Trabalho de Controle de Infecçao e Limpeza Ambiental‏

Páginas: 11 (2517 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014


















































INTRODUÇÃO


A limpeza hospitalar é uma das medidas eficazes de prevenção e controle para romper a cadeia epidemiológica das infecções. A disseminação de vírus, de micobactérias e de diversos fungos se dá através do ar, da água e das superfícies inanimadas. A limpeza e a desinfecção com umdesinfetante são eficazes em reduzir a infecção cruzada, veiculada pelo ambiente.
A água por si só, não faz a limpeza de forma eficiente, ela não é bem absorvida pela superfície onde é aplicada (formação de gotas). Para melhorar a eficiência da água na remoção da sujeira adicionam-se a ela substâncias, como o detergente ou detergente, de tal modo que ela se espalhe, promovendo o contato mais íntimocom a superfície a ser limpa.
As paredes, janelas, portas e tetos têm pouca relação com a transmissão de infecção hospitalar.
A limpeza de rotina é necessária, mas não exige uma freqüência tão grande como o piso, o mobiliário e os equipamentos. Deve ser estabelecida uma rotina de limpeza periódica, de acordo com a área hospitalar em que se encontram e sempre que houver sujidade visível.FINALIDADES DO SERVIÇO DE HIGIENIZAÇÃO E LIMPEZA
A principal finalidade do Serviço de Higienização e Limpeza é preparar o ambiente, manter a ordem, proporcionando maior segurança favorecendo o bom desempenho das ações a serem desenvolvidas, melhorando assim, a qualidade dos serviços.

O SHL tem como principais finalidades:
Manter o ambiente limpo;Prevenir infecções hospitalares;
Conservar equipamentos;
Prevenir acidentes de trabalho.

CLASSIFICAÇÃO DAS ÁREAS HOSPITALARES
Para facilitar o discernimento entre a necessidade de limpeza ou desinfecção, o ambiente hospitalar foi classificado de acordo com o risco de contaminação em áreas: Críticas, Semicríticas e Não-Críticas.
Áreas Críticas:
São aquelas onde há maior reunião de pacientes graves(baixa resistência), maior número de procedimentos invasivos e, portanto, maior número de infecções:
Centro Cirúrgico;
Unidade de Tratamento Intensivo (UTI);
Quartos de isolamento;
Salas de pequenas cirurgias;
Unidade de Transplante;
Berçário;
Hemodiálise;
Laboratórios;
Banco de Sangue;
Lavanderia (área suja).
Áreas Semicríticas:
São aquelas onde os pacientes se encontram internados,mas com risco de transmissão de infecção menor:
Enfermarias em geral;
Ambulatórios;
Pronto Atendimento;
Banheiros.
Áreas não Críticas:
São todas as áreas hospitalares onde não há risco de transmissão de infecção, não ocupadas por
pacientes, ou destinadas a exames clínicos:

Almoxarifado;
Diretoria;
Coordenação de Ensino e Pesquisa;
Departamento de Pessoal;
Recepções;
Salas de aula;Serviços de apoio: Raios-X, CCIH, Comissão de Prontuário, etc;
Setores Administrativos em geral;

Frequência da Limpeza:
Em áreas críticas, duas vezes ao dia (ao iniciar os plantões) e quando necessário;
Em áreas semicríticas uma vez ao dia e quando necessário;
Em áreas não-críticas uma vez ao dia e quando necessário;



LIMPEZA E DESINFECÇÃO DE AMBIENTE:

Independente da área a serhigienizada, é fundamental que haja remoção mecânica da sujidade ou da matéria orgânica. É importante diferenciar os termos limpeza e desinfecção, para evitar confusões que possam comprometer o processo de desinfecção.

Limpeza/lavagem: é a remoção de sujidade do piso, de paredes, teto, mobiliários e equipamentos, utilizando-se água e detergente. Esse processo é fundamental para que adesinfecção se processe adequadamente. A limpeza mecânica com detergente elimina 80% dos microrganismos e os desinfetantes químicos eliminam cerca de 90% a 95% destes.

Desinfecção: é o processo de destruição de microrganismos patogênicos na forma vegetativa existente em superfícies inertes, mediante a aplicação de agentes químicos ou físicos.


Tipos de Limpeza:
Limpeza Concorrente: é realizada...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Limpeza do Ambiente Como Medida de Controle de Infecção Hospitalar
  • Controle de infecção
  • controle de infecção
  • Controle de infecção
  • Prevenção e controle de Infecção Hospitalar
  • controle e prevenção de infecção
  • Farmacia e o controle da infecção hospitalar
  • Controle de Infecção Hospitalar

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!