Trabalho com grupos terapêuticos em saúde mental.

Páginas: 8 (1905 palavras) Publicado: 19 de novembro de 2014
O trabalho do psicólogo com grupos terapêuticos em uma clínica de saúde mental.

Resumo
O objetivo deste trabalho foi expor como é realizado o trabalho com grupos terapêuticos em saúde mental. Nesse contexto, as clínicas e hospitais especializados nesta área surgem como um dos dispositivos de cuidado nesta especialidade, abrindo espaço para a angústia, dor e a escuta do sofrimento daspessoas, considerando a singularidade dos sujeitos nas instituições de saúde mental. Esta pesquisa de campo também teve como objetivo mostrar como é o trabalho de um psicólogo no serviço de saúde mental e assim apresentado como resultado a importância da atuação deste profissional de forma inovadora e criativa a cada encontro com seu grupo, sem deixar de lado os aspectos teóricos e técnicos de suasatividades.
Palavras chave: Saúde Mental, Grupos, Técnica, Reflexão.

Introdução
As oficinas terapêuticas enquanto dispositivos da atual política de Saúde Mental do Brasil, visa promover a cidadania das pessoas com sofrimento mental, buscando a reinserção social reabilitando o sujeito para a vida. Este trabalho buscou por meio de pesquisa de campo e revisão bibliográfica refletir sobre aimportância das oficinas terapêuticas na reabilitação psicossocial do indivíduo com sofrimento mental. E assim pode-se evidenciar a relevância das oficinas no processo de reabilitação tanto no âmbito da saúde mental, no social e na convivência. Tal reflexão nos permite refletir sobre a contribuição das oficinas no processo de reabilitação psicossocial.
Foram realizadas duas visitas técnicas na Clinica SãoBento Menni na cidade Divinópolis – MG com o intuito de conciliar a teoria sobre grupos terapêuticos ministrada em sala de aula com a prática do profissional da psicologia no âmbito da saúde mental a assim proporcionando uma visão mais ampla do trabalho com grupos terapêuticos e a importância das oficinas dos grupos terapêuticos.

Desenvolvimento
Pichon- Rivière (1998) define o grupo como oconjunto de pessoas, ligadas no tempo e no espaço, articuladas por sua mútua representação interna, que se propõem explícita ou implicitamente a uma tarefa, interatuando para isto em uma rede de papéis, com o estabelecimento de vínculos entre si. Portanto o grupo operativo age então de forma a fornecer aos participantes, através da técnica operativa, a possibilidade de explorar suas fantasias básicas,criando condições de mobilizar e romper suas estruturas estereotipadas. Daí a importância da analise do vinculo no estudo da interação grupal.
A respeito dos conceitos de papel e vinculo, Pichon (1991) afirma que esses conceitos se entrecruzam e por isso uma terapia centrada nesse sentido deve abordar tanto a estrutura do vinculo, como os diversos papeis, os quais terapeuta e paciente seatribuem. . Logo, o papel se inclui na situação do vínculo. Ele se caracteriza por ser transitório e possuir uma função determinada, a qual pode aparecer em uma determinada situação e em cada pessoa de forma particular. Ou seja, a forma como lidamos com determinados contextos concretos influenciará a nossa atitude; de uma maneira mais simples as várias formas de lidarmos com os problemas, a isso Pichonatribui a denominação de papéis.Dessa forma, para Pichon o papel do coordenador no grupo operativo é o de " coopensor", isto é aquele que pensa junto com o grupo, ao mesmo tempo que integra o pensamento grupal, facilitando a dinâmica da comunicação grupal.
Portanto a Teoria do Vínculo, Pichon considera o indivíduo como uma resultante dinâmica, não da ação dos instintos e objetos interiorizados,mas sim do interjogo estabelecido entre sujeito e os objetos internos e externos por meio de uma interação dialética, a qual pode ser observada através de certas condutas.
Nas visitas técnicas realizadas na Clínica São Bento Menni, podemos observar como a técnica do grupo operativo e a teoria do vínculo é colocada em práticas através do trabalho terapêutico com os pacientes que se encontram...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • DESENVOLVIMENTO DE GRUPO TERAPÊUTICO COMO ESTRATÉGIA EDUCATIVA EM SAÚDE MENTAL
  • Projeto terapêutico de saúde mental
  • Plano terapêutico de enfermagem em saúde mental
  • O potencial terapêutico da expressão artística na saúde mental
  • Saude mental e trabalho
  • saúde mental e trabalho
  • Saúde Mental e Psicologia do Trabalho
  • Saúde mental e trabalho

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!