4

CONCLUSÃO 7

REFERÊNCIAS 8INTRODUÇÃO

O filme “Uma prova de amor”, reproduz a imagem de fatos bastante polêmicos e difíceis de serem julgados, principalmente, no que concerne ao amor familiar, ao amor incontinenti de mãe.
Trata-se de direito personalíssimo, envolvendo a vida humana, questões filosóficas, éticas e religiosas. Vale salientar, que devem ser observados os princípios da autonomia, do interesse domenor, e da dignidade da pessoa humana.
Desse modo, o paciente é o único responsável pelo próprio corpo, necessitando, assim, de análise profunda e consciente por parte do doador, sobre a disponibilização de seus órgãos.
De outro modo, a Bioética e a reprodução humana tem por finalidade a geração de seres humanos através de casais com problemas de infertilidade. Entretanto, é admitida pelalegislação brasileira a prática de transplante para fins terapêuticos, através de hospitais públicos ou privados, por equipes médicas-cirúrgicas de remoção e transplante, devidamente autorizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde), desde que não sejam comercializados.
Vale ressaltar, que fere os princípios da autonomia e da autodeterminação, decidir sobre transplantes, tecidos e doações de órgãos deoutrem, sem o seu consentimento. Assim sendo, a autonomia da vontade assegura a escolha do indivíduo na tomada de decisão, na esfera particular, em conformidade com seus próprios interesses e preferências.
Os direitos fundamentais estão presentes, desde a doação de um órgão até o transplante do doador ao receptor, no que concerne à vida, à saúde, à integridade física, à liberdade de consciência, àformação da personalidade, e o direito ao próprio corpo (direito à automutilação), competindo ao doador decidir se deve ou não doar seus órgãos, desde que tal decisão não prejudique a si próprio.









DOS FATOS

Observa-se, que no filme “Uma prova de amor”, a relação mãe e filhos era muito turbulenta. A genitora, movida por um amor incontinenti, não aceitava a morte da filha,possuidora de síndrome leucêmica aguda, a qual lutava anos a fio, desesperadamente, incansavelmente, para manter a sua filha viva, esquecendo-se, de que os outros filhos também necessitavam de cuidado e atenção, principalmente, a filha menor, nascida e projetada com a finalidade única e exclusivamente de atender às necessidades da irmã leucêmica.
A menor Anna Fitzgerald foi concebida geneticamente coma finalidade de ser compatível com Kete, sua irmã mais velha, que possui um tipo de leucemia rara, desde criança. O pai Brian, trabalha como bombeiro e a mãe Sara como advogada, fechando o escritório advocatício para dedicar-se integralmente a sua filha, portadora de leucemia. O filho Jesse, diante da situação, não recebe a atenção necessária. Deparando-se com dislexia no colégio, foi transferidopara um colégio interno especializado, para superar tal problema, em virtude de a mãe sentir-se impotente, diante da missão de salvar Kete.
A jovem menina, Anna, durante todo o processo doou sangue, medula óssea e células tronco, estando prestes a ser cortada para doar um dos seus rins para Kete. Anna descobre de que foi concebida por um banco de órgãos, através de fertilização In vitro,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Uma prova de amor
  • Uma prova de amor
  • Uma prova de amor
  • Uma prova de amor
  • uma prova de amor
  • Uma prova de amor
  • Uma prova de amor
  • Prova de amor

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!