Uma análise semântico-pragmática do vocábulo porra

Páginas: 9 (2093 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
O VOCÁBULO PORRA NUMA ANÁLISE SEMÂNTICO -PRAGMÁTICA

Mello. Rejane Correia da Silva
FAMASUL-Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul.
FACIP-Faculdade de Ciências Sociais dos Palmares.
Professora.

RESUMO:O léxico de uma língua é muito amplo, praticamente infinito, já que, neste
grupo estão incluídos os vários tipos de linguagem: culta, coloquial, popular, jargões
profissionais,estrangeirismos,arcaísmos, neologismos, regionalismos, palavras
chulas, gírias etc. A partir daí os falantes /escritores da LP formam um vocabulário,
que é particular e traduz vários aspectos. Assim, existem vocábulos que na fala
adquirem significados/sentidos,dependendo do contexto. Isso acontece com o
vocábulo porra que é bastante utilizado pelos falantes, e carregado de intenções,
quevariam de acordo com a situação, com o receptor;além da entonação e dos
elementos extralinguisticos utilizados na fala. A Semântica, ciência do significado
faz uma análise disso tudo, tentando desvendar a plurissignificação, a mutação
semântica , a variedade vocabular e a seleção lexical dos usuários deste vocábulo.
PALAVRAS-CHAVE:Porra, Semântica, léxico, vocabulário, fala x escrita.1-CONSIDERAÇÕES INICIAIS:
O vocábulo porra é muito usado em todas as camadas sócio-culturais, em
situações diversificadas, que dependendo , pode ter vários significados/ sentidos, ou
seja, ele tem uma multiplicidade de sentido graças ao contexto, mas também, a
mudança de classe e até mesmo a questão fonética, que levam este vocábulo tanto
para o patamar de palavra chula, substantivo,ou mesmo umasimples interjeição.
Dessa forma adquire um caráter pejorativo, engraçado e até lisonjeador.

2- O CARÁTER PRAGMÁTICO DA LINGUAGEM

1

A linguagem é multifacetada e obedece a regras que podem ou não serem
seguidas pelos falantes/escritores no ato da comunicação. Estas regras são
questionadas a partir do momento em que se percebe as diferenças marcantes entre
fala e escrita, pois aquela éinformal e esta é formal, mesmo assim ambas exigem
clareza na mensagem para concretizarem ato da comunicação.Existe , então uma
adequação vocabular que envolve vários aspectos.
CARNEIRO (1993) comenta que um ato de comunicação envolve elementos
linguísticos e extralingüísticos e, para que o vocabulário empregado possa surtir o
melhor efeito, devem-se levar em conta algumas observações.
Emprimeiro lugar, não há, a priori, uma palavra melhor que a outra, sendo
todas elas igualmente válidas, desde que adequadas às circunstâncias do ato da
comunicação; em segundo lugar, para que uma palavra seja empregada de modo
adequado, é necessário levar em conta todos os elementos que participam do ato da
comunicação, ou seja, o emissor, o receptor, o canal, o código, o referente, todos
inseridosnuma situação contextual e psicossocial. A adequação da palavra aos
participantes do ato de comunicação, emissor e receptor, levam em conta não quem
são, mas a imagem deles. Desse modo, um senador da república não pode usar as
mesmas palavras de um policial, assim como um policial não pode usar as de um
senador, salvo circunstâncias de apropriação da imagem do outro. Também aqui se
deve levarem conta o uso do jargão profissional, já que cada profissão desenvolve
um vocabulário próprio de sua atividade.Assim a adequação à situação de
comunicação pode levar “a escolha de vocábulos positivos ou negativos, curtos ou
longos, regionais ou não, de vários níveis de linguagem, etc., tudo com o mesmo
objetivo de retirar os melhores efeitos do uso dos vocábulos. Como dizia Guimarães
Rosa,um vocábulo deve ser um “ cacho de sensações”.
BRAIT( 2006) explica que o diálogo fundamenta e também instrui a
consideração da linguagem em ato, que constitui e movimenta a vida sócia, que
surge como réplica social e contra a réplica que consegue antever. Guarda em
relação “a linguagem, assim entendida estreita “ adequação” . Da vida “a teoria,
diálogo, de maneira recursiva, e identificado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Analise de vocabulo
  • Pragmática
  • Breve analise do vocábulo templo,
  • Estrura e organizaçao de um jornal analise de seus aspectos semanticos
  • Vocábulos
  • Pragmatica
  • Pragmatica
  • Vocábulo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!