transporte de paciente

Páginas: 5 (1099 palavras) Publicado: 24 de setembro de 2013
ASSEPSIA E MEDIDAS UTILIZADAS PARA CONTROLE OU ELIMINAÇÃODE AGENTES INFECCIOSOS












SOROCABA
2013




ASSEPSIA E MEDIDAS UTILIZADAS PARA CONTROLE OU ELIMINAÇÃODE AGENTES INFECCIOSOS




ATPS





SOROCABA
2013ASSEPSIA E MEDIDAS UTILIZADAS PARA CONTROLE OU ELIMINAÇÃODE AGENTES INFECCIOSOS


Trabalho de ATPS

A banca examinadora dos trabalhos de conclusão em sessão pública realizada em _/_/_ considerou (a) candidato (a).
1) examinador (a)
(2) examinador (a)
(3)presidente





SOROCABA
2013
Resumo
A grande redução de doenças infecciosas que ocorreu no final do século XIX e no início do século XX resultou pela compreensão que os microrganismo causadores das doenças podem ser controladas por meio de assepsia.
A várias formas antissépticas, usamos os agentes químicos e desinfetante para área externa ao corpo, o uso de agentes químicos como osantissépticos sobre objetos inanimados e na superfície corporal, e o uso de agentes quimioterapeuticos como os antibióticos para agir dentro do corpo.
As principais categoria da pratica da assepsia é a clínica e a cirúrgica na assepsia clinica conhecido como técnica limpa, seu objetivo é reduzir o número de potagenos existentes e contaminação de um lugar para o outro, essa assepsia inclui em seuprocedimento lavagem das mãos, uso de luvas, uso de aventais e desinfecção.















Lista de ilustrações


Figura 1 – Gráfico...........................................................................22





















Sumário
1 INTRODUÇÃO..............................................................................................131 INTRODUÇÃO:
Este trabalho tem por objetivo informar e orientar sobre a importância da assepsia e na prevenção de infecção não só ambiente hospitalar mais em ambiente.
Assepsia são um conjuntos de medidas que praticadas corretamente nos auxiliam muito nesta praticas, à lavagem das mãos reduz em quase 99% na transmissão de infecção hospitalar, e é o procedimento mais simples e eficaz naprevenção e controle das infecções relacionadas à assistência à saúde. Contudo, a adesão a esta prática é excessivamente baixa. Considera-se a infraestrutura inadequada dos serviços de saúde um dos fatores relacionados à baixa adesão. Diante disso, conduziu-se um estudo observacional e transversal para avaliar a infraestrutura hospitalar para a prática da higienização das mãos é um procedimento maissimples e eficaz na prevenção de controle das infecções.¹

















2 Praticas assépticas:
As bactérias e fungos são os grandes responsáveis pelas as contaminações e infecções mais conhecidas.
Com as práticas assépticas são possíveis remove-los no meio ambiente e ficarmos livres da contaminação.²




2.1 Assepsia cirúrgica:
Assepsia cirúrgica e totalmente estéril,não podendo haver nenhum contato com microrganismos os profissionais tem que usar as práticas assépticas.
Para ser estéril um objeto tem que estar totalmente isento de todos os microrganismos.³
Essa técnica é usada para impedir que pacientes sejam contaminados durante a cirurgia ou qualquer outro procedimento que irá adentrar algum objeto que pode lesionar as mucosas, e: inserção decateter IV, injeções, cateterismo urinário, rigação de tubos de drenagem entre outros incluindo todos os procedimentos cirúrgicos.


2.2Lavagem das mãos:
As mãos são um meio de transporte favorito dos microorganismo que forma uma flora transitória, até que as mãos estejam completamente limpas.
Estudos demonstram que a lavagem das mãos reduz as infecções hospitalares entre 10 a 60%(Larson &...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Transporte de pacientes
  • TRANSPORTE DO PACIENTE
  • O Transporte do Paciente
  • Transporte paciente
  • Transporte do paciente
  • Transporte de paciente crítico
  • MOVIMENTAÇÃO E TRANSPORTE DE PACIENTES
  • Perfil epidemiologico de pacientes atendidos pelo serviço de transporte aeromédico no estado do pará

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!