TRANSTORNOS ALIMENTARES

Páginas: 13 (3003 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
Rev Bras Psiquiatr 2002;24(Supl III):3-6

Transtornos alimentares: fundamentos
históricos
Eating disorders: historical background
Táki Athanássios Cordása e Angélica de Medeiros Claudinob
a
Ambulatório de Bulimia e Transtornos Alimentares do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de
São Paulo. Departamento de Psiquiatria da Universidadede São Paulo. São Paulo, SP, Brasil. bPrograma de Orientação e Assistência aos Transtornos
Alimentares do Departamento de Psiquiatria da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil

Resumo
Descritores
Abstract
Keywords

Os autores fazem uma breve revisão dos aspectos históricos dos transtornos alimentares. Possíveis correlações
psicopatológicascom os conceitos diagnósticos atuais são discutidas.
Anorexia nervosa. Bulimia nervosa. História.
The authors make a brief review of the historical aspects of eating disorders. Possible correlations with
modern psychopathological aspects are commented.
Anorexia nervosa. Bulimia nervosa. History.

Introdução
Os transtornos alimentares são freqüentemente considerados quadros clínicos ligadosà modernidade, na medida que ao
avanço da mídia nas últimas décadas tem se dado papel de
relevância quase casual.
Uma breve revisão histórica evidencia a existência dessas
patologias ao longo do tempo e retoma a velha discussão
psicopatológica do essencial e do acessório, do patogenético e
do patoplástico, enfim das relações entre a doença e a cultura.
Anorexia Nervosa
Etimologicamente, otermo anorexia deriva do grego “an-”,
deficiência ou ausência de, e “orexis”, apetite. Também significando aversão à comida, enjôo do estômago ou inapetência, as
primeiras referências a essa condição surgem com o termo
fastidium em fontes latinas da época de Cícero (106-43 aC.) e
vários textos do século XVI. Já a denominação mais específica
“anorexia nervosa” surgiu com William Gull a partirde 1873,
referindo-se à “forma peculiar de doença que afeta principalmente mulheres jovens e caracteriza-se por emagrecimento
extremo[...]” cuja “falta de apetite é [...]decorrente de um estado mental mórbido e não a qualquer disfunção gástrica[...]”.1 Atualmente o termo “anorexia” não é utilizado em seu
sentido etimológico para a “anorexia nervosa”, visto que tais
pacientes não apresentam realperda de apetite até estágios
mais avançados da doença, mas sim uma recusa alimentar deliberada, com intuito de emagrecer ou por medo de engordar.2

Durante a idade média, as práticas de jejum foram compreendidas como estados de possessão demoníaca ou milagres
divinos. Em seu livro “Holy Anorexia”, Bell3 (1985) relata o
comportamento anoréxico realizado por 260 santas italianas
(que teriamvivido entre 1200 e 1600) aparentemente em resposta à estrutura social patriarcal a qual estavam submetidas,
e conhecido como “anorexia sagrada”. Pela supressão de necessidades físicas e sensações básicas (como cansaço, impulso sexual, fome e dor) elas pareciam liberar o corpo e alcançar metas espirituais superiores, porém às crenças religiosas
pareciam se misturar a outras intenções das jovens,como a
perda dos atrativos femininos. Bastante conhecido é o caso
de Santa Catarina de Siena que aos 15 anos, após a morte de
sua irmã (parturiente) e diante de projetos futuros de casamento, iniciou restrição alimentar, preces e práticas de autoflagelamento, chegando a induzir vômito através de ervas e
galhos na garganta quando forçada a alimentar-se. Catarina
havia feito um voto decastidade quando ainda era criança. A
inanição haveria gerado um estado psicológico de constante
vigília e experiências místicas, vindo a falecer de desnutrição
aos 32 anos.
Embora não se possa afirmar que a atual concepção de
anorexia nervosa esteja relacionada aos casos de “anorexia sagrada”, em virtude de documentação falha e incerteza quanto
às reais motivações, sentimentos e crenças das...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Transtornos alimentares
  • transtorno alimentar
  • Transtornos alimentares
  • transtornos alimentares
  • Transtorno Alimentar
  • Transtornos alimentares
  • Transtorno Alimentar
  • Transtornos alimentares

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!