TRÊS OLHARES SOBRE A MUDANÇA LINGÜÍSTICA*

Páginas: 17 (4141 palavras) Publicado: 17 de novembro de 2013
Letras & Letras, Uberlândia, 20 (2) pp.57-73, jul./dez. 2004

TRÊS OLHARES SOBRE A MUDANÇA LINGÜÍSTICA*

Jacqueline de Sousa Borges de Assis**

ABSTRACT: The linguistic change has been approach for several theoreticians since the XIX century. This work brings a parallel among the
presupposed of three different currents from Linguistics of the XX century. Despite the abstract-proceduraldivergences, it is possible make
evident that, if under some aspects, the Sociolinguistics compatibility
with the Generative Grammar, under anothers it correlates with the concept of deriva of Sapir. The most clear variances among these theories
didn’t prevent that general points might be brought afloat.

1. Introdução
O fato de as línguas mudarem com o passar do tempo tem sido
analisado porvários teóricos sob diversas perspectivas, desde o século XIX,
quando teve início a Lingüística Histórica e Comparada.
Com este artigo pretende-se estabelecer uma correlação entre
conceitos e pressupostos teóricos de três correntes da Lingüística do século
XX que se propuseram estudar a mudança, quais sejam, o conceito de Deriva
de Sapir, a Sociolingüística laboviana e a Gramática Gerativa,visando apontar
similaridades e divergências quanto à forma de ver a mudança lingüística
por diferentes perspectivas. Lançaremos, assim, três olhares sobre a Mudança Lingüística.
2. Breve incursão histórica
O século XX trouxe nova luz para os estudos lingüísticos para além
dos históricos. A dicotomia apontada por Saussure no início do século XX
entre sincronia e diacronia representou uma granderuptura com o paradigma
histórico-comparativista, ao destacar não só a possibilidade, mas a necessidade de se estudar os fatos lingüísticos sem qualquer correlação com
sua história e com tudo que é exterior à língua. Ainda que essa dicotomia
represente algo inusitado e de suma importância para a época, Saussure

* Este estudo é desenvolvimento de aspectos particulares de minha dissertação deMestrado intitulada “Infinitivo Perifrástico em PB e PE: um caso de variação sintática”,
defendida e aprovada na UFU em 2004, sob orientação da Profa. Dra. Maura Alves de
Freitas Rocha.
** Mestre em Lingüística pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).
65

Letras & Letras, Uberlândia, 20 (2) pp.57-73, jul./dez. 2004

cometeu um grande equívoco ao correlacionar diacronia e sincroniacom
dinâmico e estático, respectivamente.
De acordo com a perspectiva estruturalista, em que o aspecto sincrônico prevalece sobre o diacrônico, seria possível descrever uma língua sem
a consideração de elementos em variação ou em mudança e do papel que a
estrutura da sociedade teria nesses fenômenos. A língua, em um momento
dado, é tida como um conjunto fechado e homogêneo de regularidades,de
fatos estáticos. Dessa forma, ao distinguir a língua da fala, Saussure abstrai
a língua, seu objeto de estudo, do uso social e esvazia definitivamente a
influência do contexto social.
Embora apareça como uma reação ao estruturalismo, o gerativismo
chomskiano apresenta com este muitas semelhanças no que diz respeito à
abstração das considerações sociais no estudo da língua. Por estarinteressado na relação entre língua e mente, Chomsky pressupõe um falante ideal,
numa comunidade também ideal. Sua idealização vem reforçar a concepção
de que a língua é um sistema inteiramente independente do contexto social
em que se manifesta, na medida em que descarta a relação entre a teoria e
os dados de base.
Desta forma, vemos que nem a visão estruturalista nem a gerativista
relaciona alíngua, suas variações e alterações, com a heterogeneidade
social. Ambas concepções percebem a língua como autônoma e os fenômenos sincrônicos como primordiais.
A abordagem Sociolingüística, iniciada por Labov, aparece como
uma reação a essas duas correntes lingüísticas ao propor a superação da
relação entre a noção de estrutura e o conceito de homogeneidade. De
acordo com WLH, “quanto mais...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Três olhares sobre os clássicos
  • O Olhar de Três Filósofos sobre a Felicidade
  • Um olhar semiótico sobre a Praça dos Três Poderes em Brasília
  • Reflexão sobre o texto “para entender a mudança linguística”
  • ANÁLISE SOBRE: ALGUNS PROCESSOS DE MUDANÇAS LINGUÍSTICAS EM NOSSA LÍNGUA
  • As tres mudanças
  • Mudança linguistica
  • mudança linguistica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!