Tudo Sobre Tudo

Páginas: 387 (96660 palavras) Publicado: 19 de março de 2014
♫ Introdução
Levando tudo em consideração

Pareceu um bastão de beisebol batendo no meu peito, mas de dentro para fora. Pontos luminosos azuis ofuscaram por instantes minha visão. Foi uma violência abrupta, sem sangue, silenciosa. Nada estava visivelmente fraturado, nada mudara a olho nu, mas a dor imobilizou o meu mundo. Continuei tocando; terminei a música. O público não sabia que meucoração dera um salto momentos antes do solo. Meu corpo contribuíra através de uma espécie de carma, lembrando-me, no palco, de quantas vezes eu o fizera dar intencionalmente um solavanco vertiginoso semelhante.
O choque brusco transformou-se rápido numa dor branda que quase pareceu boa. De qualquer modo, me senti mais vivo do que um momento antes, porque estava mais vivo. A máquina no meu coração mefazia recordar do quanto a vida é preciosa. O momento para fazê-lo foi perfeito: com uma casa cheia diante de mim, enquanto tocava minha guitarra, recebi a mensagem em tom alto e claro. Eu a ouvi algumas vezes naquela noite. E a ouvi cada vez que estive no palco durante o restante daquela turnê, embora nunca soubesse quando ela viria.
Um cirurgião instalou um cardioversor-desfibrilador implantável(CDI ) no meu coração quando eu tinha trinta e cinco anos. É um gerador a bateria de sete centímetros e meio de comprimento que foi inserido através de uma incisão na axila. Ele monitora o tempo todo os meus batimentos cardíacos, enviando choques sempre que meu coração bate perigosamente depressa ou devagar demais. Quinze anos de excesso de álcool e abuso de drogas haviam feito esse órgão incharaté chegar a um instante de explodir. Quando enfim fui hospitalizado, disseram-me que eu tinha seis semanas de vida. Passaram-se seis anos desde então, e essa máquina já salvou minha vida algumas vezes.
Aproveitei um conveniente efeito colateral que o médico não pretendera que houvesse: quando meus novos abusos fizeram com que meu coração batesse devagar demais, meu desfibrilador foi acionado,mantendo a morte longe da minha porta por mais um dia. Também dá um choque no coração para aquietá-lo quando bate depressa o bastante para causar um ataque cardíaco.
Foi bom eu tê-lo ajustado antes da primeira turnê do Velvet Revolver. Fiz isso mantendo-me sóbrio durante a maior parte do tempo, o suficiente para que a excitação de tocar com uma banda na qual eu acreditava, para fãs que tambémacreditavam em nós, me tocasse o mais profundo possível. Eu não me sentira tão inspirado durante anos. Corri por todo o palco, deleitando-me com a nossa energia coletiva. Meu coração disparava, eufórico, batendo depressa o bastante para acionar a máquina dentro de mim no palco todas as noites. Não era uma sensação agradável, mas comecei a achar bem-vindos esses lembretes. Eu os reconhecia pelo queeram. Estranhos momentos de clareza, momentos atemporais que englobavam a sabedoria de uma vida inteira, sabedoria essa conquistada a duras penas.









Pisando em brasa em Stoke-on-Trent

Nasci em 23 de julho de 1965 em Stoke-on-Tren, Inglaterra, a cidade onde Lemmy Kilmister, do Motörhead, nasceu vinte anos antes de mim. Foi o ano em que o rock and roll como o conhecemos se tornoumaior do que a soma de suas partes; o ano em que algumas bandas isoladas mudaram a música pop para sempre. Os Beatles lançaram Rubber Soul naquele ano, e os Stones, Rolling Stones nº 2, o melhor das coleções deles de covers de blues. Havia uma revolução criativa acontecendo que jamais foi igualada, e me orgulho de ser fruto dela.
Minha mãe é negra e americana, e meu pai, inglês e branco. Eles seconheceram em Paris nos anos 60, apaixonaram-se e me tiveram. O tipo de união inter-racial e intercontinental deles não era comum; e não o era tampouco a ilimitada criatividade de ambos. Eu lhes agradeço por serem quem são. Meus pais me expuseram a ambientes tão ricos, diversificados e únicos que oque vivenciei, mesmo ainda bem pequeno, me causou uma impressão permanente. Os dois me trataramde...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • tudo sobre tudo
  • Tudo sobre tudo
  • Sobre tudo
  • Tudo sobre
  • tudo sobre
  • sobre tudo
  • Tudo sobre
  • Sobre tudo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!