Trabalho sociologia: notícias sobre a sociedade hodiernamente.

Páginas: 38 (9277 palavras) Publicado: 21 de maio de 2012
DO CONTRATO SOCIAL
LIVRO I
CAPÍTULO I
Objeto do primeiro livro
No capítulo I, Rousseau indica que entrou nessa matéria sem provar a importância do assunto. Mas consegue transmitir que o homem nasce livre, mas perde essa liberdade original. A ordem social não seria advinda da natureza, senão de onde todos se fundamentariam. Esta ordem funda-se em convenções e não existe na natureza.CAPÍTULO II
Das primeiras sociedades
A única sociedade natural e a mais antiga é a família. Que forma-se por pais e filhos, o pai tem o dever de cuidar dos filhos até que se tornem independentes e os filhos ficam com o dever de ser obedientes ao seu pai. Reentram todos igualmente na independência, se continuam a permanecer unidos, já não sendo natural, mas sim voluntária, e a própria família apenas semantém.
Rousseau faz uma analogia tendo o pai como imagem de chefe e os filhos assemelhando-se à imagem do Povo. A diferença é que no Estado, o governante não ama o povo, mas tem prazer em governar. Exemplos de filósofos como: Calígula, Hobbes, Grócio, Aristóteles, falaram dando a entender que a desigualdade é natural, e alguns nascem para governar, e outros para serem governados.
CAPÍTULO IIIDo direito do mais forte
Segundo Rousseau, nunca o mais forte o é tanto para ser sempre sonhor, se não tranforma a força em deiro, e em dever a obediência, ou seja, o mais forte se não transformar sua força em direito e a obediência em dever nunca será o senhor.
A força não produz direito, pois é uma potência física. Se obedecer às potências quer dizer que ceder a força o preceito só serábenéfico, quando for necessário. Afirma-se, que o mais forte sempre tem razão, tendo-lhe o direito de permanecer sempre forte, então se é preciso obedecer pela força, não é necessário obedecer por dever, e se não estiver obrigação de obedecer forçadamente, não é obrigado a obedecer. Entende-se então que a palavra direito não é válida à força, não significando coisa alguma.
CAPÍTULO IV
Daescravidão
Alienar é dar ou vender ,ou seja, nenhum homem possui autoridade sobre seu semelhante e como a força não produz nenhum efeito restam as convenções como base de toda autoridade legítima entre os homens. Um homem que se torna escravo de um outro ele não se dá, ele se vende por sua sobrevivência. O senhor não tem compromisso algum com o escravo, e o escravo deve obedecer ao senhor enquanto forçadoa isso. Ceder à força não é um dever. A desigualdade surge com a força, que é transformada em direito.
É da relação das coisas e não das relações pessoais que nasce o estado de guerra, na qual os indivíduos particulares são inimigos apenas acidentalmente. A guerra é uma relação entre os estados e não uma relação entre os homens.
Rousseau analisa o direito de conquista, que vem do mais forte.Com a palavra direito e escravatura são excluidas mutuamente, tendo em vista, nulo o direito de escravizar.
CAPÍTULO V
É preciso remontar sempre a um primeiro convênio
Rousseau vê num rei e seu povo, o senhor e seus escravos, pois o interesse de um só homem será sempre o interesse privado, ou seja, seus interesses serão sempre pra ele mesmo (pessoal), separados dos outros. Há diferença entresubmeter uma multidão e governar uma sociedade, na qual, não se vê um senhor e seu escravo, tanto quanto um chefe e seu povo. Um povo entregaça-se a um rei, pois antes deverão examinar o ato pelo qual o povo elege um rei, ou melhor, seria bom examinar o ato pelo o povo ser povo, pois para eleger um rei supõe-se uma deliberação pública, sendo assim muito melhor o funcionamento da sociedade.
CAPÍTULOVI
Do pacto social
Os seres humanos não podem criar novas forças, mas apenas unir e direcionar as já existentes.Os homens para se conservarem, se agregam e formam um conjunto de forças com único objetivo. No contrato social, os bens são protegidos e a pessoa, unindo-se às outras obedecem a si mesmo, conservando a liberdade. O pacto social poderia ser resumido, então, nos termos que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Noticia sobre trabalho
  • Sociologia
  • A SOCIEDADE PUNITIVA TRABALHO SOCIOLOGIA
  • Trabalho de sociologia
  • trabalho de sociologia Sociedade
  • Trabalho De Sociologia: O trabalho nas diversas sociedades
  • Trabalho sobre sociedade e curriculo
  • Trabalho de sociologia sobre a violencia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!