TUTORIAL5 MICC O

Páginas: 13 (3004 palavras) Publicado: 10 de setembro de 2015
Urologia
Fundamental

CAPÍTULO

2

Anatomia e
Fisiologia da Micção

Cristiano Mendes Gomes
Marcelo Hisano

UROLOGIA FUNDAMENTAL

INTRODUÇÃO
A bexiga funciona como reservatório para armazenamento e eliminação periódica da urina. Para que essas
funções ocorram adequadamente, é necessário que a
musculatura lisa vesical (detrusor) relaxe e haja aumento
coordenado do tônus esfincteriano uretraldurante a fase
de enchimento da bexiga – e o oposto durante a micção.
A coordenação das atividades da bexiga e do esfíncter
uretral envolve complexa interação entre os sistemas
nervosos central e periférico e os fatores regulatórios
locais, e é mediada por vários neurotransmissores. As
propriedades miogênicas e viscoelásticas da bexiga e da
uretra também são muito importantes para manutenção
da funçãoadequada de reservatório da bexiga. A seguir,
descreveremos aspectos fundamentais da anatomia e
fisiologia vesicoesfincterianas. O leitor interessado em
detalhes mais aprofundados pode se referir à bibliografia
recomendada no final do capítulo.

ANATOMIA
A bexiga é um órgão muscular oco, revestido internamente por epitélio transicional denominado urotélio.
Externamente ao urotélio encontram-se alâmina própria e as camadas muscular lisa e adventícia. Lâmina
própria é uma camada bem desenvolvida, ricamente
vascularizada, formada basicamente de tecido conectivo
com abundância de fibras elásticas. A camada muscular
própria da bexiga (músculo detrusor) é constituída por
fibras musculares lisas que formam feixes sem orientação definida, ramificam-se e reúnem-se livremente,
mudando de orientaçãoe de profundidade na parede da
bexiga e entrelaçando-se com outros feixes. Esse arranjo
sob a forma de malha complexa, sem formar camadas
distintas, permite que o detrusor possa contrair-se harmonicamente, comprimindo a urina em direção à uretra
proximal durante a micção. O detrusor pode ser dividido
em duas porções com base nas diferenças regionais de
sua inervação simpática: 1) a porçãolocalizada acima
dos orifícios ureterais, denominada corpo vesical, que
compreende sua maior parte e 2) a base, que incorpora
o trígono e o colo vesical.
Feixes musculares do detrusor são formados por
células musculares lisas que se organizam em fascículos
separados uns dos outros, de forma incompleta, por
septos de interstício compostos por fibras elásticas e

30

colágenas e raros fibroblastos. Por suavez, feixes detrusores são revestidos por fibras elásticas e colágenas, vasos
sanguíneos e terminações nervosas. Acredita-se que a
presença de fibras elásticas e colágenas revestindo os feixes musculares talvez seja responsável pela manutenção
da arquitetura da parede vesical e por suas propriedades
viscoelásticas, permitindo seu enchimento sem elevação
da pressão vesical. Em nível celular, cadacélula muscular
lisa é separada das outras por fibras colágenas.

INERVAÇÃO DA BEXIGA
O funcionamento da bexiga é coordenado em
diferentes níveis do sistema nervoso central (SNC),
localizados na medula, na ponte e nos centros superiores por meio de influências neurológicas excitatórias e
inibitórias que se dirigem aos órgãos do trato urinário
inferior (TUI – bexiga, aparelho esfincteriano e uretra)e da aferência sensitiva desses órgãos. Perifericamente, o
TUI é inervado por três tipos de fibras: parassimpáticas,
simpáticas e somáticas.
Inervação vesical parassimpática origina-se de neurônios localizados na coluna intermediolateral dos segmentos S2 a S4 da medula, sendo conduzida através de
fibras pré-ganglionares pelo nervo pélvico até os gânglios
no plexo pélvico. Este localiza-selateralmente ao reto
e dá origem às fibras parassimpáticas pós-ganglionares,
que se dirigem à bexiga. Algumas fibras pré-ganglionares
passam pelo plexo pélvico diretamente e fazem sinapse
com gânglios localizados na parede vesical.
Inervação eferente simpática origina-se de núcleos da
coluna intermediolateral da substância cinzenta da T10
a L2 (segmento tóraco-lombar da medula) e direcionase através...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!