Trabalho interdisciplicar Técnico em Análises Clínicas - Pré Natal

Páginas: 16 (3983 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
1 INTRODUÇÃO
O pré-natal é um acompanhamento médico que toda gestante deve ter a fim de manter a integridade das condições de saúde da mãe e do bebê. Durante toda gravidez são realizados exames laboratoriais que visam identificar e tratar doenças que podem trazer prejuízos à saúde da mãe e/ou da criança. A função básica do pré-natal é, portanto, promover uma gestação tranquila para a mãe e onascimento de um bebê saudável.
A atenção obstétrica e neonatal, prestada pelos serviços de saúde, deve ter como características essenciais à qualidade e a humanização. É dever dos serviços e profissionais de saúde acolher com dignidade a mulher e o recém-nascido, enfocando-os como sujeitos de direitos.
Uma atenção pré-natal qualificada e humanizada se dá por meio da incorporação de condutasacolhedoras e sem intervenções desnecessárias; do fácil acesso a serviços de saúde de qualidade, com ações que integrem todos os níveis da atenção: promoção, prevenção e assistência à saúde da gestante e do recém-nascido, desde o atendimento ambulatorial básico ao atendimento hospitalar para alto risco.
Para que seja possível o monitoramento da atenção pré-natal, de forma organizada e estruturada,foi disponibilizado pelo DATASUS um sistema informatizado, SISPRENATAL, de uso obrigatório nas unidades de saúde e que possibilita a avaliação da atenção a partir do acompanhamento de cada gestante.
O momento ideal para iniciar o pré-natal é quando o casal decide engravidar, lembrando que muito antes isso a mulher já deve ter o hábito de visitar o ginecologista para manter seu aparelhoreprodutivo livre de qualquer doença que possa comprometer sua fertilidade.
Sabe-se que pelo menos metade das gestações não são inicialmente planejadas, embora possam ser desejadas. Entretanto, em muitas ocasiões, o não planejamento deve-se à falta de orientação, ou de oportunidade para a aquisição de um método anticoncepcional, e isso ocorre comumente com as adolescentes. Faz-se necessário, portanto, aimplementação da atenção em planejamento familiar, num contexto de escolha livre e informada, com incentivo à dupla proteção (prevenção da gravidez e do HIV e outras DST), nas consultas médicas e de enfermagem, nas visitas domiciliares, durante as consultas de puericultura, puerpério e nas atividades de vacinação.
A regulamentação do planejamento familiar no Brasil, por meio da Lei n.º 9.263/96,foi conquista importante para mulheres e homens no que diz respeito à afirmação dos direitos reprodutivos. Conforme consta na referida Lei, o planejamento familiar é entendido “... como o conjunto de ações de regulação da fecundidade que garanta direitos iguais de constituição, limitação, ou aumento da prole pela mulher, pelo homem, ou pelo casal” (art. 2).
A atenção em planejamento familiarcontribui para a redução da morbimortalidade materna e infantil, pois, diminui o número de gravidezes não desejadas e de abortamentos provocados, o número de cesáreas realizadas para fazer a ligadura tubária, o número de ligaduras tubárias por falta de opção e acesso a outros métodos anticoncepcionais, aumenta o intervalo interpartal, contribuindo para diminuir a frequência de bebês de baixo peso epara que os bebês sejam adequadamente amamentados, possibilita a prevenção e/ou postergação de gravidez em mulheres adolescentes, ou com patologias crônicas, tais como diabetes, cardiopatias, hipertensão, portadoras do HIV, entre outras.
O Ministério da Saúde salienta a importância do pré-natal e incentiva todas as mães a buscarem o atendimento gratuito no Sistema Único de Saúde (SUS).

1.1Diagnóstico da gravidez
O diagnóstico de gravidez baseia-se na história, no exame físico e nos testes laboratoriais. Frente a uma amenorréia ou atraso menstrual, deve-se, antes de tudo, suspeitar da possibilidade de uma gestação. Na prática, para as mulheres que procuram os serviços com atraso menstrual que não ultrapassa 16 semanas, a confirmação do diagnóstico da gravidez pode ser feita pelo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Relatório de técnico em análises clínicas
  • Relatório Técnico
  • Tecnico em analises clinicas
  • Tecnico de analises clinicas
  • Analises clinicas fase pre analitica
  • Atribuições do técnico em laboratório de análises clínicas
  • codigo de etica do tecnico em analise clinicas
  • Tcc de tecnico em laboratorio de analises clinicas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!