Todos iguais - a problemática da abolição da escravatura

Páginas: 36 (8850 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
Escola Básica e Secundária Tomás de Borba
História A
11º Ano

Todos Iguais? A Problemática da Abolição da Escravatura

Ilustração 1
Ilustração 1












Trabalho elaborado por:

2012/2013
Todos Iguais? AProblemática da Abolição da Escravatura
Escola Básica e Secundária Tomás de Borba
Disciplina de História A
11º Ano: Ano Letivo 2012/2013 – 2º Período

Angra do Heroísmo, 10 de Março de 2013
Ilustração 1- Um logotipo de um escravo acorrentado com o slogan “Am I not a Man and a Brother?” (Tradução: “Não sou um Homem e um Irmão?”). Foi criado pela empresa do brilhante oleiro inglês JosiahWedgwood, que foi um dos primeiros apoiantes da abolição da escravatura. Os abolicionistas imprimiam este logotipo nos panfletos ou introduziam-no nos medalhões que distribuíam pela população.














0. Índice

0. Índice 3
0.1 Índice de Imagens 4
1. Introdução 6
2. Escravatura 7
2.1 Origem dos escravos 9
2.2 Tráfico Negreiro 9
2.3 Odia-a-dia do escravo 11
3. O Abolicionismo 16
3.1 França 17
3.2 Inglaterra 20
3.3 Estados Únidos da América 22
3.4 Portugal 28
3.5 Brasil 32
4. Escravatura, Hoje 35
5. Conclusão 36
6. Bibliografia 37
6.1 Imagens 37














0.1 Índice de Imagens

Ilustração 1 1
Ilustração 2- Escrava leiloada, na Antiguidade. Quadro de Jean-LéonGérôme. 7
Ilustração 3- Escravos nas fazendas da cana do açucar, Brasil 8
Ilustração 4- Exploração Infantil 8
Ilustração 5- Esquema de como estaria organizado um tumbeiro. Como se pode verificar, os escravos permaneciam deitados e sem espaço até à chegada ao destino. 9
Ilustração 6- Pintura de Johann Moritz Rugendas: O interior de um Tumbeiro 10
Ilustração 7- Trajecto dos navios negreirosentre o continente Africano e a América. 10
Ilustração 8- Evolução das estimativas do número de escravos desembarcados no Brasil ao longo do século XVIII, por região africana de origem 11
Ilustração 9- Engenho da Cana do Açúcar no Brasil 11
Ilustração 10- "O Jantar" por J. Baptiste Debret. 12
Ilustração 11- Lavagem do ouro no Itacolomi. Johann Moritz Rugendas, 1835. 12
Ilustração 12- Umafamília de escravos. Observa-se o homem com um peixe, e a senhora carregada de frutos. Verifica-se também o vestuário precário. 13
Ilustração 13- Transporte de Mercadorias 13
Ilustração 14- Distribuição de alimentos efectuada pelos escravos 13
Ilustração 15- Primeiro registro sobre a capoeira. Rugendas, 1824 14
Ilustração 16- As relações entre o escravo e o senhor. Jean Baptiste Debret,1835. 14
Ilustração 17- Escravo recebendo chicotadas no tronco (Pelorinho) 15
Ilustração 18- Ilustração 16- Jean-Baptiste Debret. Escravos presos ao Tronco. 15
Ilustração 19- Toussaint-Louverture (1743-1803). 17
Ilustração 20- Batalha de São Domingo, de January Suchodolski 18
Ilustração 21- Proclamação da abolição da escravatura nas colónias francesas em 1848. Quadro pintado por F.A. Biard19
Ilustração 22- Gravura de Thomas Clarkson, abolicionista inglês 20
Ilustração 23- Panfleto Inglês da época, apelando à população a participar no movimento anti-escravatura. 21
Ilustração 24- Uma família de escravos na Carolina do Sul 22
Ilustração 25- Retrato de Dred Scott, 1857. 24
Ilustração 26- Bandeira dos Estados Confederados da America 24
Ilustração 27- Mapa dos EstadosUnidos divididos durante a Guerra Civil Americana. A azul, estão os estados da União, em vermelho, estados da Confederação, em azul claro, estados escravistas que mantiveram-se do lado da União. 24
Ilustração 28- Abraham Lincoln, o 16º presidente dos EUA. 8 de Novembro de 1863 25
Ilustração 29- Jefferson Fine Davis, Presidente dos Estados Conferados. 25
Ilustração 30- Ilustração da Batalha de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Abolição da escravatura
  • A abolição da escravatura
  • Abolição da escravatura
  • abolição escravatura
  • Abolição da Escravatura
  • Abolição da escravatura
  • abolição da escravatura
  • Abolição da Escravatura

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!