Texto e Textualidade

Páginas: 8 (1913 palavras) Publicado: 5 de junho de 2014
Atividade individual
A questão da identidade tem sido assunto recorrente na sociedade brasileira. Ela aparece em decorrência das lutas sociais de grupos que historicamente foram excluídos. Uma das respostas á questão tem sido as políticas de ações afirmativas nas suas diversas modalidades. Qual o seu posicionamento em relação a questão? Argumente sobre a questão mobilizando o conteúdo estudado.raciais, étnicos, religiosos, de gênero e outros
GTI – Grupo de Trabalho Interdisciplinar – do Governo FHC em 1995
As primeiras são ações de incentivo e suporte para os grupos de pessoas a que se destinam, tais como a criação de cursinhos pré-vestibulares para afro-descendentes e pessoas oriundas de escolas públicas, ou a criação de horários de reuniões (em partidos políticos, sindicatos,etc.) que permitam a participação de mulheres com filhos.
Quanto a sua origem, as ações afirmativas nasceram na década de 1960, nos Estados Unidos da América, com o Presidente John F. Kennedy, como forma de promover a igualdade entre os negros e brancos norte-americanos

- POLÍTICAS DE AÇÕES AFIRMATIVAS, MAS INCOMPLETAS –
Ronaldo G. P. Tavares – Aluno do Curso de Letras (Inglês – Português) - EAD“Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra.” Bob Marley
Ao longo da história, grupos étnicos sofreram opressão e até escravidão por conta do pensamento retrógrado e injusto que permeia o devaneio determinista que prioriza uma raça superior, quando, na verdade, não existe a mínima possibilidade de embasamento histórico, biológico ou filosófico que confirmetal exclusivismo.
Através de uma breve resenha histórica podemos contemplar alguns momentos onde nações dominantes imprimiram total opressão e cativeiro sobre povos subordinados, até chegar ao ponto do racismo e suas vertentes no cenário atual brasileiro:
Na antiguidade, muitas nações foram dominadas e escravizadas, como por exemplo, os israelitas que foram cativos em diversos momentos (pelosEgípcios, Caldeus, Babilônicos, Gregos e Romanos). O povo derrotado era subordinado em todos os sentidos, havendo discriminação de diversas formas, colocando seus prisioneiros desobedientes ou revolucionários sob pena de genocídio. Tratava-se de um racismo xenofóbico e não relacionado à cor da pele.
No Renascimento os países europeus impunham seu domínio sobre os povos de outros continentes e, com oauxilio de poderes políticos religiosos, oprimia as nações dominadas ou colonizadas, obrigando seus habitantes a seguirem a religião Católica e fazendo com que todos os inferiorizados ou dominados dependessem econômica e socialmente desses países europeus.
No Século XV e XVI os colonizadores Portugueses foram à captura de escravos em países Africanos, já que os índios (também vítimas do racismo)não se submeteram à escravidão imposta pelos Portugueses. Tanto os índios como os negros eram considerados como animais. Os colonizadores utilizavam Deus e a religião como justificativa, quando a realidade era que os navios negreiros eram a maior fonte de renda dos colonizadores.
A libertação dos escravos no Brasil, não fora amparada por recursos sociais que verdadeiramente integrasse o negro nociclo social, marginalizando-o e fazendo com que sua liberdade se tornasse em um novo ciclo de angústia e exclusão.
A miscigenação entre raças, nos deixa uma herança em que, geneticamente, todas as raças dificilmente podem ser consideradas puras e que, mais tarde, na visão do geneticista André Longaney ficou claro que “todos somos parentes e diferentes” ao mesmo tempo. E apesar de a mestiçagemser considerada como o enfraquecimento da raça negra para uns e para outros a certeza de que, somos todos iguais, o preconceito existente em nosso país é algo a ser combatido. Para tanto, tem sido a cada dia fortalecido as Políticas de Ações Afirmativas para a inclusão social do negro que, muito embora seja algo positivo e até indispensável, ainda não é o suficiente para suplantar a realidade de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Texto e textualidade
  • texto e textualidade
  • Texto e textualidade
  • Texto e textualidade
  • Texto e textualidade
  • Texto e textualidade
  • Texto E Textualidade
  • Texto e textualidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!