Tutorial corba

Páginas: 12 (2870 palavras) Publicado: 31 de outubro de 2011
Tutorial Corba

Introdução

Este trabalho, tem como finalidade o desenvolvimento de um estudo mais detalhado de como a linguagem de programação Java utiliza a arquitetura CORBA (Commom Object Request Broker Arquiteture) e a interface IDL (Interaface Definiton Language) para desenvolvimento de aplicações Cliente / Servidor.

O que é CORBA?

O CORBA é um padrão que foi definido em 1991pela OMG (Object Management Group), uma organização que reúne cerca de 800 empresas do mundo todo, inclusive gigantes como IBM, Digital, Oracle, Sun e Sybase. O padrão CORBA é um sistema que permite que aplicações distribuídas em uma rede (local ou mesmo na internet) comuniquem-se entre si e troquem informações. Estas aplicações podem estar sendo executadas em diferentes plataformas (Intel, Sun,etc) e sistemas operacionais (Windows, Linux, Unix, etc) e podem ter  sido construídas em diferentes linguagens de programação. Utilizando o padrão CORBA é possível ter aplicações completamente distribuídas, potencialmente com cada pedaço de software sendo executado em qualquer parte da rede e em qualquer plataforma, sem que o usuário perceba que isto está acontecendo e sem que o desenvolvedorprecise se preocupar em criar soluções que resolvam os problemas de interoperabilidade entre os diferentes pedaços da aplicação. Atualmente, diversas ferramentas já suportam o padrão CORBA, como Delphi 4, JBuilder 2, Oracle 8i, Cold Fusion e C++ Builder. Uma grande vantagem de CORBA é ser um padrão diretamente suportado por empresas em todo o mundo e com dezenas de implementações disponíveis, incluindoalgumas gratuitas.
Na prática, essa padronização significa que você não precisa ficar preso a determinados fornecedores, plataformas ou produtos, como acontece quando são escolhidas soluções proprietárias.

O que é o padrão ORB?
 
O ORB é o middleware que estabelece os relacionamentos cliente-servidor entre os objetos. Utilizando um ORB, um cliente pode invocar transparentemente um métodode um objeto no servidor, que pode estar na mesma máquina ou em qualquer ponto da rede. O ORB intercepta a chamada por parte do cliente e tem a responsabilidade: localizar  o objeto que implementa a chamada,passar os  parâmetros necessários a este objeto, fazer a chamada dos métodos e retornar dos resultados. O cliente, por sua vez, não precisa preocupar-se com a localização  do objeto que estásendo invocado, na que linguagem que o mesmo foi programado ou, mesmo, no sistema operacional que está sendo utilizado. Para o cliente a única coisa que importa é a interface. Ao realizar esta tarefa, o ORB oferece uma solução para a interoperabilidade entre aplicações em máquinas diferentes em ambientes distribuídos e heterogêneos, ao mesmo tempo que interconecta múltiplos sistemas baseados emobjetos.
O segredo desta arquitetura reside na definição das interfaces, ou seja, na forma como os objetos vão interagir entre si e que serviços (métodos) estarão disponíveis. A correta definição das interfaces é, sem dúvida, o maior desafio desta arquitetura.  Geralmente, nas aplicações cliente-servidor clássicas, os desenvolvedores utilizam um protocolo próprio ou reconhecem um protocolo padrãopara estabelecer a comunicação entre  módulos. A definição do protocolo depende da linguagem de implementação, do protocolo da rede e uma dezena de outros fatores. ORBs simplificam este processo. No caso do ORB, o protocolo é definido através da aplicação de interfaces através da IDL - Interface Definition Language uma implementação linguagem independente. O ORB na realidade oferece flexibilidade.Desenvolvedores tem a liberdade de escolher o sistema operacional, o ambiente de desenvolvimento e execução de cada um dos componentes que está sendo desenvolvido. Mais do que isto, através da utilização de ORBs é possível a integração de componentes já existentes.

Alguns Exemplos
(O desenvolvimento dos exemplos que se seguem, bem como os compiladores utilizados, fazem parte do pacote do jdk...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • CORBA
  • Corba
  • Corba
  • CORBA
  • CORBA
  • TUTORIAL
  • TUTORIAL DE
  • Tutorial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!