Uma breve análise do conto ‘a terceira margem do rio’ enquanto saida pela resignificação: uma construção da identidade brasileira através da literatura

Páginas: 8 (1850 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2011
UMA BREVE ANÁLISE DO CONTO ‘A TERCEIRA MARGEM DO RIO’ ENQUANTO SAIDA PELA RESIGNIFICAÇÃO: UMA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE BRASILEIRA ATRAVÉS DA LITERATURA *
Mayara Feitosa Nogueira**
Resumo:
Este artigo apresenta um paralelo entre a Literatura e a formação da identidade brasileira e a contribuição de João Guimarães Rosa para esta, no tocante aosentido de alteridade e Desterritorialização.
Palavras-chave: Identidade nacional; Literatura; J. Guimarães Rosa; Desterritorialização.

A literatura brasileira diante do panorama político brasileiro tomou o seu papel na década de 1960, assim como a classe de artistas de uma maneira geral frente o grito de liberdade que ecoava no nosso pais, vindo de distantes terras ( Europa, EstadosUnidos), na chamada Contracultura, fora a época em que o conceito de identidade se fragmentou. Por outro lado essa efervescência cultural nos pôs diante de uma celeuma, onde a literatura a serviço da identidade, na verdade, na busca dessa se organiza em distintas funções, onde para nós as duas terão papel relevante e Bernd será de fundamental importância e a teórica a qual nos refugiaremos:

“háa função de dessacralização, de desmontagem das engrenagens de um sistema dado, de pôr a nu os mecanismos escondidos, de desmistificar. Há também uma função de sacralização, de união da comunidade em torno de seus mitos, de suas crenças, de seu imaginário, ou de sua ideologia”. (BERND 1992; 17).

Onde se entende que a dessacralização e o então redimensionamento dessa sociedade frente acostumes ora escondidos e por ora revelados (assim entende Bernd), mas por incrível que pareça serão preservados. Em Guimarães Rosa essa preservação se dá no sentido de algo que guarda tudo que é absorvido pela nossa mente, o poder de rearranjar e reconhecer as semelhanças: nossa memória. Aqui como guardião de uma memória coletiva em que a nação entra na sua narrativa, por mais que não seja algoexatamente calculado para sê-lo, assim é a obra Roseana no inconsciente coletivo mineiro e retrata ali um Brasil escondido, porém afoito: o sertanejo. Um exemplo claro de uma memória vinculada à pátria e por tanto um lugar existente.

*Artigo apresentado como requisito para a conclusão da disciplina Literatura e Identidade, ministrada pela profa. MS. Edinete Tomas, no curso de Especialização emLíngua Portuguesa e Literatura da Universidade Estadual Vale do Acarau-UVA.
**Graduada em Filosofia pela Universidade Estadual Vale do Acarau-UVA, e Especialização em Língua Portuguesa e Literatura, na mesma instituição de sua graduação.

Para Bernd a identidade é algo sempre em formação, porém existe a segmentação de conhecimento onde cada sujeito agrega em si uma fatia de memória. A literaturabrasileira, exemplificada por Rosa dá suporte a idéia de que esse sertanejo seja universal, onde suas angustias e agruras atinja a qualquer sujeito no mundo, por mais que ele nunca conhecido as terras mineiras onde ocorrem as historias roseanas.

Isso fica perfeitamente claro quando nos deparamos com o conto usado para exemplificar a questão da Desterritorialização ao passo que essa é usadapara manter acessa na lembrança no imaginário de quem lê a obra de Guimarães, para quem é brasileiro e sabe da existência dos sertanejos, tanto quanto outro sujeito que entende a linguagem metafórica Roseana como certo alento: um chamado às raízes.

Em ‘A Terceira margem do rio’ o caos é instaurado pela atitude do Pai, na mesma proporção em que a escrita de Rosa o instaura em suas narrativas. Essanarrativa fala da busca tanto quanto a linguagem do autor é permeada pela procura: da superação da barreira da palavra, da criação de uma palavra livre, independente, deslocalizada. Uma palavra que ocupa o lugar da transcendência, como ‘a terceira margem’, por meio da qual o escritor pode romper os limites entre os mundos cotidiano/metafísico.

Nesse conto, um dos caracteres ficcionais é um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Análise do conto "A terceira Margem do Rio" de Guimarães Rosa
  • Análise de "A Terceira Margem do Rio"
  • análise: A terceira margem do rio.
  • A terceira margem do rio
  • enredo do conto terceira margem do rio
  • ANÁLISE DO CONTO A TERCEIRA MARGEM DO RIO.pdf
  • ANÁLISE DO CONTO: A TERCEIRA MARGEM DO RIO DE JOÃO GUIMARÃES ROSA
  • A Terceira Margem Do Rio

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!