Trabala

Páginas: 7 (1608 palavras) Publicado: 2 de dezembro de 2014

Definição de Vetores e a sua utilização na solução de problemas de armazenamento de valores de mesmo tipo.

Vetores
Um vetor é uma seqüência de vários valores do mesmo tipo, armazenados seqüencialmente
na memória, e fazendo uso de um mesmo nome de variável para acessar esses valores. Um
vetor também pode ser entendido logicamente como uma lista de elementos de um mesmo
tipo.
Cadaelemento desta seqüência pode ser acessado individualmente através de um índice
dado por um número inteiro. Os elementos são indexados de 0 até n-1, onde n é a
quantidade de elementos do vetor. O valor de n também é chamado de dimensão ou
tamanho do vetor. O vetor tem tamanho fixo durante a execução do programa, definido na
declaração. Durante a execução não é possível aumentar ou diminuir o tamanhodo vetor.
Note que a numeração começa em zero, e não em um. Essa é uma fonte comum de erros.
A Figura 1 ilustra um vetor com 10 elementos, denominados v0, v1, … v9, todos eles de tipo
int.

É importante saber que os elementos do vetor são armazenados sequencialmente na
memória do computador. Se cada valor de tipo int ocupar 4 bytes de
memória, teremos 40 bytes consecutivos reservados namemória do computador para
armazenar todos os valores do vetor. No entanto, por ora, não faremos uso explícito dessa
informação, uma vez que o compilador se encarregará de endereçar cada elemento do vetor
automaticamente, conforme as necessiades do programador.












Implementação de Vetores e Matrizes em Linguagem C.

Na linguagem C, todos os vetores têm um tamanho fixo, eque não pode variar durante a
execução do programa. Mas como proceder quando o tamanho do vetor não pode ser
previsto até o momento da execução?
Considere um programa que lê n valores e os armazena no vetor. O valor n é informado
pelo usuário durante a execução do programa. A linguagem C não oferece recursos para se
declarar um vetor cujo tamanho se ajuste automaticamente ao número n deelementos.
A solução mais simples é declarar o vetor com o tamanho máximo necessário para tratar o
pior caso. O número de elementos realmente utilizado ficará armazenado em uma outra
variável. Uma abordagem mais flexível será apresentada mais tarde, utilizando alocação
dinâmica de memória, mas esta é uma técnica mais complexa.
Continuando o exemplo, vamos supor que foi utilizado algum critério paradescobrir que o
vetor nunca precisará armazenar mais do que 100 elementos.
int valores[100];
int numero_elementos;
Para imprimir todos os elementos do vetor, procedemos como antes, utilizando uma
estrutura de repetição for. Mas, ao invés de utilizar o tamanho máximo como condição de
parada, comparamos o índice com o tamanho dado pela variável numero_elementos.
for (indice = 0; indice printf("%d", vetor[indice];
}
Apesar do número de celas do vetor que estamos usando ser “variável” (o número é dado pelo conteúdo da variável numero_elementos) a capacidade máxima do vetor foi declarada como 100 elementos. O programa precisa garantir que a quantidade de elementos
utilizada nunca extrapole o número máximo de elementos declarados para o vetor. Casocontrário, o resultado da execução do programa será imprevisível! A não verificação do
valor usado como índice em um vetor é uma das causas mais freqüentes de falha de
software e violação de segurança.

A noçao de matriz é a generalização imediata da noção de vetor. Uma matriz é uma tabela
de vários valores do mesmo tipo, armazenados seqüencialmente e fazendo uso de um
mesmo nome de variávelpara acessar esses valores.
Cada elemento da tabela pode ser acessado individualmente através de dois índices com
valores inteiros. Estes índices poderiam ser interpretados como a linha e a coluna da matriz.
A linguagem C define uma matriz como um vetor, cujos elementos são novamente vetores
de mesmo tamanho e tipo. Na verdade, o número de linhas corresponde ao número de
elementos do vetor...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!