Trabalho sobre engenharia genética

Páginas: 7 (1579 palavras) Publicado: 28 de março de 2012
Introdução

Enquanto pesquisávamos sobre engenharia genética, uma coisa nos chamou a atenção: “Posso escolher o sexo do meu bebê?”, era uma pergunta na internet, cuja resposta era “sim”.
Atualmente, graças ao avanço da engenharia genética, existem técnicas que permitem que os pais escolham o sexo de seu bebê. Para que isto ocorra, há dois caminhos, ou melhor, métodos, para que antes da faseembrionária ou até antes da fecundação, seja determinado, por meio da manipulação genética, o sexo do bebê.
Quando falamos nesta escolha já pensamos em tecnologias, inovações e coisas modernas. Isto nos leva a pensar também para onde estamos caminhando com a engenharia genética, onde vamos chegar.
Neste trabalho vamos abordar os dois métodos buscando discuti-los de acordo com a nossa visão deética e bioética, pois é um assunto muito polêmico nos dias de hoje.
É importante dizer, que estes procedimentos ainda não se popularizaram por serem muito recentes e de difícil acesso monetário. Justamente por isso, acreditamos que é necessária uma discussão em torno do assunto para compreendê-lo e analisá-lo com embasamento teórico, científico e conceitual e, assim, podermos criticá-lo e/ouapoiá-lo.



Metodologia

Como foi dito anteriormente, existem dois diferentes métodos de engenharia genética para a realização da escolha do sexo do bebê. Estes métodos têm como base a fertilização in-vitro, na qual a fertilização do óvulo pelo espermatozóide ocorre fora do corpo da mãe, ou seja, em laboratório, onde os óvulos são fertilizados por espermatozóides em tubos de ensaio, como vemos nafigura a baixo.
O embriologista identifica e classifica a maturidade dos óvulos- que podem ser determinados como imaturos (em prófase), metáfase I, metáfase II (maduros). Os óvulos maduros ficam em cultura durante cerca de três horas e depois são inseminados. Entre quinze e dezenove horas depois da inseminação, os óvulos são examinados com o auxílio de um microscópio, buscando sinais defertilização, como a presença dos pró-núcleos masculino e feminino. Vinte e quatro horas depois, observando a presença de pré-embriões divididos em duas células, ocorre a transferência do óvulo fecundado para o útero.
O que determina o sexo do bebê é o espermatozóide, assim, uma das técnicas para a escolha do sexo do embrião consiste em selecionar os espermatozóides que irão fecundar os óvulos. Existemespermatozóides femininos e masculinos como mostra a imagem ao lado.



O espermatozóide masculino que carrega o cromossomo Y é mais leve, menor e se movimenta de maneira mais ágil, porém é mais fraco e ser mais suscetível à morte. Já o espermatozóide feminino que carrega o cromossomo X é mais pesado, maior e lento. Em laboratório, é escolhida a fração de esperma onde há mais espermatozóides dosexo desejado pelos pais. Esta técnica seleciona os gametas, antes de haver um embrião.
Já, o segundo método, conhecido como DGPI (diagnóstico genético pré-implantatório), realiza a fertilização in-vitro normalmente, sem selecionar os espermatozóides. Três dias depois é retirada uma célula dos embriões para analisar seus sexos e, assim, implantar no útero materno apenas o embrião do sexoescolhido.


Discussão
No primeiro método, no qual ocorre a separação dos espermatozóides, a fecundação ocorre depois da interferência clínica, não havendo a necessidade de eliminar um embrião. O segundo método, DGPI, por outro lado, faz a fecundação para depois selecionar os embriões do sexo desejado, ou seja, eliminando os indesejáveis.
Sendo assim, cabe aqui uma discussão a respeito do quãoéticos são esses métodos. A técnica de separação dos gametas é aceita pelo Conselho Federal de Medicina e o DGPI é contrário às normas éticas do país.
O DGPI é utilizado em casos de infertilidade do casal ou para evitar a propagação de doenças genéticas, incluindo doenças relacionadas ao sexo, como a hemofilia e a Síndrome de X frágil.
Há vários pontos de vista a esse respeito. Em relação...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Mercado de trabalho-Engenharia Genetica
  • Trabalho de genética sobre Reparação
  • Trabalho de genética sobre pcr
  • trabalho sobre genética populacional
  • trabalho sobre deonças geneticas
  • trabalho sobre doenças genéticas
  • Trabalho sobre engenharia
  • Trabalho de engenharia sobre pontes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!