Tipos de anestesias

Páginas: 12 (2889 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
INTRODUÇÃO

A descoberta da anestesia foi uma das inovações clínicas que revolucionaram a cirurgia. A anestesia com éter foi descoberta em Boston na década de 1840. Anos antes, em 1831, o clorofórmio havia sido elaborado. O médico escocês Sir James Simpson de Edimburgo foi o primeiro a usá-lo como anestésico em 1847, mas só foi largamente aceito na medicina por volta de 1853. Essa grandeinvenção na história da medicina não só beneficiou os pacientes, como também tornou mais fácil a vida dos cirurgiões, que não tinham mais que lidar com pacientes desesperados contorcendo-se de dor na mesa de cirurgia durante uma amputação, ou com uma fuga precipitada.
Neste trabalho veremos quais os tipos de anestesias aplicadas hoje e seus principais agentes anestésicos aplicados em cada tipo.ANESTESIAS

Anestesia é o estado de total ausência de dor e outras sensações durante uma operação, exame diagnóstico ou curativo. Ela pode ser geral, isto é, para o corpo todo; ou parcial,também chamada regional, quando apenas uma região do corpo é anestesiada. Sob o efeito de uma anestesia geral, você dorme. Com anestesia regional você pode ficar dormindo ou acordado, conforme a conveniência.Teorias da anestesia
As anestesias são compostos simples e não reativo as, produzem efeitos narcóticos, sendo o exemplo extremo, o gás inerte, o xenônio. A potencia anestésica e intimamente relacionada com a lipossolubilidade, e não com a estrutura química.
As teorias mais antigas postulam a interação com a bicamada lipídica, recente trabalho favorece a interação com os canais iônicos da membrana,acionado por ligantes. A maioria dos anestésicos aumenta a atividade dos receptores GABA inibitório e muitos inibem a ativação dos receptores excitatórios, como os receptores de glutamato e nicotínicos da acetilcolina.

ANESTÉSICOS GERAIS
Os anestésicos gerais são usados como adjuvantes em procedimentos cirúrgicos, de modo a tornar o paciente inconsciente do, e não responsivo ao, estimulodoloroso. Eles são dados sistematicamente e exercem seus principais efeitos sobre o sistema nervoso central, ao contrario dos anestésicos locais, que agem por bloquear a condução dos impulsos nos nervos sensoriais periféricos.
Estágios da Anestesia
Quando o anestésico de ação lenta, como o éter, é administrado sozinho, transpõem-se certos estágios bem definidos, quando sua concentração sanguíneaaumenta.
Estágio- Analgesia: o individuo esta consciente, mas sonolento. Estão reduzidas as respostas ao estimulo doloroso. O grau de analgesia de modo efetivo varia muito com os diferentes agentes; é pronunciada com éter e oxido nitroso, mas não com o halotano.
Estágio- Excitação: o individuo perde a consciência e não mais responde de uma maneira reflexa ao estimulo doloroso. Outros reflexos,por exemplo, o reflexo da tosse e do vomito, em resposta ao estimulo da faringe, estão presentes e com frequência exagerados. O individuo pode-se mover, falar incoerentemente, prender sua respiração, asfixia ou vomito. A ventilação irregular pode afetar a absorção do agente anestésico. É um estado perigoso, e modernos procedimentos anestésicos são planejados para eliminá-lo.
Estágio- AnestesiaCirúrgica: cessa o movimento espontâneo e a respiração torna-se regular. Se a anestesia é branda, alguns reflexos ainda estão presentes, e os músculos se relaxam completamente. A respiração torna-se progressivamente mais superficial, com os músculos intercostais enfraquecendo-se antes do diafragma.
Estágio- Paralisia Bulbar: cessam a respiração e o controle vasomotor e ocorre a morte dentro depoucos minutos.
Efeitos Farmacológicos dos Agentes Anestésicos
A anestesia envolve três principais alterações neurofisiológicas: inconsciência, perda da resposta aos estímulos dolorosos e perda dos reflexos. Em doses supra-anestesicas, todos os agentes anestésicos podem causar morte pela perda dos reflexos cardiovasculares e por paralisia respiratória.
Ao nível celular, os agentes anestésicos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Tipos de anestesias
  • tipos de anestesia
  • Tipos de Anestesias
  • TIPOS DE ANESTESIA
  • Tipos de anestesias
  • Três tipos de anestesias básicas
  • Anestesia
  • anestesia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!