Tratamento de lesao do femur

Páginas: 36 (8893 palavras) Publicado: 13 de maio de 2013
Escola Superior de Tecnologias da Saúde
de Coimbra

Licenciatura em Fisioterapia







Fractura do

colo do Fémur





Terapias Manuais III















ÍNDICE





Introdução

2

Anca

3

Artrologia da anca

3

Anatomia do fémur

4

Estrutura interna do fémur

8

O que é a fractura do colo do fémur9

Epidemiologia

11

Etiologia

12

Factores de risco

13

Caso clínico

14

Exame subjectivo

16

Exame objectivo

22

Avaliação e diagnóstico

25

Padrões de Diagnóstico

25

Prognóstico

26

Tratamento

27

Conclusão

36

Referências Bibliográficas

37















INTRODUÇÃOO presente trabalho foi realizado no âmbito da unidade curricular Terapias
Manuais III, integrada no plano de estudo do 3º ano da licenciatura de Fisioterapia,
como parte da avaliação contínua desta mesma unidade curricular.

Este estudo de caso, permitirá aprofundar os conhecimentos teóricos e teórico-
práticos, adquiridos ao longo das diferentes unidades curriculares, com maior enfoquepara TM III; aumentar os conhecimentos relativos à patologia em questão; melhorar a
capacidade da realização de exame objectivo e subjectivo e determinar as técnicas de
diagnóstico e tratamento mais eficazes e com maior evidência.

O trabalho é composto, primeiramente, por uma descrição da patologia. É
apresentado um caso clínico e, a partir deste, construída a intervenção dafisioterapia
com todos os seus componentes: exame, avaliação, diagnóstico, intervenção e
prognóstico.



































quadril1.jpg
quadril2.jpg
ANCA

ARTROLOGIA DA ANCA

A artrologia da anca é constituída pela articulação coxo-femoral, caracterizada
como a mais potente articulação do corpo humano, devido às forças que seencontra
sujeita. As superfícies articulares envolvidas nesta enartrose englobam a cabeça do
fémur revestida parcialmente por cartilagem hialina cuja espessura diminui
gradualmente desde o centro até à periferia e a cavidade cotiloideia ou acetábulo
revestida por cartilagem articular cuja espessura, contrariamenre ao que acontece com
a cabeça do fémur, aumenta do centro para aperiferia(1). Esta última apresenta as
chanfraduras ílio-púbica, ílio-isquiática e ísquio-púbica e o fundo da depressão é
revestido por periósteo e tecido adiposo.



Fig.1.: Vista anterior das estruturas articulares da articulação coxo-femoral.

Fonte: NETTER, F. (2000) Atlas de Anatomia Humana, 2ª ed. Porto Alegre: Artmed



Fig.2.: Vista anterior das estruturas articulares daarticulação coxo-femoral.

Fonte: NETTER, F. (2000) Atlas de Anatomia Humana, 2ª ed. Porto Alegre: Artmed

quadril3.jpg
As duas superfícies articulares são mantidas em contacto pela cápsula articular
reforçada pelos ligamentos ílio-femoral, ísquio-femoral e pubo-femoral. O ligamento
redondo, independente e localizada no interior do complexo articular, une a cabeça
femoral à chanfraduraísquio-púbica(1).



Fig.3.: Estruturas articulares da articulação coxo-femoral.

Fonte: NETTER, F. (2000) Atlas de Anatomia Humana, 2ª ed. Porto Alegre: Artmed



A extraordinária anatomia da articulação coxo-femoral, com três graus de
liberdade, permite produzir movimentos nos múltiplos planos anatómicos: 120º de
flexão e 20º de hiperextensão segundo o plano sagital; 25º de adução e 45ºde
abdução segundo o plano frontal; 35º e 45º de rotações medial e lateral,
respectivamente, segundo o plano transverso.

A posição de menor estabilidade articular (Loose-packed position) atinge-se
aos 30º de flexão, adução e ligeira rotação lateral. Pelo contrário a posição de maior
estabilidade articular (Close-packed position) alcança-se com extensão completa,
abdução e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • lesão de femur e Pelve
  • Relato de caso tratamento por meios biofísicos de lesão causada por queimadura química
  • Fêmur
  • Fêmur
  • Femur
  • lesão
  • Lesão
  • lesão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!