Um olhar sobre o olhar

Páginas: 7 (1707 palavras) Publicado: 17 de maio de 2013
TEMA: UM OLHAR SOBRE O OLHAR

Cristiane Araújo dos Santos
Aluna do Curso de Psicologia da Faculdade São BentoMosteiro de São Bento



“Mas se não existo pelo ver, não estou implicado por ele nem à vida, nem à morte. Ver nos distancia da morte, olhar nos relaciona a ela.”
(Márcia Tiburi)



1. INTRODUÇÃO
A escolha do presente tema deu-se em razão do interesse despertado a partir das abordagens e discussões em sala de aula sobre as múltiplas possibilidades do olhar e suas implicações nasinter-relações humanas. A partir de uma abordagem sistêmica sobre os processos de sensação e percepção, faremos uma reflexão sobre as diferenças entre ver e olhar e sobre a importância de reeducarmos nosso olhar/visão na atuação enquanto profissionais psicólogos.
Em nível biológico, a tarefa do sentido visual, como a de todos os sentidos, é a de receber a estimulação, convertê-la para sinaisneuronais e enviar estas mensagens para o cérebro. Os processos perceptivos envolvem níveis superiores do córtex, que estão mais relacionados com o significado. Portanto, a percepção envolve mais do que recepção e processamento de sinais luminosos. É um conquista construtiva que resulta de unificação e tendências organizacionais do sistema visual.(Atkinson)
Em nível psicológico, as sensações sãoexperiências associadas com estímulos simples e a percepção envolve a interpretação, a representação que se faz dos estímulos sensoriais.
Paim faz uso da definição de López Ibor sobre percepção, que a considera como “a apreensão de uma situação objetiva baseada em sensações, acompanhada de representações e frequentemente de juízos, num ato único, o qual somente pode ser decomposto por ser meio deanálise.”
O ser humano chega ao mundo com capacidade visual, embora rudimentar. O recém- nascido consegue enxergar aquilo que dista 20 a 30 centímetros dos olhos, porém, sem nitidez, se forem considerados os padrões adultos, embora bebês com menos de 30 dias de idade já respondam a alguns indicadores de profundidade e demonstrem algumas preferências visuais.
Davidoff faz uma analogia com o jogo dexadrez para demonstrar que as habilidades perceptivas desenvolvem-se paulatinamente. Segundo o autor, um bom jogador de xadrez olha as peças cruciais e os quadrados cruciais, vendo tudo de forma mais abrangente e competente do que o principiante ou o leigo, enquanto este talvez possa enxergar em cavaleiro que se parece com um cavalo. Uma criança pequena pode ver soldados pretos e brancos e um bebê,algo para colocar na boca. Conclui, afirmando que os observadores adultos são como mestres enxadristas, pois olham de forma mais crítica e analítica para o seu meio ambiente e, em consequência, vêm as informações principais e suas relações.
Tais analogias ilustram uma forma de compreender que as diferenças entre o ver e o olhar vão muito além do que uma distinção semântica. Enquanto o “ver” estáimplicado no sentido físico da visão, costumamos usar a expressão “olhar” para afirmar uma outra complexidade do “ver”.(Márcia Tiburi).
A nossa cultura, que hipervaloriza a visão como sentido, prioriza o mundo simbólico, representado por imagens que, ao contrário da palavra, são meras representações concretas da experiência, pois não permite questionamentos, nem oposições, não mostra conceitose sim, coisas, o que nos coloca numa posição de meros sujeitos passivos e receptores de verdadeiros modelos de comportamento, que transformam os homens em meros objetos.
O problema que se coloca, então, impõe uma urgente reflexão sobre a forma que nos colocamos diante da imagem: estamos realmente olhando para elas, ou apenas a vemos? O mundo das imagens prontas e rápidas a que estamos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Um olhar sobre...
  • Um Olhar Sobre o Olhar dos atores sociais da Grande Vitória
  • : Novos olhares sobre o endomarketing
  • UM OLHAR SOBRE A IDENTIDADE SURDA
  • Um olhar sobre a violencia virtual
  • Apartheid: Um olhar sobre a história
  • Um olhar sobre o resultado do SARESP
  • Um olhar sobre a saúde publica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!