Tipologias E Indicadores De Situa O De Perigo PATR CIA SOFIA FINAL

Páginas: 44 (10786 palavras) Publicado: 13 de maio de 2015
MESTRADO EM EDUCAÇÃO SOCIAL:
INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E JOVENS EM RISCO

“Dás-me a mão?”
Um Estudo de Caso

Sartre dizia que o inferno são os outros;
eu digo que o inferno é cada um viver afastado dos outros sem se dar conta…

Unidade Curricular: Tipologias e Indicadores de Situação de Perigo
1º Ano – 1º Semestre
janeiro de 2014
Docente: Professora Doutora Gina Tomé
Discente: Patrícia SofiaMendonça

Índice
Introdução

CONCEPTUALIZAÇÃO TEÓRICA
1.

A Proteção da Criança …………………………………………………………..5

2.

Risco - Contextos de risco ou protetores …………………………………….….6

2.1.

A família……………………………………….……………………………...…6

2.2.

Criança em risco e maltratada em contexto familiar em Portugal ………………8

3.

Fatores Associados ao Risco …………………………………………………....10

3.1

Abuso Psicológico ouEmocional…………………………………………….....10

3.2

Abuso Sexual …………………………………………………………………..12

4.

Resiliência………………………………………………………………………16

4.1.

Conceito de Resiliência ………………………………………………………...16

5.

ESTUDO DE CASO

5.1.

A Jovem e o seu Contexto familiar…………………………………………..…18

5.2.

Diagnóstico e primeira intervenção (Institucional) ……………………….……18

5.3.

Fatores associados ao de Risco …………………………………………………19

5.4.

Fatores de Proteção…………………………………………………………..…20

6.

Intervenção ……………………………………………………………………..21

6.1.

Intervenção realizada e Proposta de Intervenção ………………………………21

6.2.

Programa de promoção de competências pessoais e sociais ……………………22

6.3.

A auto-estima ……………………………………………………………..……23

6.4.

Escala do Desenvolvimento Pessoal e Social…………….……………………24

6.5.

O projeto de desenvolvimento pessoal e social …………………..……………25

Reflexão Critica……………………………………………………………………..…29
Referências Bibliográficas ………………………………………………………………...…30

2

Introdução
Inicio este trabalho, sem ter qualquer presunção de trazer algo de novo ao estudo pormenorizado
e epistemológico feito acerca desta temática, tão essencial nos tempos que vivemos.

A criança/jovem em risco é uma realidade cada vez mais visível no quadro da sociedade
atual, dado que são situações que assumiram importância social e política. Isto é, sãosituações geradoras e fruto de situações de violência e insegurança no seio da família,
resultantes de ruturas familiares, condições socioeconómicas degradadas ou de natureza
e tradição cultural.
Gostaria talvez de olhar para este tema a partir de dentro, daquilo que define o Homem
enquanto Homem e não como algo que possa eventualmente designar-se Homem sem o
ser…
Debruçamo-nos sobre o Humano eadentramo-nos nele mas nem sequer nos apercebemos
do “chão” que estamos a pisar. Muito mais que um ser visível, corpóreo… o que é o
Homem? Quem é o Homem? E infelizmente não somos capazes de desvendar esse
mistério de luz e sombras e aquilo que habita as profundidades do ser…
Este tema “Dá-me a mão”, quando se pretende falar em RISCO, em Tipologias e
Indicadores de Situação de Perigo, pode soar aespiritualismos desencarnados ou visões
coloridas da vida, mas pretendo com este tema ir um pouco mais fundo…
“Dá-me a mão”… é tantas vezes o grito surdo e anónimo de tantas e tantas vidas sem
rosto e sem voz, é tantas vezes a única palavra que ressalta de um olhar triste e opaco, é
tantas vezes o único gesto de uma boca inerte diante na PASSIVIDADE e do sem sentido
de uma multidão que corre sem saber paraonde… e que vai destruindo sem se dar conta,
mundos cheios de vida e de sonho…
“Dá-me a mão”… tu que és mãe e que és pai e que te deixaste enredar pelo "primado do

indivíduo sobre a família, primado do eu sobre o nós, o qual significa que é em função
do bem-estar de cada um dos cônjuges que se definem regras e formas de regulação nas
interações conjugais" (Torres, 2001:126)
“Dá-me a mão”… tu que és“exposta, frequentemente, a situações de sofrimento que te
levam a erodir e a delapidar os teus recursos de saúde, sem que haja quaisquer
perspetivas continuadas de reparação”. (Sá, 2002: 57).
“Dá-me a mão”… tu que és vítima de “maus tratos psicológicos e emocionais que são
de natureza...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Tipologias de perigo
  • TRABALHO PATR CIA
  • Trabalho Patr Cia 2
  • Patr Cia Solo 2
  • RECURSO PATR CIA LAURA VAZ
  • MICRORREGI O DE TUBAR O Karin e Patr cia
  • INDICADORES DE PRODUTIVIDADE final
  • Trabalho Cia Dos Orga Nicos Final

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!