Uma breve história do amor

Páginas: 5 (1090 palavras) Publicado: 5 de abril de 2011
1. Uma breve história do amor

A maioria dos especialistas acredita que o amor, assim como a família, nasceu com a descoberta do fogo e conseqüentemente com o assentamento do homem. Ali, confinados em cavernas, reunidos em volta da fogueira, homens e mulheres estabeleceram as regras de uma célula social pré-histórica: divisão de funções, cuidados especiais com os filhos e parceiros. Aestrutura familiar como a conhecemos, só se consolidou quando o homem se tornou sedentário, o que deve ter acontecido há cerca de 12 mil anos. Ao redor dos campos de trigo que floresciam nas terras férteis próximas a fontes de água limpa, homens e mulheres viviam do que encontravam, até que perceberam que o que gerava novas plantas eram as sementes. A partir daí, ter um pedacinho de terra era possuir umareserva de alimentos e, portanto, passou a ser importante. Tanto quanto poder contar com braços para ajudar no trabalho. Pessoas que, em troca, ficariam com suas terras e tomariam conta de você. Ou seja, passou a ser importante gerar descendência. "A partir do momento em que nossos ancestrais se assentaram e introduziram a agricultura, os casamentos se tornaram negócios feitos para a troca dapropriedade ou para alianças", afirma Helen Fisher, antropóloga da Universidade Rutgers, nos Estados Unidos. (Fischer, Helen, 2006, Veja)

"Em nosso passado de coletores e caçadores, a escolha amorosa era muito mais livre e desprovida de laços sociais", diz Helen Fisher. Segundo ela, autora de “Por que Amamos”:

“... nas sociedades nômades, o mais comum era escolher o parceiro por afinidade,pelo desejo de ter uma determinada pessoa como companhia e pelo simples prazer de mantê-la por perto. Alguns diriam que eis aí uma bela definição de amor.”

1.2 Amor pecaminoso e o amor cortês

Após a queda do Império Romano, no século 5, e as invasões bárbaras, ninguém mais estava a salvo. A cultura, a vida coletiva, o mundo como se conhecia desapareceu. No lugar dele, violência, caos social,conflitos. A única coisa a se apegar era a religião, que passou a dominar a vida social. O amor confundia-se com o sentimento religioso e o casamento se tornou uma cerimônia cristã. Padres celibatários pregavam a total renúncia ao erotismo e o sexo passou a ser associado ao pecado.

Numa época em que as mulheres eram parte das propriedades e os nobres tinham direito de deflorar as noivas deseus vassalos, surgiu na França, no século 12, o amor cortesão (ou cortês, em sua tradução mais comum), que foi imortalizado em poemas, trovas e romances sobre casais como Lancelot e Guinevere. Eis o roteiro do amor cortesão: um cavaleiro escolhe uma mulher casada, bela e distante, a quem passa a idealizar. No começo, ele apenas espia sua senhora à distância. Com o tempo, apresenta-se a ela como umhumilde servo, prometendo lealdade e bravura. O cavaleiro jura se submeter a qualquer provação imposta pela dama e, a cada teste, sobe um degrau em direção a ela. Finalmente ela lhe concede um beijo.

1.3 O amor e a razão

Com o fim da Idade Média a influência da Igreja sobre a vida das pessoas diminuiu. Nos séculos 15 e 16, a religiosidade dá espaço à razão, à ciência e à lógica. Sobre oamor e as formas de amar, o efeito do Renascimento foi uma revalorização dos desejos individuais. O casamento permanece sendo a forma encontrada por aristocratas, banqueiros e comerciantes de se associar e fechar negócios, o discurso amoroso passa a cultuar a transgressão de tais arranjos. É o exemplo de Romeu e Julieta, filhos de famílias rivais, que queriam se casar por amor e acabaram mortos deforma trágica. A idéia de que jovens casais deviam escolher seus pares, viver sozinhos e morar em sua própria casa só surgiria no século 17.

2. Livres, leves e soltos

A igualdade entre homens e mulheres e a liberação sexual têm papel definitivo na forma como amamos hoje. Os papéis que cada gênero desempenhava nas relações eróticas foram alterados e logo depois desconectaram o amor dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Uma breve historia
  • Breve historia
  • breve historia
  • Breve Historia
  • Breve Historia
  • Historia de amor
  • Historias de amor
  • Historia de amor

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!