Um estudo sobre a fundamentação da metafísica dos costumes à luz de Immanuel Kant - Filosofia - Âmbito Jurídico.

Páginas: 9 (2237 palavras) Publicado: 23 de setembro de 2014
V ocê está aqui: Página Inicial

Revista

Revista Âmbito Jur ídico

Filosofia

Filosofia
Um estudo sobre a fundamentação da metafísica dos costumes à luz de Immanuel Kant
Reno Sampaio M esquita M artins
Resumo: Estudo e análise crítica do Prefácio e Primeira Seção da obra Fundamentação da M etafísica dos Costumes, integrante da produção científica de Immanuel Kant
acerca da Ética e daM oral.
Palavras-chaves: Filosofia. Ética. M oral. Kant. Fundamentação da M etafísica dos Costumes.
Sumário: 1 – Introdução; 2 – Prefácio; 3 – Primeira Seção; 4 – Conclusão; Referências.
1. Introdução
Kant é, sem dúvida, um dos mais importantes filósofos modernos, tendo se destacado mundialmente pela introdução de modificações radicais no modo de pensar sobre
a filosofia. Kant fugiu doempirismo até então reinante, representado pela obra de David Hume, e inaugurou uma nova concepção filosófica, baseada na razão.
As principais obras de Kant são a Crítica da Razão Pura (1781), que trata sobre o conhecimento; Fundamentação da M etafísica dos Costumes (1785); Crítica da Razão
Prática (1788) e M etafísica dos Costumes (1797). As três últimas estudam a Ética e a moralidade.
Uma dasobras, em particular, que atinge hoje em dia grande destaque é a Fundamentação da Metafísica dos Costumes, considerada por muitos filósofos como a mais
importante já escrita sobre a moral.
Nesta obra Kant afirma que o que distingue o homem dos outros seres da natureza é a razão. Pretende alterar o conceito de moralidade e introduz conceitos como a
Boa Vontade. Kant considera leis morais apenas asleis universais. A ação humana, no seu entender, quando puder ser elevada a condição de universalmente aceita,
acaba se tornando uma lei moral, devendo, por razões racionais, ser observada por todos.
A obra é composta pelo prefácio e por três seções. No prefácio Kant faz rápidas pinceladas sobre o tema, sem intenção de tecer conceitos ou esgotar o tema. Nas
seções ele aborda a passagem doconhecimento vulgar para o filosófico; a transição da filosofia moral popular para a M etafísica dos Costumes; e a passagem da
M etafísica dos Costumes para a Crítica da Razão Pura Prática.
A análise que será feita no presente trabalho se restringirá apenas às duas partes consideradas mais importantes, o Prefácio e a primeira seção.
2. Prefácio
Kant inicia observando que a velha filosofia gregadivide as ciências em três partes: a Física, a Ética e a Lógica. As duas primeiras fazem parte do conhecimento dito
material, pois consideram o objeto e as leis a que estão submetidos e possuem partes empíricas e racionais. A lógica, por sua vez, faz parte do conhecimento formal,
que se ocupa do entendimento, da razão e das regras universais do pensar em geral, sem distinção de objetos. Oconhecimento formal é apenas racional, não tendo
parte prática.
O autor também comenta sobre as filosofias naturais, morais e puras (esta última seria a formal, a lógica pura). A filosofia natural estaria regida pelas leis da natureza e
poderia ser chamada também de teoria da natureza ou metafísica da natureza. É guiada pela regra do “ser”, categórico, isto é, as leis naturais não admitem exceções
oufalseamento.
A filosofia moral, por sua vez, é também conhecida como leis da liberdade ou teoria dos costumes, ou ainda, metafísica dos costumes, regrada pelo “dever ser”, pelo
hipotético. As leis morais consistem em condutas esperadas, porém não necessariamente obrigatórias, que admitem, portanto, a hipótese de descumprimento ou
relativização. Consiste no estudo da vontade do homem.
Existe,portanto, uma dupla metafísica. A metafísica da natureza e a M etafísica dos costumes. A primeira é representada pela física e possui partes empírica (princípio da
experiência) e racional bem definidas. A metafísica dos costumes é representada pela ética, que apresenta uma parte empírica, consistente na antropologia prática
(estudo do conhecimento do homem) e uma parte racional, correspondente à...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • immanuel kant fundamentação da metafísica dos costumes
  • Fundamentação da Metafísica dos Costumes Immanuel Kant
  • fundamentação da metafísica dos costumes immanuel kant
  • Immanuel kant, fundamentação da metafisica e seus costumes
  • Kant, fundamentação da metafísica dos costumes
  • A contribuição da filosofia de immanuel kant para o âmbito jurídico
  • Questões acerca da obra “a fundamentação da metafísica dos costumes” de immanuel kant
  • Livro: fundamentação da metafísica dos costumes- immanuel kant-tradução de antônio pinto de carvalho. companhia...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!